História O Protetor - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Dark Fic, Kurama, Luta, Morte, Naruto, Sacrifício
Visualizações 42
Palavras 1.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drabs, Ecchi, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Slash, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá queridos e queridas primeiramente obrigado pelos 74 favoritos.

Segundo estamos na reta final de O Protetor, eu não sei mais quantos capítulos vai ser porém tá quase acabando.

Capítulo 27 - Todo um clã morto part 2


Todo um clã morto part 2


Autora 



O grito de Narumi foi ouvido por todo o esconderijo, Naruto correu até sua amada loirinha que estava caída de joelhos no chão sendo amparada por Orochimaru. 



Naruto - Onde está Kabuto? 



Ele falou estranhando o fato do médico não estar ali com eles e ouviu um grito vindo do quarto do amigo ele correu novamente e viu Konan com o amigo nos braços, ele estava amarrado e amordaçado mas estava vivo, ele começou a encaixar as peças aos poucos e seu coração apertou Narumi estava inconsolável. 


Orochimaru havia conseguido lhe colocar para dormir com um forte sedativo só assim a jovem loira dormiria, ele lhe colocou na cama e olhou o berço vazio ao lado do berço de Kushina que dormia inerte de tudo que acontecia ao seu redor. O mais velho respirou fundo se apoiando na parede olhando sua filha, e neta dormindo mas faltava ainda seu pequeno neto Nowaki que ele simplesmente não fazia ideia de onde estava ou com quem estava, porém sabia que Naruto já tinha algo em mente. 



(Em outro lugar



Sakura carregava Nowaki em seus braços pelo distrito uchiha, ela foi até a casa dos líderes, a rosada entrou pelo portão e caminhou com calma para não acordar o pequeno loirinho em seus braços que estava dormindo profundamente graças a um sedativo que sakura havia lhe dado pois ele não parava de chorar. 


Sasuke estava na sala de reuniões com Itachi quando a rosada entrou tendo imediatamente a atenção dos morenos. 



Sasuke - O que significa isso Sakura?


Itachi - De quem é essa criança? 



Eles falaram abismados olhando ela que apenas se aproximou e deitou com cuidado a criança na mesa, aquela loirice era inconfundível. 


Sakura - Esse é o resultado do relacionamento de naruto com aquela bastarda da irmazinha dele, eram gêmeos mas eu não conseguiria sair de lá com os dois nos braços. 



Ela falou enquanto abria delicadamente o cobertor e os Uchihas ficaram abismados, aquela era a réplica perfeita de naruto bebê, até o sinal de selamento de Kurama estava em sua barriguinha gordinha, quando nasceram Kurama havia selado um pouco de seu chakra (infinito) dentro dos pequenos iria lhes ajudar quando fossem mais velhos. 


Sasuke - É igual ao Naruto.... 



Itachi - Eles vão ficar loucos quando notarem o sumiço do filho, isso vai desencadear uma guerra. 



Sakura - Não vão demorar para descobrirem quem foi e viram atrás de nós. 



Todos concordaram que aquele guerra iria ser sangramenta, eles tinham que atrair o casal para uma armadilha e dar um fim neles de uma vez por todas, um falcão foi mandado para Minato lhe avisando do que iria acontecer e o loiro mais velho respirou fundo massageando as têmporas ele estava tenso, a dias não dormia direito pensando em fugako, em Kushina e em seus dois filhos que eram seus maiores inimigos a essa altura com toda certeza. 

Ele respirou fundo e pegou manto de Kage saindo do escritório em direção ao distrito uchiha. 



Os ventos carregavam um ar sombrio no esconderijo todos estavam tensos Narumi estava a poucos minutos de acordar justamente quando uma mensagem havia chegado. 



"Vamos acabar com essa palhaçada de uma vez por todas usaratonkashi

Se pensarem em não virem ao Vale do Fim jogaremos seu bastardinho de cima da cachoeira, sem pensar duas vezes 


Ass uchihas" 


Os olhos de Narumi abriram aos poucos todos estavam apostos para qualquer reação, ela olhou ao seu lado vendo um dos berços vazios e seu coração apertou ela sentou na cama lentamente tocando o berço deixando algumas lágrimas caírem, dor, mágoa, tristeza, raiva e ódio era isso que ela sentia naquele momento. 



Narumi - Vamos buscar meu filho. - ela falou e naruto sentou ao seu lado erguendo seu rosto - Não tente me impedir Naruto, quero meu filho de volta São e salvo. 



Ela falou com a voz falha levemente pelo choro e naruto lhe abraço forte afundando o rosto dela em seu peito. 


Naruto - Iremos trazer nosso filho pra casa meu amor não duvide disso. - Ele falou acariciando os cabelos da pequena loirinha em seus braços que lhe sorriu docemente mesmo com dor ela conseguia sorrir - Tem certeza que quer ir? Kushina precisa de você também. 



Konan - Eu cuidarei dela não se preocupem, tragam nosso loirinho de volta. 



Narumi - Vamos Naruto, eu não irei perdoar quem tiver pego nosso filho, e eu nunca volto atrás com minha palavra afinal.... Esse é o meu jeito Ninja de ser. 



Ela falou se levantando e saiu com Naruto, ela tomou um banho quente e vestiu uma calça, uma blusa ombros caídos, os cabelos foram amarrados em um rabo de cavalo alto, a franja caia graciosamente pelos seus olhos, em seu pescoço o colar de sua mãe, em sua cintura uma pequena bolsa para guardar shurikens e algumas kunais, ela se olhou no espelho e naruto tocou seu ombro se aproximando dela beijando a marca de ligação, eles não precisavam trocar palavras seus gestos diziam tudo e seus pensamentos eram constantes compartilhados. 


Naruto - Vamos trazer nosso filhote de volta meu amor. 



Ele falou e Narumi acenou que sim levemente, na saída do esconderijo Pain e todos seus caminhos estavam ali, Orochimaru também estava ali acompanhado de Kabuto. 



Naruto - Não peço que me acompanhem, mas sim peço ajuda como pai, me ajudem a fazer justiça, aqui e agora entreguem seus corações que eu farei de tudo para proteger aqueles que me protegeram tantos anos. 



Ele falou e todos ficaram em posição de sentido com a mão em cima de seus corações (entendedores entenderam a referência) e sorriram para Naruto que pegou a mão de Narumi. 



Orochi - Vamos trazer nosso loirinho de volta. 



Ele falou e todos acenaram que sim o vale do fim era o destino deles. 


Ao lado da estátua de Madara o clã uchiha estava esperando os adversários, todos os melhores estavam ali, sakura carregava Nowaki em seus braços, e Minato estava ao lado de Itachi eles ouviram um barulho e logo depois se fizeram presentes Naruto, Kurama que havia aparecido de última hora ao seu lado, Narumi que estava nada boazinha vendo seu filho nos braços da rosada que lhe sorriu cinicamente, Orochimaru, Kabuto e os pains se fizeram presentes Naruto se colocou a frente juntamente com Narumi e sasuke fez o mesmo com sakura até estarem cada um às margens de cada lado do rio que atravessava o local. 


Narumi - As coisas não precisam ser assim, devolva nosso filho e impeçam um derramamento de sangue desnecessário. 



Ela falou olhando eles. 



Sasuke - Isso é uma aberração não um filho, você são irmãos. 



Naruto - Uma última chance, nós devolva Nowaki. 



Sakura - Eu acho que não Naruto - kun você não quis ter um filho comigo então esse vai se meu filho com sasuke-kun não se preocupe ele vai ser bem cuidado. 



Ela falou debochada e Narumi rosnou eles se afastaram das margens e naruto olhou Narumi que acenou que sim levemente. 


Naruto se afastou um pouco de Narumi, a jovem loira fechou os olhos e se deixou cair no chão mas antes foi aparada por Pain caminho animal lhe colocando delicadamente deitada a alma dela estava fora de seu corpo e todos viram a de naruto fazer o mesmo porém o loiro continuava em pé. 


A alma de Narumi era um tom claro de vermelho e a de naruto um amarelo forte, a alma de naruto pegou na mão da de Narumi lhe rodando lentamente, está por sua vez ficou na ponta dos pés, voltando de encontro a alma de naruto eles se abraçaram e naruto sorriu maliciosamente olhando de canto de olho os outros que estavam estupefatos, Narumi fechou os olhos e um brilho forte aconteceu. 


As almas haviam sumido, mas Narumi ainda "dormia" porem Naruto abriu os olhos piscando algumas vezes aquela sensação de estar com Narumi era tão boa, seus olhos antes azuis estavam um laranja forte quase vermelho e suas Iris tinha o formato dos olhos da Kyuuby. 



NaruNaru - Vocês iram pagar por terem me tirado meu filho - A voz forte porém doce da fusão se pronunciou. 


Quando a fusão era por chakra o resultado era apenas os dois juntos, porém quando era suas almas a fusão criava voz própria e personalidade também por isso era tão forte eles dois juntos. 



A guerra iria começar..... 



Continua?....





Notas Finais


Espero que tenham gostado
Comentários são Bem vindos de todo mundo.
A fusão NaruNaru voltou para abalar as estruturas de todos nessa luta.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...