História O Psicopata da vizinhança - BTS Fanfic +18 - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Yoonminimini

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Visualizações 276
Palavras 1.445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ME AMEM MUITO EM PRIMEIRA VEZ POSTANDO ALGO DE MANHÃ CARA

●Arruma os erros depois tentem traduzir sozinhos kkkkk

●Compartilhem a fic se gostaram dela

♡Amo vocês

Capítulo 6 - Arrumando para o jantar


Fanfic / Fanfiction O Psicopata da vizinhança - BTS Fanfic +18 - Capítulo 6 - Arrumando para o jantar

Seokjin: Não vou deixar você trocar ele

Psicopata: Não se intrometa nos meus assuntos do meu relacionamento

Seokjin: Me sequestrou para que afinal então se não for para te colocar no lugar ?

Psicopata: Não foi tecnicamente para isso você

Seokjin: Sai logo. Eu vou trocar ele e logo descemos

Psicopata: Tanto faz e tem que ser aquela roupa viu

Seokjin: Você só vai piorando quando se trata de Jimin

Ouço  uma porta fechar. Sim eu estava ouvindo tudo, eu estava acordado fazia um tempinho mas estava com preguiça, sei que parece ser estranho mas estava confortável na aquela cama

Sinto alguém se aproximar e sentar ao meu lado e fazer carinho no meu cabelo

Seokjin: Ele já se foi pode abrir os olhos

Era Seokjin, ele estava tão lindo e estava sorrindo. Nessas horas que se passou eu acho que ficar perto dele me deixou mais em paz e só foi duas vezes para ser claro, muito ao contrário do que ficar perto da aquele louco que me sequestrou

Jimin: Ele foi embora para sempre?

Seokjin: *Risada* Não, mas temos que aproveitar esse tempo

Jimin: Me coloca aquele pano outra vez e me faz morrer

Seokjin: Não fale uma coisa dessas

Jimin: Você não parece ter medo dele

Seokjin: Eu ja estou a muito tempo aturando ele

Jimin: Ele não te matou porque?

Seokjin: Somos especiais, ele não quer nos machucar ele .... digamos que ele nos quer  como  uma família. 

Jimin: Especial?  Família ?

Seokjin: Só não tenha medo dele, ele não quer te ferir. Faça tudo que ele quiser

Eu dou um  suspiro e me levanto. Não estava mais no quarto de antes, agora era um quarto lindo e enorme,  na cor azul claro quase perto do branco e tinha a porta de uma varanda tampada por cortinas brancas e finas que estavam sendo mexidas com o vendo que vinha da parte meia aperta da porta

O quarto continha quadros, alguns vazos que tinham rosas azuis. Sera que ele sabe que eu gosto de azul? Acho bem provável. Mas nada me impressionavatanto quando a cama, que eu estava, ela era enorme

Quando termino de olhar em volta, eu olho para Seokjin que estava rindo um pouco. Acho que minha cara devia ser de espanto nesse momento

Seokjin: Impressionado eu presumo

Jimin: Um pouco

Seokjin: Gostou? Ele ficou dias arquitetando  cada pedaço. Da cor que você gosta, até a flores na porta da varanda

Jimin: Gostei do quarto, mas não muda o fato de eu abominar ele

Seokjin: Sim... sim eu acho que está certo

Ele tinha ficado um pouco triste mas ele também está sequestrado, acho que pelo tempo que passou com ele, deve ter deixado ele doido também

Seokjin me levou até um banheiro que tinha no quarto. E sim, o banheiro era até grande. Por ser um banheiro, ele tinha uma banheira grande e larga que estava já cheia e com pétalas de flores. Conseguia sentir o perfume de algum protudo que colocaram lá e o cheiro era doce

Seokjin: Tire a roupa, eu vou pegar sua roupa e logo volto  Jimin

Jimin: Certo então

Ele saiu e eu comecei a tirar a roupa. Estava um pouco com receio, eu fiquei olhando em volta a cada peça de roupa que tirava e quando estava completamente nu fiquei muito  vermelho e envergonhado

Estava nu na casa de um louco, esperando um outro recém conhecido que não deixa de ser estranho. Como fui parar nessa situação?

Seokjin: Voltei Jimin. Nossa você realmente tem um corpo bonito

Jimin: Realmente?

Seokjin: O Hooker falou sobre seu corpo

Jimin: Ele se chama Hooker?

Seokjin: Não, é um nome falso. Ele nunca vai mostrar nada real dele. A cor dos olhos vai sempre usar lentes, qualquer mexa de cabelo que você ver, vai ser peruca. Ele sempre vai estar usando máscara para tampar  seu rosto

Jimin: Porque não tira? 

No momento em que disse isso, ele olhou para mim espantado e ficou em silêncio por um tempo

Seokjin: Eu já tentei isso. Por favor não faça isso, me prometa

Jimin: Porque ?

Seokjin: Ele vira outra pessoa, ele fica... o tal psicopata que você conheceu

Jimin: Não conseguiu ver o rosto dele ?

Seokjin: Não consegui tirar, só  vi sua boca. Na verdade a metade dela

Jimin: Droga...

Seokjin: Jimin não tente nada. Ele sempre nos  deixa apenas no máximo três dias, depois voltamos para nossa vida normal 


Jimin: Sempre? Vida normal? Me poupe Seokjin. Minha vida é normal com ele fora dela.

Seokjin: Você se lembra que está pelado né?

Quando olho para o espelho que tinha no banheiro, vejo meu corpo nu. Acho que tinha ficado completamente vermelho. Como eu pude esquecer isso?

Seokjin: *Risadas* Vai, entra na banheira que vou te dar banho

Jimin: O QUE? NÃO NÃO EU SOU GRANDE! POSSO FAZER ISSO SOZINHO! 

Seokjin: Eu infelizmente digo  que vai ter que ser eu prq te dar banho

Jimin: Eu vou me arrepender tanto mas está bem

Seokjin me deu banho, me esfregou e lavou. Juro que eu estava com a cara mais emburrada desse mundo todo. Era mais pra  uma cara de bunda para ser exato 

Ele não fez nada mais que me dar banho, mas eu não estava confortável com aquilo tudo, sabe? Era  muita coisa para assimilar

Quando chegamos no quarto eu me deparo com uma roupa feminina do meu tamanho. Tento procurar outra peça de roupa, alguma masculina mas eu não achava. Quando olho para Seokjin ele estava com uma cara meio desconfortável olhando para os lados

Jimin: Não.. ..

Seokjin: Jimin... por favor facilita

Jimin: NÃO

Eu não queria ter gritado com ele, mas eu não iria usar isso. Se eu vestisse isso juro que as frases que meu pai me disse iriam voltar. Não posso vestir isso... pelo meu pai. Tenho certeza que ele preferiria me ver morto em vez de estar  vestido com roupas femininas

Seokjin: ... Não posso fazer nada, ele só te deu roupas femininas e essa foi a mais comportada para você que achei


Jimin: Fala que é mentira

Corro para o grande quarta roupa que havia ali e tento achar um resquício de uma roupa masculina, mas só tinha roupas femininas. Todas, nem uma cueca havia ali. Só  tinha calcinhas e vestidos, até sutiã com enchimento havia ali

Começo a jogar as roupas que estavam ali todas com uma  certa força e começo a chorar

Jimin: Louco, Louco,Louco, Louco Lou...

Seokjin: Ei, para Jimin

Jimin: Louco Louco Louco..

Seokjin pega no meu rosto me fazendo olhar para ele e me abraça. Eu  ainda estava chorando. Afinal, ainda nada era real para mim

Jimin: O que eu fiz para merecer isso? Isso  é difícil para mim eu.. tenho problemas com isso ainda

Seokjin: Eu sei da sua história... infelizmente eu sei. Olha para mim, eu nunca vou te achar um monstro por usar roupas femininas dane-se   isso. Você está sendo obrigado a isso tá bom?

Jimin: Tá bom *Risada*

Estava colocando a roupa.  A roupa consistia em ser toda de seda e vermelha. Da calcinha até  a camisola junto ao pijama. Também tive que colocar uma peruca de cor castanha que só ia até os ombros, para melhorar tudo, até meu desconforto eu passei maquiagem

Jimin: Se ele quer que eu seja uma mulher, quero dizer, meu amigo aqui embaixo  está marcando

Seokjin olha para minha parte íntima e ri pois estava marcando mesmo

Seokjin: Espera aí

Jimin: O que você.. JIN TIRA A MÃO DAÍ PARA A...


Ele havia arrumado meu pênis de uma forma que não dava para ver, agora eu parecia uma mulher mas... Ele havia tocado no meu membro, isso é vergonhoso não sei como ele faz essas coisas como se fosse a coisa mais normal desse mundo

Seokjin: Que foi menino, sua mãe nunca tocou no seu brinquedo para lavar ou arrumar na cueca ?

Jimin: Sim, mas era minha mãe

Seokjin: Me veja como seu pai ou sua mãe cuidando de você. Então nossa

Jimin: Ainda sim vai ser estranho

Seokjin: Você disse... Jin?

Jimin: Sim.. desculpa

Seokjin: Eu.. gostei... me lembra uma pessoa especial

Jimin: Quem?

Seokjin: O meu.

A porta se abre e revela a pessoa que eu menos queria ver no mundo nos 366 dias do ano que como Seokjin disse, hoje ele está com os cabelos loiros e curtos que eu sei que é uma peruca, e de máscara como sempre. Só que agora é uma diferente da quando ele estava na minha casa, agora mostrava a boca dele para baixo, e ele estava de luvas. Isso eu não sei o por que...

Hooker/Psicopata: Você está lindo amor... hora do jantar em família


Notas Finais


Esperam algo a mais nesse jantar

O que acham que vai acontecer em?

●Erros ortográficos eu arrumo depois não precisam corrigir nos comentários


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...