História O que a vida me roubou - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Once Upon a Time, The 100
Personagens Camila Cabello, Clarke Griffin, Emma Swan, Henry Mills, Lauren Jauregui, Lexa, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Camila Cabello, Camren, Clarke, Clexa, Emma Swan, Lauren Jauregui, Lexa, Regina Mills, Swan Queen, Swanqueen
Exibições 57
Palavras 2.713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa noite pessoas.
vi que o ultimo cap chocou alguns de vices, pois bem, esse não terá nada chocante, sobre Lexa terá um cap que mostrará o que aconteceu com ela pós tragédia. sobre Emma nem tudo é o que parece, sobre Camila e Lauren preparem os forninhos de vcs, não deste em especifico mas nos próximos...
pessoas que desconsiderem os erros.
boa leitura.

Capítulo 3 - Lembranças parte II


Fanfic / Fanfiction O que a vida me roubou - Capítulo 3 - Lembranças parte II

Oxford – Inglaterra 2011

Internato Feminino Lady Margaret Hall

- seja bem vinda senhorita Mills, meu nome é Anna Torv diretora, caso tenha alguma duvida sobre o lugar fique a vontade em me procurar ou procure o monitor do seu dormitório.

- obrigado senhorita Torv. Mas por favor, gostaria de ser tratada pelo meu segundo sobrenome.

- tudo bem senhorita Cabello, a monitora do seu dormitório a aguarda do lado de fora da sala, mais uma vez seja bem vinda.

Ao sair da sala Camila se depara com uma moça um pouco mais alta que ela.

- creio que você seja Karla Camila Cabello Mills?

- sim, sou eu mesma, acredito que você seja a monitora do meu dormitório?

- não, na verdade não, mas Mary esta em um ensaio eu sou sua colega de quarto, muito prazer senhorita Cabello me chamo Jauregui, Lauren Jauregui. – disse estendendo a mão a mais baixa.

- você é latina?

- meia na verdade, assim como você eu não gosto de ser chamada pelo meu outro sobrenome. – disse vendo a morena franziu o cenho em duvida.

- deve esta se perguntando de como eu sei que você não gosta do outro sobrenome, não que eu seja curiosa ou ande ouvindo conversa por trás da porta, mas a sala da senhorita Torv tem péssima acústica, se ela respirar mais forte é possível ouvir do lado de fora. – a mais alta dizia enquanto ajeitava o óculos de grau, com um jeito serio.

- então Lauren me leve ao nosso quarto. – a menor dizia de modo sorridente contrastando com o jeito serio da outra.

Camila riu sozinha da lembrança da primeira vez em que viu Lauren, todas as noites ela sempre puxava da memória algum momento com a inglesa, durante seu período no internato feminino, Camila conheceu a seria e introvertida morena de olhos verdes.

- Lauren, você não sabe a falta que me faz. – Camila falava enquanto olhava a pulseira da amizade que ela tinha foi um presente simples de Lauren a ela.

- pensando nela? – sua atenção foi chamada por sua irmã que observava de pé na sala.

- sempre nela. – mais nova sorriu.

- falta quanto tempo? – falou se aproximando da mais nova.

- menos de um ano, mais ainda parece uma eternidade. - A mais nova suspira ao lembrar-se do tempo que ainda falta para revê a noiva.

- logo vai passar e vocês estarão juntas. – a mais velha sorria sentando ao lado da mais nova e vendo a mesma se aninhar em seu colo.

- sabe Rê não sei como você aguenta saber que Emma não vai mais voltar, é visível em seus olhos que você a ama.

- nunca poderia deixar de ama-la, Emma foi é sempre será o amor da minha vida, e ela não foi embora porque quis, ela foi tirada de mim é diferente.

- você não pensa em abrir seu coração pra outra pessoa? Rê já faz tanto tempo, sei que não é fácil, veja só a minha situação faz dois anos que não vejo Lauren, mas sei que logo ela estará de volta, já Emma não, nos sabemos que ela nunca vai voltar então mana permita-se amar novamente. – a mais nova falava enquanto olhava o perfil da mais velha.

- se fosse você no meu lugar Camila já se perguntou se você conseguiria? Você abriria mão do amor que existe em seu peito mesmo que Lauren não voltasse mais. – mais velha olhava uma das varia fotos de Emma espalhadas pelo apartamento.

- não sei, sinceramente não sei, eu amo Lauren com uma força descomunal, mas não quero que você viva amando alguém que não existe mais, Regina Emma esta morta, me dói dizer isso eu a adorava, só quero vê você saído desse buraco de dor e amargura minha irmã, céus ainda bem que você tem Henry me pergunto o que seria de você sem ele!

- Mila mesmo com essa dor e amargura, eu ainda prefiro amar minha esposa, eu nasci pra ser dela e ela foi minha até o seu ultimo dia, me deixou o melhor presente que alguém poderia me dá.

- Regina você é jovem um mulherão, pode ter quem quiser, pense minha irmã. – Camila agora se sentava olhando a irmã.

- já pensou em uma data para o casamento?- a mudança de assunto não passou despercebida pela mais nova, era assim todas as vezes que ela tocava no assunto “superar a morte de Emma e partir pra outra”.

- não, só vou começar a organizar quando ela estiver aqui, quero que Lauren participe de tudo. – a mais nova não escondia o sorriso ao pensar em seu casamento.

- quero vê Lauren participando dos preparativos, se for por ela tudo será preto. – as duas riram, era inegável que a morena de olhos verdes tinha uma queda pela cor preta.

- isso não, mas quero ela naquele uniforme de gala das Forças Armadas de Sua Majestade, ela fica sexy! – pontuou a mais nova com um sorriso travesso.

- eu me lembro do meu, você tinha pouco mais de quatro anos, Emma se recusou a usar vestido, mas ela ficou tão linda de terno. – um sorriso saudoso brotou no rosto da morena mais velha. – você estava tão fofinha de daminha de honra.

- isso até você perceber que eu tinha perdido as alianças.

- foi cômico vê todos os convidados procurando as benditas alianças, para no final estar o tempo todo com a lesada da minha irmã. – Clarke entra na sala concluindo a lembrança daquele feliz dia.

- nossa eu quis mata-la naquela hora, fiquei tão brava com aquela loira. – era um momento leve para as três, o dia do casamento Swan-Mills sempre era lembrado com animo.

- eu não lembro qual foi a musica que vocês dançaram? – Clarke que agora estava muito bem deitada no chão perguntou à morena.

- essa eu sei foi she do Elves Costello. – pontuou Camila.

- não Mila essa foi meu tema de entrada. – corrigiu a mais velha.

- nunca vi minha irmã chorar como ela chorou quando viu você, Killian sempre ria da cara dela lembrando desse dia.

- a musica foi Andy Williams - Moon River, ela adorava essa musica. – Regina falou com um sorriso enorme no rosto.

- Credo Rê vocês tinham gosto de velho. – as três riram.

- Camila eu lembro muito bem que sua noiva aprecia o gosto da velha aqui. - Regina falava apontando pra si.

- aquela lá tem oitenta num corpinho gostoso de vinte anos. – Camila fez careta ao lembrar-se do péssimo gosto musical da noiva.

- eu gostei tanto daquele dia que fiz questão de me casar no mesmo lugar, nossa ter Emma entrando comigo foi especial, minha irmã-mãe-pai, vocês duas me criaram. – Clarke falava olhando para cunhada. - Aquele foi o segundo dia em que Emma chorou feito um bebê.

- eu estava pensando em me casar lá também, mas acho que a família da Lauren não irá concordar, eles são do tipo tradicional. – a mais nova fazia careta ao lembrar-se da família da noiva.

- não Mila, por favor, aquele lugar não trouxe muita sorte pra quem se casou lá. – Clarke falou com desgosto.

- qual é Clarke, não é pelo fato da minha irmã ter ficado viúva e seu casamento ter acabado que o meu vá ter o mesmo destino.

- Mila tem razão Clarke, sei que não esta sendo fácil pra você, mas o dela terá um destino diferente do meu e o seu.

- tanto faz, vou dormir amanha tenho plantão. – a loira falou se retirando da sala.

Camila olhou a loira sair e em seguida olhou para irmã. – Ela ainda não superou o divorcio!

- não esta sendo fácil pra ela, Lexa ainda é muito presente na cabeça dela. – a mais velha comentou, o assunto divorcio era evitado a todo custo pela loira.

- eu não entendo Rê, ela se amavam tanto como pode ter chegado a esse ponto.

- Mila elas ainda se amam, mas não estão mais em sintonia, Clarke ainda não se conformou, ela se culpa por tudo.

- eu não disse nada a ela, mas fui visitar Lexa, a achei bem melhor do que da ultima vez que a tinha visto, sabia que ela já esta correndo? – a noticia deixou Regina surpresa. – ela tem um cão guia lindo.

- Maura me falou que ela estava morando com ela e Jane,

- é a Jane que esta correndo com ela, é incrível Rê não podia imaginar que um cego podia fazer tudo que ela faz.

- Lexa sempre foi assim não deixava se abater, confesso que teve momentos que eu achei que ela não iria suportar, os primeiros meses foram terríveis.

Regina viu a mais nova conferir a hora e em seguida dando um pulo.

- esta na hora de ligar pra ela, boa noite mana e pense sobre nossa conversa. – se aproximou da irmã dando um beijo na testa da mais velha saindo em direção do corredor dos quartos.

Regina permaneceu na sala o sono tinha a abandonado, insônia passou a ser companheira constante da morena, lembrar-se do dia do seu casamento a deixou com um sentimento de nostalgia, lembrar do dia mais feliz da sua vida a deixava emotiva.

- Gina você ta tão linda. – a moreninha de sorriso banguela olhava para irmã mais velha com admiração.

-linda é você meu anjo, não sei como consegue ficar mais linda do que já é. – a mais velha admirava a caçula, Camila tinha quatro anos.

- Emma mandou um recado mas, você tem que se abaixa porque você é muito grande. – a mais nova ria da cara que a irmã fazia.

- o que você é a minha noiva estão aprontando em mocinha? – a mais velha se agachou ate ficar da altura da menor passando o dedo indicador direito na pontinha do nariz da pequena fazendo-a sorri com a língua entre os dentes.

- não to aprontando não Gina, Emma mandou um recado. - mais nova se aproximou da mais velha lhe dando um beijo molhado na bochecha. – esse era o recado.

- obrigado meu amor. - Ao dizer isso as duas fora interrompidas por uma Jene Rizzoli impaciente, Jane era namorada de Maura amiga de faculdade da morena, Regina costumava dizer que se Emma não a amasse tanto seria trocada por Jene de tão grudadas que as duas ficaram, foi amizade à primeira vista.

- Morenão está na sua hora, se você demorar mais um pouco Emma morre do coração.

- do jeito que Emma é ela seria capaz de vir me buscar a força. – Regina falava ajeitando os últimos detalhes do vestido.

- Gina quando for minha vez quero um buque igualzinho ao seu.

- você minha princesinha terá tudo que quiser e eu estarei ao seu lado.

O casamento foi realizado no haras Mills, desejo do falecido pai de Regina, com um altar branco, e uma decoração de flores azuis como as do buquê de Regina a cerimônia foi emocionante a única magoa que a morena guardara foi de sua mãe ter se recusado a comparecer a cerimônia que a uniu a mulher que ela amava. Lembrou também de David seu sogro que poucas semanas depois do casamento veio falecer de um câncer avançado, fator esse que levou a cunhada uma menina tão loira quanto a irmã com apenas onze anos a ir morar com elas, o casamento foi feito as pressas para que o pai de Emma pudesse vê a filha mais velha se casando.

Agora Regina tem apenas lembranças daquele dia, pegou o álbum de fotos de família e a cada pagina era uma lembrança que chegava a doer em seu peito vê a esposa por fotos a fez recordar-se de como a vida foi injusta com ela, perdeu o pai de uma forma inesperada e teve a esposa tirada de si de uma forma que nunca foi explicada de forma adequada, e o pior não teve o corpo para se despedir apenas uma lápide simbólica, a forma em que Emma foi declarada morta pelo governo americano fez com que a morena criasse aversão por casos mal resolvidos a fazendo mudar de especialidade, a antes Cardiologista Regina Mills agora era a Legista chefe da divisão de homicídios de NY, Regina fez pelos outros o que nunca fizeram por Emma, se dedica ao máximo a cada caso em que esta trabalhando.

- ainda acordada?- seus pensamentos foram interrompidos por sua irmã mais nova.

- revendo as fotos. – Regina disse enquanto fechava o álbum e o guardava no lugar de sempre. – eu achei que estaria falando com Lauren, mas pelo seu vestido, maquiagem e cabelo arrumado creio que sua noite será bem diferente. – falou observando as vestes da irmã.

- brigamos mais uma vez, Lolo anda muito ciumenta Rê, ela não entende que está longe e eu tenho amigos na cidade e mal tenho tempo de vê-los.

- não é por menos Camila, toda semana te dão um namorado novo, sendo que seu noivado só existe pra nós da sua família e a de Lauren. Tome cuidado, sua noiva esta lutando em uma guerra e você vai sair à noite para festa. – a mais nova bufa, Regina nunca a apoiava quando o assunto era ela sair para festas sem a noiva.

- o que vocês querem que eu faça? Parar minha vida por completo só para esperar Lauren, e outra eu não faço nada de mais a não ser dançar com meus amigos, que crime eu estarei cometendo?

- o problema Camila que nem todos são seus amigos, esses você pode contar nos dedos de uma mão e ainda sobrará, tem sempre um espertinho querendo se aproveitar, e você é a sensação do momento, a “hetero” para todos os efeitos, imagina como deve ser pra Lauren ver em uma revista, ou qualquer outro meio, que traga você como matéria, se declarando solteira, “hetero”, fala serio Mila você é mais gay que eu, Clarke e Lexa juntas!

- você sabe muito bem que não posso me assumir ainda, tenho contrato que não permite, mas logo ele vai terminar e a banda estará livre, assim como eu. – a mais nova se justifica.

- me diz uma coisa Camila você lembra quando terminou com a Lauren uma vez só por achar que ela estava interessada em outra garota, como era mesmo o nome dela?

- Lucy. - A mais nova dizia com desprezo, lembrar-se da maior e única crise de seu relacionamento sempre a fazia ficar azeda.

- então Karla Camila se ponha no lugar da sua noiva e repense suas atitudes, eu amo você Camila, mas não é por causa disso que passarei a mão na sua cabeça, Lauren tem seus defeitos, e Deus são muitos, mas não impediu que você se apaixonasse por ela então preze por seu relacionamento, e cuide dele, viu o que aconteceu com Lexa e Clarke, mesmo elas se amando estão separadas, não vá achando que Lauren vai aceitar que você saia para as noitadas e ela vai ficar em casa. – a mais velha falava em um tom seco e duro com a mais nova, a fazendo baixar a cabeça sem que conseguisse a encarar.

- eu não faço nada de mais Gina, são meus amigos, um relacionamento é feito a base de confiança Lauren terá que confiar em mim, esse é o meu mundo.

- você já parou pra pensar que não é o dela? Pense minha irmã, Lauren vem de uma família tradicional Inglesa da linha de sucessão do trono? – a mais velha deu um meio sorriso. – Lauren é do tipo que curte tomar chá, jogar xadrez e declamar poesias. – Regina falava segurando os ombros da mais nova a forçando a olha-la nos olhos.

- eu te disse uma velha de oitenta num corpinho gostoso de vinte. – mais nova deu uma sorriso de canto. – e ela sabe que vou sair, não foi por isso nossa briga, prometo que vou me cuidar Lauren e eu podemos até se diferentes em muitas coisas, mas nosso amor é único, e pra mim isso basta.

Vendo que não a convenceria do contrario, beija a testa da mais nova pedindo que ela tomasse cuidado mais uma vez. Camila foi para sua festa e Regina partiria para mais uma noite mal dormida.


Notas Finais


só digo uma coisa Camila deveria ter escutado Regina.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...