História O Psicopata e o Suicida - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kabuto, Orochimaru, Personagens Originais
Tags Assassinato, Automutilação, Auto-mutilação, Bebida, Bullying, Cigarro, Colegial, Depressão, Hentai, Kabuoro, Kabuto, Masoquismo, Orochimaru, Orokabu, Personagens Originais, Psicopata, Romance, Sadomasoquismo, Suícidio, Yaoi
Visualizações 315
Palavras 493
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui está mais uma capítulo fresquinho pra vcs.
Espero que gostem...

Capítulo 22 - Twenty two


Fanfic / Fanfiction O Psicopata e o Suicida - Capítulo 22 - Twenty two

(LEIAM AS NOTAS FINAIS, POR FAVOR)

 

.:KABUTO ON:.

Acordei sentindo as caricias em meus cabelos, abri meus olhos lentamente e esperei os mesmos se acostumarem com a claridade. Olhei ao redor e pude ver que eu estava em meu quarto, sentei-me em cima dos lençóis da minha cama e chamei-o.

-Estou aqui!-ouvi sua voz saindo do banheiro.

Logo ele apareceu com apenas uma toalha enrolada em sua cintura, deixando seu peitoral bem definido a mostra, seus cabelos estavam molhados deixando ainda mais sexy do que já estava. Senti minhas bochechas atingirem um tom rubro e me repreendi mentalmente por estar tendo pensamentos impuros.

-Kabuto?-ele me chamou pela terceira vez, estalando os dedos em minha frente.

Acabei saindo do meu "transe".

-Ah... Er... O-Oi, eu estava fora do ar por um segundo.

-Percebi.-ele disse.

Ele me olhou por alguns segundos e depois sorriu.

-P-Por que está sorrindo?

-Por que está corado desse jeito?

Senti meu rosto esquentar mais ainda.

-E-Eu não estou corado...

Observei ele se aproximar de mim lentamente com um típico sorriso nos lábios, o mesmo subiu na cama e começou a engatinhar para o meio das minhas pernas, deixando nossos rostos bem próximos. Senti seus lábios tocarem os meus. No começo foi apenas um selinho, mas logo senti ele pedir passagem com a língua. Cedi.

Suas mãos foram para a minha nuca, me puxando para mais perto para ele poder aprofundar mais os beijos.

Minhas mãos foram para seu peito, logo indo para os ombros, acariciando ali. Seus beijos desceram até meu pescoço enquanto suas mãos retiravam minha camiseta, minhas mãos desceram para a barra da toalha, a retirando logo em seguida.

Ele se livrou de minha calça junto a cueca box que eu usava e me deitou na cama, senti ele pegar as minhas mãos e coloca-las em volta de seu membro já ereto.

Mordi meu lábio e passei a masturba-lo, ouvindo ele soltar suspiros e gemidos baixos. Logo senti ele gozar em minha mão enquanto soltava um longo e rouco gemido.

-Minha vez...-ele disse, com um sorriso malicioso nos lábios.

Senti suas mãos em meu membro e logo sua boca, soltei um baixo gemido e agarrei seus fios negros enquanto eu sentia ele me chupar.

-M-Mais rápido...-implorei.

Ele aumentou ainda mais os movimentos e logo senti meu membro pulsar e meu corpo enfraquecer quando gozei, fechei meus olhos e permaneci imóvel na cama. Senti seu corpo sobre o meu e logo a sensação de ter seu membro dentro de mim.

Orochimaru começou com movimentos lentos de vai e vem, mas logo aumentou a força e a velocidade.  Eu já não conseguia mais segurar meus gemidos. Eu gritava e delirava de prazer, assim como ele.

Soltamos altos gemidos quando gozamos, senti seu corpo cair do outro lado da cama. Senti seu braços me abraçarem por trás e sua respiração bater em meu pescoço.

-Eu te amo...-ouvi ele dizer.

-Eu também...

E ficamos ali, deitados, sentindo o calor um do outro.

 


Notas Finais


Gente, estou aqui para pedir que vocês leiam minha outra história.
Ela se chama Adolescentes Suicidas.
Espero ver seus comentários lá.
Beijos de torta<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...