História O Principe vitoriano. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Amor Doce, Docente, Linn, Lysandre, Lysandrete
Exibições 5
Palavras 444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Você tem luz e trevas dentro de você, não me faça descobri qual usou para fazer isso – Beatrice Smith.

Capítulo 1 - O bloco de notas - capitulo um.


Enquanto andava pelo corredor, sentia os olhos de todos em cima de mim, eu queria simplesmente fecha os olhos e não abri mais eles, todos me olhavam torto. Estúpidos olhos âmbares, e cabelos ruivos e muita gente me chamava de vampira bom eu simplesmente queria me esconde em roupas escuras, e nunca mais voltar. Mas swett Amores isso não podia acontece.

Alguem me parou e me empurrou forte no chão.

— Hey Novata !- murmurou a loura de olhos verdes. - espero não ter ver mais, aberração.

Ela me chutou e eu sai correndo sobre risadas agudas e irritantes de suas amigas, não queria ir a aula. E só tinha um semana de aula. Meus soluços aumentavam e minhas lágrimas também, enquanto corria de relance vi alguém passar por mim, sua silhueta passou por mim e ele virou a cabeça em minha direção, e me olhou. Eu não liguei, corri mas senti meus pés escorregarem. Eu cai feio e ouvia tudo como se estivesse o mundo em um alto falante.

— Você está bem ?- A voz que se dirigia a mim era calma e suave, quase monótona.

— Acho que sim...- murmurei e minha voz estava roca, minhas lagrímas ainda não paravam, sentindo algo nas costas e retirei, um caderno de couro preto, bem organizado. - Quem botou isso aqui...?

— Não se mecha. - ele falou, vim um gota de suor escorre de sua face e ele tirou algumas gotas de minhas lágrimas. - Não está tão ruim.

Tentei abri meus olhos, mas tinha medo de assustar aquele gentil menino, provavelmente ele estava matando aula ou atrasado.

— Não, estou-u com medo disso. Acho que estou bem. - me sentei e encostei a cabeça nos armários.

— Está doendo ?

— Não, muito - menti.

Ele me ajudou a me a levantar e senti um dor horrível no meus tornozelos, eu gemi e se ele não tivesse me segurando eu cairia no colo, ao invés disso, cai em seu peito e achei bastante estranho senti como se estivesse tocando em um boneco.

— Por que estava chorando ?- perguntou tirando uma mecha de meu olhos.

Eu não respondi.

— Por que estava correndo tanto ?

Não respondi e me apóie nos armários novamente com minha mão em seu ombro, percebi que ele era maisnalto do que eu.

— Quem é você ?- me esforcei mais para minha curiosidade, ele não podia me acha esquisita. Pelo menos não agora.

— Meu nome é Lysandre - falou ele.

— Sou Victoria. - disse timidamente, ele pegou minha mão a beijou.

— Um lindo nome.

— Obrigado...

De repente de senti tonta e quase perdi a consciência, mas me vi nos braços de lysandre, simplesmente não estava mais acordada.

 


Notas Finais


Próximo capitulo em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...