História O Príncipe que Não Pedi (Imagine Jimin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Imagine, Imagine Jimin, Jimin, Romance, Violencia
Exibições 47
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Meu primeiro Imagine, não me matem ok ?
Me perdoem por qualquer erro de Português.
Aceito Críticas, desde que sejam construtivas e me ajudem a melhorar cada vez mais
Desculpa pela qualidade da foto de capa, fiz pelo cel :')
Aproveitem !!!!

Capítulo 1 - Capítulo Único - O Príncipe que não Pedi


Você estava fechando as portas da pequena lojinha que trabalhava . O Dono era muito ocupado, e todas as noites você era responsável por fechar o estabelecimento e de manhã, abrir as portas. Era uma noite quente em Seul e você usava uma calça fina justa (escura), e seus cabelos estavam presos em um rabo de cavalo como mandava as regras do emprego. Com sua bolsa em um dos ombros seguiu caminho até a estação de metrô, porém, durante os primeiros metros percebe, que uma figura estranha parece estar lhe seguindo.

Como não podia ter certeza, nada fez, mas acelerou os passos de maneira significativa. Para sua sorte (ou falta dela) havia um moço um pouco a frente. Tentou desencanar daquela ideia de estar sendo perseguida, mas um tempo depois a figura ainda a seguia e o desespero de que algo pior acontecesse havia tomado conta de si e não conseguia emitir nenhum som. Quando menos esperou , sentiu mãos grossas envolverem sua boca com um  pano e fora arrastada até o beco sujo da esquina.

            Não conseguia enxergar o rosto do agressor devido as lágrimas que estavam começando a se formar.

_Calma gracinha...tenho certeza, de que já já irá gostar. –Ele dizia com um sorriso malicioso nos lábios enquanto passava o dedo por sua face que tentava inutilmente evitar os toques daquele homem imundo. Naquele mesmo momento, ele havia levantado sua blusa e tinha vista privilegiada de seus seios. Tentava fugir, só que no momento que ousou gritar, ele pressionou sua garganta firmemente contra a parede suja, e quando estava prestes a manchar tua pele em um ato sórdido, escutou-se uma voz vinda da entrada do beco :

_O Que pensa que esta fazendo, covarde?

            O agressor nada  fez a respeito, mas forçou os lábios dele contra os seus . Sentiu o gosto de Bile subir á garganta, rezava para aquilo acabasse de uma vez. Quando foi surpreendido pela pausa repentina daquilo que não poderia ser chamado de beijo. Aquele homem havia levado um murro daquele que havia gritado a poucos segundos. O murro fora tão forte que você sentiu que havia mais do que lágrimas em seu rosto. No momento em que sua garganta foi libertada , você começou a tossir forte e tentava controlar sua respiração enquanto observava seu agressor receber mais golpes, e no pouco que enxergava, só tinha uma certeza. Aquele homem era forte demais. E a última coisa que enxergou , foram gotas de sangue que fecharam seus olhos.

            Acordou  com dores na garganta e alguns hematomas no braço. Estava tonta e quando apenas moveu a cabeça para o lado, viu que um homem de lindos cabelos patinados e pele bem clara ,dormia perto de você na cadeira de acompanhante.

“Foi ele que me salvou?” –Pensa confusa.

            Você tenta se ajeitar na maca sem acorda-lo, mas sem sucesso. Ele logo acorda e passa a te observar com aqueles olhos escuros e profundos.

_Está melhor? –Ele pergunta com um sorriso simples.

_S-Sim...-Você responde com dificuldade.

-Eu sou Jimin. Park Jimin . Foi eu que te ajudei ontem a noite...

_Obrigada...-Responde murmurando enquanto passa a observar os próprios braços, você começa a ter flashback's da noite passada. De primeira foram apenas alguns soluços, mas eles logo viraram lágrimas pesadas seguidas de um choro que carregava um grande pavor da noite anterior. Jimin nada falou , apenas encostou sua cabeça no peitoral dele, enquanto lhe fazia cafuné, na esperança de te acalmar um pouco:

_Tenho medo...-diz enquanto molhava a blusa dele.

_Não há porque...a partir de hoje sou o teu protetor, o teu príncipe. –Ele responde sorrindo enquanto te afasta e deposita um beijo em sua testa e volta afagar seus cabelos.


Notas Finais


Espero que tenham gostado !!!
Comentem e Adicione as histórias aos favoritos se gostou ! Quero muito saber a opinião de vocês :3
Até o Próximo !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...