História O primogênito - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Tiago S. Potter
Tags James Potter
Exibições 91
Palavras 965
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


110 fav yaaay!!!

Capítulo 49 - Jogo


Naquela manhã nevava bastante e grande parte dos alunos de hogwarts se encontravam do lado de fora do castelo. Era dia de visita em hogsmeade. Uma das últimas antes das férias de natal.

- Vocês conseguem acreditar nisso? É a primeira vez que vamos todos juntos para hogsmeade! - Dominique falou animada. - Lily e Hugo finalmente vão com a gente.

- É, mas falta o Albus. - Lysander disse.

- Albus está melhor sem a gente. - Respondeu Lily. - Vamos, antes que todas as carruagens estejam ocupadas.

O caminho para hogsmeade fora tranquilo como sempre e embora grande parte daqueles presentes sentissem falta de Albus e Lynx, a viagem foi agradável e engraçada.

- Que tal irmos tomar cerveja amanteigada? - Alice perguntou pra James depois que se separaram do restante do grupo. - Podemos ir no três vassouras ou no cabeça de javali.

- Dessa vez eu pago. - James falou dando o braço para a mulher ao seu lado. - E depois nós podemos ir na dedos de mel.

Os dois andaram lado a lado rindo alto enquanto iam em direção ao três vassouras. Assim que entraram no bar um par de olhos o observavam atentamente.

Lynx sentiu seu sangue esquentar ao ver seu ex puxar a cadeira para Alice se sentar. Por que ele tinha que levá-la logo ali naquela hora?

- Não encara. - Hyancinth disse. - É estranho.

- Assustador, você quis dizer. - Saphira corrigiu a amiga. - Se olhar matasse a pobre garota já estaria morta.

- Ele está me punindo! - Lynx disse desviando os olhos do casal para encarar seu próprio grupo de amigos. - James está me punindo por ter traído a confiança dele.

- Não só a confiança, você quer dizer. - Daniel falou. - Por que você não consegue simplesmente seguir em frente? Potter não vai contar a ninguém sobre você ser o que é, isso já é óbvio. E claramente ele parece estar se divertindo bastante com aquela garota, por que você não se diverte também?

- Porque eu ainda amo ele. - Lynx falou virando o resto de fire whisky em sua boca.

- Ele claramente não te ama, pelo menos não como antes. - Scorpius comentou.

  

                                 ❄️

- James, não! - Alice gritou tentando segurar as sacolas de doce e se proteger ao mesmo tempo. Não que tivesse sido útil porque no mesmo momento em que a menina gritou uma bola gelada e molhada de neve a atingiu no rosto. - Oh Merlin! você não devia ter feito isso, Potter.

Alice jogou as sacolas no chão e pegou o máximo de neve que suas mãos podiam e então a atirou em cheio no peito do garoto a sua frente.

- Como se atreve? - James falou fingindo estar bravo. - Você não pode ficar atirar no seu rei. Você deve pagar!

E então começou a andar lentamente em direção a garota.

- Vou te dar cinco segundos de vantagem. - Disse e então Alice começou, logo ele já estava atras dela.

Alice corria por entre as árvores e ria ofegante, não demorou muito para que James passasse os seus braços em torno da cintura da garota a colocando prensada contra a árvore.

- Eu me rendo! - A garota gritou ainda rindo. - Você ganhou.

James então riu a abraçando forte. Abraço a qual ela retribuiu.

- Você está bem? - Perguntou mergulhando seu rosto no pescoço de James.

- Eu vou ficar. - Respondeu. Ele colocou o nariz sobre o cabelo da garota e deixou que o cheiro do seu shampoo de morango entrasse em suas narinas. Alice cheirava tão diferente de Lynx.

Lynx. Quanto tempo levaria até que seus pais começassem a perguntar porque eles haviam terminado? Será que Neville já havia os contado? Como ela estava? Fodendo Albus, provavelmente.

- Pensando nela de novo, não está ?- Alice perguntou se afastando.

- Não mais. - Falou sorrindo para a garota. - Está ficando tarde, é melhor pegarmos as sacolas e encontrar o pessoal.

 

                              ❄️

O barulho dos saltos de Lynx chamou a atenção do quase homem que estava sentado na poltrona tomando um bom whiskey de fogo.

- Ele não está aqui. - Albus disse levantando o olhar.

- Como? - Lynx perguntou.

- Eu disse que o Lord não está aqui. Não tem ninguém pra você foder aqui. - Albus falou rudemente.

- Onde ele está? - Perguntou ignorando o último comentário do colega.

-  Viajou para a Bulgária, ou algo do tipo. - respondeu. 

- Quando ele volta?

- Você realmente quer dormir com alguém não é? O lorde volta semana que vem. 

- E você parece bem interessado na minha vida sexual. Não o culpo, não ter ninguém para de deitar deve ser bem chato, principalmente quando seu pai é tão famoso que as garotas dão em cima de você para chegar nele.

Albus levantou rapidamente e segurou Lynx pelo pescoço a prensando na grande janela de vidro.

- Nunca mais fale do meu pai. - Albus falou raivosamente. Seus olhos que costumavam a ser verdes estavam no tom mais escuro de preto. Seria o suficiente para assustar qualquer um, mas Lynx apenas riu alto.

- Ou o que? Você vai me bater?- Debochou.

- Não. - Albus sorriu se aproximando da garota e sussurrou em seu ouvido. - Eu vou te foder tão forte que você não vai ser capaz de falar nada a não ser meu nome por uma semana.

- Eu não acredito que você.

- Eu te mostrei então. - Albus beijou Lynx ferozmente e a mesma retribuiu. 

Afinal, se James já estava se aproveitando com alguém por que ela não poderia?

Seria temporário, seria apenas até que ela o reconquistasse de novo.

Seria como um jogo. A 

 

 

  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...