História O Professor - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Exibições 207
Palavras 742
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Capítulo - 07


Fanfic / Fanfiction O Professor - Capítulo 7 - Capítulo - 07


Acordei cedinho, tomei meu banho, soltei meus cabelos, vesti uma roupa, passei uma maquiagem básica e organizei meus materiais e em seguida me perfumei (foto da capa)

Eu: Bom dia - sorri e mamãe me encarou - Pelo jeito o bom dia é só pra mim - ri alto -
Meire: Não foi bom o que seu pai fez, mas eu o perdôo
Eu: Como assim? Como você é capaz? - digo assustada -
James: Sua mãe entendeu que eu esqueci de te buscar no colégio - apertou minha cintura e eu dei um pulo -
Eu: Ah que raiva - bufei não acreditando -
Meire: Sente se - riu -

Tomei meu café não acreditando que mamãe acreditou na mentira esfarrapada de papai. Que idiota

James: Vamos? - disse se levantando -
Eu: Stefane vai vir me buscar - menti -
Meire: Vai com seu pai, bom que se resolvem - sorriu inocente -
Eu: Ok - digo calma -

Entrei no carro e papai me olhava, e em seguida para o trânsito. Chegamos no colégio, e eu sai calma, entrei no colégio, eu estava andando muito rápido.

As lágrimas desciam ao lembrar da cena horrível que tive a 2 anos atrás. Só senti meus materiais caírem em meu pé, ergui minha cabeça olhando.

Luan: O que foi Fernanda? - disse preocupado -
Eu: Não é nada - segurei o choro -
Luan: Vem comigo - pegou meu materiais e saiu me puxando -

Luan me levou para o estacionamento, e entramos em seu carro.

Luan: Pode me contar - alisou meu rosto e eu deitei minha cabeça em seu peito chorando - Se acalma, meu amor
Eu: Não dá - chorei -
Luan: Desabafe vai - passou seus dedos embaixo de meus olhos -
Eu: Meu pai não conta a verdade para minha mãe - soltei -
Luan: Que verdade?
Eu: Que... Que... - gaguejava -
Luan: Que...?
Eu: Que ele vendeu o carro da mamãe - menti -
Luan: Está chorando por isso? - debochou -
Eu: Não - ri forçado - Estou chorando porque tô com fortes dores, sabe?
Luan: Vixi - rimos - Se acalma, tá bom?
Eu: Estou muito calma - levei meus olhos para sua boca - Aliás não estou
Luan: Não? - disse ofegante -
Eu: Só tem um remédio para me acalmar - olhei em seus olhos subindo em cima de seu colo -
Luan: Qual? - sorriu e avaliei aquele belo sorriso -
Eu: Esse - selei nossos lábios -

Luan subiu um pouco minha saia, deixando de lado minha calcinha, introduziu seus dedos e eu gemia entre o beijo.

Luan tirou seu cinto da calça com dificuldade, retirou algo de sua carteira.

Luan: Se levanta um pouco - disse mordendo meu lábio -
Eu: Ok - me ergui -

Luan colocou o preservativo, respirei fundo encarando seu membro, me encaixei em seu colo.

Luan me penetrou vagarosamente, eu ia quicando já que eu estava por cima.

Luan abria sua boca contendo o prazer, levei minha boca para seu pescoço.

Luan apertava forte meu bumbum. Ouvi o sinal do colégio tocar.

Luan: Precisamos ir - disse ofegante e eu continuava a rebolar -
Eu: Sério mesmo? - puxei seu rosto iniciando um beijo foguento -
Luan: Pensando bem - separou nossos lábios - Acho que a aula pode esperar um pouco - puxou minha cintura indo mais fundo -

Gemia baixinho, Luan apertava meus seios por cima de minha blusa folgada, o que fez eles saltitarem pra fora.

Luan os abocanhou em segundo, respirei pesado, e mordi seu pescoço deixando a marca.

O segundo sinal tocou, dessa vez eu tinha que ir, era prova.

Eu: Vamos? - subi minha blusa e ele sorriu me beijando rápido -

Organizei minha calcinha, e ajeitei meu cabelo, retoquei o batom. Corri "devagar" para dentro do colégio, Luan entrou todo ajeitado, mas seu cabelo, não estava muito bem arrumado.

Entrei em minha sala, e todos me olhavam já que eu era a última q chegar.

Abaixei minha cabeça sorrindo da nossa primeira vez, e me sentei na minha carteira e abri meus materiais.

Professor: Parece que a senhorita Salvatore está muito feliz não é - disse me tirando dos meus pensamento -
Eu: Ah não, estou prestando atenção
Professor: Acredito - disse sério -

Ele voltou a explicar algo na lousa, e eu respirava fundo tentando prestar atenção, já que meus pensamentos estavam em Luan

Continua?


Notas Finais


AGORA FOI CARAIO 😂😂😂✌❤✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...