História O PROIBIDO (Camren G!P) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, LaLi Esposito, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lali Esposito, Lauren Jauregui, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Camreng!p, Lauren Jauregui, Laureng!p, Masoquismo
Exibições 402
Palavras 1.060
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Se quer me comer? Me leva para um motel badalado


Narração Camila:

Meus olhos famintos caíram em visão dos lábios carnudos e rosados presos entre dentes. Poderia me entregar a este exato momento para ela, ter um ótimo orgasmo com um pênis grande dentro de mim.

Porem quando minhas contrações se amenizasse iria me arrepender amargamente sobre ter feito sexo com a pessoa que tanto mal me fez passar.

Isto não ira acontecer, estaria sendo infiel ao meu marido, mesmo que nossa vida sexual não existe eu o devo fidelidade assim pediu Roger quando assinei um contrato espontâneo, e desde então Roger se encarregou de alevantar minha carreira e minha imagem publica.

Oque eis eu a fazer me entregando a Lauren? Tudo oque passei não se adiantara de nada? Ah por favor Camila.

Inclinei meu corpo para a frente da bancada segurando nos ombros de Lauren –Fazer um filme com você, não significa que serei sua puta, desgraçada, eu só serei sua colega de cetim e nada mais Lauren, se realmente quer me comer me leve em um motel badalado –Disse olhando envolta do banheiro –Não será em um banheiro que irei dar para você- Afirmei descendo da bancada, ajeitando minha saia negra.

Dei alguns passos até a porta do banheiro, segurei a maçaneta e a empurrei para a frente. –Quando, quando posso te levar em um motel, me diz quando, hoje pode ser hoje?- Encarei o par de olhos verdes com um sorriso debochado em lábios.

-Quando eu tiver disposta eu te ligo –Pisquei saindo do banheiro, peguei meu texto encima da mesa de ferro e sai do camarim.

Que joguinho fácil seria este se me entregasse a ela em um banheiro, em?

-Camila- A voz grossa do meu empresário se fez presente, me virei contra a porta do camarim, torcendo para que Lauren não saia tão logo dai de dentro –Irão iniciar as gravações de um pequeno trailer, não será muita coisa.- Parou em minha frente.

-Oh sim não se preocupe eu estou bem confiante que estas cenas serão extremamente prazerosas em grava-las –Pisquei sorridente.

-Já foi apresentada para o  rapaz que ira contracenar com você?- Acredito que ele não saiba que a historia se trata de uma ‘mulher’ intersexual  e como Lauren já é assumiu ha alguns anos sua condição sexual e o publico levou esta noticia de bom agrado não vejo porque não chama-la para contracenar comigo.-

Eu até iria responder Roger se um homem auto e moreno vestido em um terno preto não nos interrompesse o rapaz mudou completamente sua expressão ao me ver, seu olhos se arregalarão e sua boca se abriu caindo seu queixo –Ca.mila Cabello?- Rosnou auto me atacando em um abraço, no qual o correspondi.

-Sim.- Respondi como se fosse obvio.-

-Caraca- O homem se afastou ajeitando seu terno negro de seda-  Eu sou muito fã menina, sou extremamente fã de vocês –Disse com um ar feminino na voz –Prazer sou Smith Jackson, sou o autor de roteiros e diretor do nosso novo projeto.-

-Camila eu irei estar te esperando já no cetim –Roger avisou saindo me deixando na companhia de Smith.

-Hum você era fã da Fifth Harmony?- Esmirrei os olhos.        

-Na verdade eu sempre fui um camren shipper de coração, menina –Bateu em meu ombro direito –Mais agora que virei um autor e diretor prestigiado e que enfim meu trabalho e minha criatividade foi reconhecida, pois pensei porque não realizar um  sonho de adolescência e criar uma historia com as minhas maiores divas?- Filho de uma mãe...

-Eu não acredito- Entre abri minha boca indignada, reparando a porta contra as minhas costas se abrirem.-

Lauren saiu ajeitando sua calça, maldita do caralho –Oque vocês estavam fazendo ai dentro em – Smith apontou para Lauren e logo para mim, com uma onda feminina ele levou sua mão até o coração –Ai meu coração de camren shipper –

Pronto mais um retardado para atrapalhar minha vida, senti a risada gostosa de Lauren gargalhar atrás de mim –Estávamos passando o texto cara- Ela respondeu e no mesmo momento Jackson começou a rir, o motivo para mim virar para Lauren rapidamente e mira-la apertando seu membro por cima da calça .

-Lauren é uma idiota Smith não estávamos fazendo isto, e nunca fazeremos até porque eu sou casada –Assenti com a cabeça saindo-me dali.

(...)

Parei enfrente há porta do cetim, posso ouvir que há muita movimentação ai dentro. Oque me deixa um pouco ansiosa demais.

-Amor- Shawn segurou meu punho assim que entrei no estúdio de gravação reparando Roger ao seu lado –Precisamos conversar,  por favor eu não queria...-

-Agora não Shawn –Neguei com a cabeça me afastando, uma equipe de maquiadores vieram até a mim, e outro me entregou meu figurino.

Após a maquiagem segui para um banheiro mais perto do cetim para me trocar.

Quando iria imaginar nesta  altura do campeonato fazer um filme com Lauren? Meu senhor do céu.

-Oque pensa anjo?- As mãos embranquecidas tocaram apertando minha cintura, ergui a cabeça sentindo meu corpo estremecer em seus braços.

Merda eu não vou aguentar isto por muito tempo. Droga.

-Se afaste-se Lauren, lejos de mi – Disse.

-No, yo se que mi quieres – Sussurrou com seus lábios próximos de meus ouvidos.

-Posso te querer, mais você não merece se quer o meu desejo por você –

-Então admiti que me quer?-

-Então admita que é uma idiota.- Lauren suspirou prestando atenção em mim.

-Eu sou uma idiota, uma otaria louca por você-

-É mesmo –Trancei meus braços contra meu estomago –Eu sempre soube disto- Sorri sem mostrar os dentes-

-Quando vai me ligar, eu pago o melhor motel contanto que tenhamos uma noite prazerosa de sexo-

-Eu não sou um objeto furado para te satisfazer Lauren, esqueça de mim, é a melhor coisa que poderá fazer-

-Meu Deus Camila eu preciso de você-

-Que ótimo porque eu não preciso de você querida, para me satisfazer eu tenho o meu marido e acredito que você tenha as suas putas.-

Lauren me empresou contra a parede de azulejos do banheiro, gemi ao sentir minha pele quente se chocar com a superfície fria –Ninguém nunca será igual a você, este corpo latino que me deixa louca, estes lábios carnudos é meu delírio.-

-Você não deu seu devido valor quando tinha este corpo para você, não é agora que terá ele de volta, porque este corpo aqui?-  Passei a mão por meu abdome lentamente –Tem dono... -

 

 


Notas Finais


claro ne.
Lauren sou eu na vida so toma verdades na cara.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...