História O Professor - Justin Bieber - Capítulo 61


Escrita por: ~

Exibições 420
Palavras 1.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O STYLE DE OP ESTÁ NA ÁREA MINHA GENTE! USEM ELE PELO O AMOR DE BRIANA ♥

>>> TEM NOTAS FINAIS <<<

BORA LER

Capítulo 61 - De Volta Para Casa


Fanfic / Fanfiction O Professor - Justin Bieber - Capítulo 61 - De Volta Para Casa

Um mês depois...

- Katherine On -

Os dias em que fiquei em casa com Justin e Brian foram maravilhosos. Justin me fez enxergar que eu estava errada de todos os meus pensamentos negativos, em relação a minha aproximação de Brian. Eu estava me entendo e aceitando a morte de minha filha, não totalmente, mas eu estava superando a perda e me superando também.

Hoje podia ser a minha última vez no círculo de apoio. O círculo estava formado com várias cadeiras e todas logo foram ocupadas por pacientes. As minhas mãos suavam. Imagens do meu reencontro novamente com minha família e amigos se passavam em minha mente. Candice tinha a prancheta em mãos com um papel branco e uma caneta. Ali seria a conclusão do meu tratamento. Tudo que eu dissesse hoje no círculo de apoio ela iria anotar. O quão bom fosse, e então, eu poderia ter alta em dias.

- Bom dia a todos novamente. É muito bom mesmo ver todos aqui novamente no círculo de apoio. Isso é muito importante. -A psicóloga Dianna diz ao ocupar o único lugar vago em minha frente, me deixando um pouco nervosa.

"Você está melhor a cada dia. Não tenha medo, você vai conseguir. Eu acredito em você!" -A fala de Justin se repetia por várias vezes em minha mente.

- Quem será o primeiro ou a primeira? -Dianna pergunta e eu engulo a seco.

Annie levanta a mão e Dianna sorri.

- Annie, nos conte o que tem lhe feito bem e o que mudou desde quando você está aqui. -Dianna diz e Annie concorda com a cabeça.

Eu viajo em meus pensamentos, enquanto Annie diz suas palavras motivadoras. Eu quero estar segura e preparada para o meu depoimento, mas eu continuo me condenando por dentro. Eu não quero ter que continuar nesse lugar, fiz vários amigos e consegui me expressar o que sinto, diante disso tudo, lá fora, a minha família e amigos precisam de mim e onde quer que Briana esteja quero que ela tenho um orgulho imenso de mim. Sinto um aperto em meu ombro e olho para a mão apoiada no mesmo.

- Katherine? É a sua vez. -Candice me desperta dos pensamentos.

- Certo. -Sorrio e solto um suspiro longo. - Como todos já sabem meu nome é Katherine e que eu tive uma perda. Isso me dói muito. Mas está dor se tornou uma dor suportada, se é que me entendem. O primeiro dia em que pisei aqui nessa clínica eu pensei "eu nunca vou conseguir suportar essa dor que aqui dentro do meu coração rói" Então, essa minha visão negativa em relação a isso mudou. Eu passei por tantas coisas ruins e porque não enfrentar essa situação? Briana sempre foi e será a minha joia rara. Eu... Eu não vou apagá-la de minha memória e muito menos deixar de amá-la, mas eu vou sim, superar isso tudo. -Respiro fundo fechando os meus olhos. - Eu tenho uma vida lá fora, uma linda família, amigos e todos eles precisam de mim. Assim como eles acreditam em mim, eu também passei a acreditar em mim e eu tenho certeza que vou me recuperar e voltar para casa. Porque... O amor é capaz de superar qualquer coisa. -Deixo o círculo de apoio e ando rapidamente para o meu quarto.

Enquanto caminho limpo as lágrimas insistentes e me pergunto porque eu saí do círculo... Agora as coisas só irão piorar para mim.

- Katherine? Por que você deixou o círculo de apoio? -Candice entra no quarto.

- Me desculpe, eu não queria... Não teve outro jeito. -Respondo sem encará-la.

- Katherine, você foi incrível. Dianna abriu um sorriso imenso com suas palavras, ela deve estar orgulhosa. Tenho certeza que ela irá repassar tudo isso ao Doutor Brent. -Candice senta-se ao meu lado na cama e me abraça de lado. - Bom, eu finalizei o meu relatório sobre você e eu estou muito orgulhosa de você.

- Muito obrigada, Candice.

- Vou lhe dar um calmante para você relaxar, certo? -Concordo com a cabeça e ela sorri me entregando o remédio.

Pego a jarra d'água em cima da escrivaninha e encho o copo com água. Levo a cápsula a boca e tomo a água.

- Pronto. -Digo e Candice sorri satisfeita.

Tempo depois meu estômago parece revirar e o enjoo repentino de dias atrás volta a me incomodar. Corro para o banheiro e coloco tudo que comi nessa manhã para fora. Candice se encontra ao meu lado segurando algumas mechas minhas de cabelo.

- Me desculpe novamente por isso. -Sussurro para Candice.

- Eu acho que sei bem o motivo desses enjoos, Katherine... Mas vamos aguardar os exames que você fez ontem de manhã. -Ela diz com um sorriso fraco.

- Eu não sei oque você está querendo dizer, mas... -Deixo a frase no ar.

 

[...]

 

Eu estou no consultório médico com o Doutor Brent e Fabian, seus olhares me deixam confusa. Fico mais confusa quando o Doutor Fabian me entrega um envelope. Exames laboratoriais. Certo, ele me pede para abrir o envelope e assim faço. Leio tudo com atenção e engulo a seco quando leio duas linhas destacadas.

- Parabéns mamãe Katherine! 

Céus, eu estou grávida! 


 

Três dias depois...

- Justin On -

Estaciono o carro e desço do mesmo. Ao passar pelo enorme portão da clínica, vejo Katherine me aguardar ansiosamente no jardim. Ela corre ao meu encontro e nossos corpos se chocam com o impacto, recebendo um forte abraço em seguida.

- Que saudades. -Ela murmura ainda abraçada a mim.

- Senti muitas saudades de você também, não foi permitido visitas nesses três últimos dias, já que, você estava em observação finais e hoje é o dia do grande resultado. -Digo e ela da um mero sorriso.

- Minhas malas estão prontas. Eu espero que eu possa ir para casa. -Murmura cabisbaixa.

- Lembra do "eu confio em você" ? -Pergunto e ela concorda com a cabeça. - Então. -Sorrio juntando nossos lábios.

- Justin eu...-

- Justin Bieber, me acompanhe até minha sala. -Doutor Brent interrompe Katherine.

- Depois terminamos de conversar. Huh? -Deixo um beijo na testa dela e caminho até a sala do médico.

Sento-me na cadeira a frente de Doutor Brent e o mesmo suspira pegando alguns papéis na pasta de anexos de Katherine.

- Justin, você é um homem de sorte. Hoje você só terá notícias boas. -Ele sorri e eu faço o mesmo.

- Isso é ótimo. -Meu sorriso a cada segundo aumenta mais.

- Katherine já está pronta para voltar para casa, mas antes quero que leia o relato, que ela fez a pedido de Dianna. -Me entrega um dos papéis.

Os meus olhos encaram as perfeitas e legíveis letras de Katherine e então dou início a leitura.

"Briana veio ao mundo para me fazer crescer, me tornar uma verdadeira mulher aos meus 15 anos de idade. Briana me ensinou que nenhum problema é grande o bastante para que não possa sorrir. Me ensinou a valorizar cada beijo, cada gargalhada, cada 'eu te amo'. Mas acima de tudo me ensinou a fé. Uma fé pura e inteligente. Uma fé que eu hoje possuo e que me faz ser capaz de superar a dor da perda. Aos poucos fui percebendo que é necessário e preciso seguir em frente. O sofrimento pode paralisar ou ensinar, depende de como o acolhemos. Hoje, sei que preciso continuar, há inúmeras pessoas que precisam de mim. Me sinto feliz e aliviada. O mais incrível de tudo é que eu me sinto feliz e o que me faz feliz é ter a certeza de que Briana está bem."

Sorrio ao terminar a leitura. Katherine tem sido o meu maior orgulho. Suas palavras me emocionam, mas me mantenho firme.

- Bom, é isso Justin. A próxima notícia/novidade é com Katherine. -Brent diz e sorri pousando a mão em meu ombro, dando um leve aperto.

- Obrigada! Muito obrigada mesmo, estou extremamente feliz.

- Com certeza você ficará mais feliz ainda.

Termino de acertar os papéis e o pagamento com Brent e deixo a sala. Pego as malas de Katherine em seu antigo quarto e caminho para o jardim. Assovio para a mulher da minha vida e ela se vira para mim. Levanto as malas e ela corre ao meu encontro. Solto as malas no chão e abraço, Katherine que me aperta fortemente contra o seu corpo.

- Vamos para casa, amor. -Sussurro e acaricio seu couro cabeludo.

- De volta para casa. -Sorri me encarando. - Eu meio que já sabia que voltaria para casa. Me despedi de todos, fiz grandes amigos aqui. -Ela analisa o local e começamos a caminhar até a saída da clínica.

Arrumamos todas as coisas no carro e adentramos no mesmo, colocando o cinto de segurança em seguida. Dou partida no carro e Katherine liga o rádio para cantarolar algumas das músicas. Observo ela de canto de olho e posso ver a real felicidade estampada em sua face. É bom ter a verdadeira Katherine de volta, mesmo que ainda sentimos a falta de Briana pelo o resto de nossas vidas.

- Justin!? Para o carro em frente aquela loja. -Katherine aponta para uma loja de roupas de bebê logo a frente.

- Certo. -Dou de ombros e estaciono o carro.

Katherine tira o cinto de segurança e desce primeiro que eu. Logo a acompanho.

- Este daqui é perfeito. -Katherine diz apontando para um pequeno sapatinho de lã branco, para bebês recém-nascidos.

- Han... Katherine? Brian não é mais um bebê. -Digo e rio olhando para ela e a recepcionista.

- Justin, não são para o Brian. -Ela diz negando com a cabeça e sorri.

- Ah! É para o bebê de Samantha Butler. -Katherine revira os olhos.

- Claro!

- Sabia!?

- Claro que não, Justin! -Ela diz me deixando confuso.

Katherine agora tem um sorriso bobo, a mesma segura a minha mão e leva até a sua barriga, me incentivando a acariciar.

- Sim meu amor, a família vai crescer. -Ela diz ao ver que eu irei dizer alguma coisa.

As palavras parecem sumir da minha boca. Sem me importar com a recepcionista e clientes ali, puxo Katherine para um beijo intenso.

- Por que não me disse antes?

- Você não deixou. -Ironiza.

- Você é o meu orgulho, Senhorita Bieber. -Murmuro perto de seu ouvido.

- É uma honra ser uma Senhorita Bieber. -Ela diz rindo e volta a atenção para a recepcionista. - Vou levar este par aqui. -Katherine pega os sapatinhos de lã branco.

Brent estava certo de que a minha felicidade só estava começando no dia de hoje. Eu sou o homem mais feliz do mundo! 


Notas Finais


STYLE: https://spiritfanfics.com/personalizar/style/justin-bieber-o-professor-7081826
RT NESTE TWEET, SE POSSÍVEL, PARA AJUDAR NA DIVULGAÇÃO: https://twitter.com/beckygrito/status/772977163029057536

Bem... Penúltimo capítulo babes, espero que vocês tenham gostado!
Eu só tenho a agradecer todos os leitores que tem estado comigo desde o inicio de tudo, a cada favorito, comentário, mensagens implorando por atualizações... Peço desculpas se eu decepcionei muitas pessoas com o fim que OP está tendo, mas era o meu propósito isso tudo desde o inicio. Vou deixar os agradecimentos para depois do último capítulo, porque vai um textão haha. Sou eternamente grata por tudo!

Ansiosas para o último capítulo?

Até breve...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...