História O Que A Vida Me Roubou ( Imagine Min Yoongi ) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Romance Bangtan Boys
Visualizações 86
Palavras 2.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem do capitulo de hoje, desculpem a demora pela postagem do capitulo.
Leiam as notas finais.
#NãoSejamLeitoresFantasmas.

Capítulo 32 - Felicidade verdadeira


Fanfic / Fanfiction O Que A Vida Me Roubou ( Imagine Min Yoongi ) - Capítulo 32 - Felicidade verdadeira

Quatro meses depois...

Depois que todas aqueles problemas se resolveram, finalmente estou sentindo um pouco de felicidade verdadeira. O Yoongi e eu nos resolvemos, meu debut está próximo, Aurora, Vitória e Mike vieram me visitar, ganhei um melhor amigo, tudo finamente está nos eixos.

Nesse exato momento ensaio um cover que irei lançar depois do debut. Acabou que no final das contas irei debutar sozinha.

Irei fazer o cover da música Gangsta da Kehlani. Estou super ansiosa daqui a três dias irei lançar meu debut com a música Light of my darkness. Uma composição minha é claro.

Me salve dessa escuridão.

O meu amor por você

Não vai acabar tão rápido.

Então por que você insiste em me machucar?

Você não tem coração.

Estou cada dia pior

Garoto estou perdidamente

Apaixonada por você.

E você me tirou o chão

A minha luz e agora você é minha luz.

A luz que ilumina minha escuridão.

Você prometeu não me deixar

Mas você mentiu e me deixou.

Você mentiu e agora estou sozinha aqui.

Cadê você que me prometeu a luz ?

Nessa escuridão não consigo viver.

Você mentiu quando dizia que me amava.

Nesse jogo do amor, acabei por me machucar

Você me deixou sem chão

Sem luz, nessa escuridão

Logo você que era minha luz

A luz da minha escuridão.

E agora o que eu faço para me encontrar?

Volte para mim

Garoto você me tirou a paz.

Volte com ela, volte com a

luz que ilumina meu coração.

Você me deixou sem chão

Sem luz, nessa escuridão

Logo você que era minha luz

A luz da minha escuridão.

E agora o que eu faço para me encontrar?

Depois de muito esforço as minhas músicas do pré debut e do debut estavam prontas. Agora estou irei voltar para o apartamento, o Yoongi está sozinho lá, e eu irei fazer uma surpresa para ele. Os meninos saíram e ele me disse que iria ficar para me esperar.

Saio da bighit as seis horas da tarde, pego um táxi e vou direto para o apartamento. Foi questão de dez minutos para mim chegar, já que o transito não estava congestionado. Pago o táxi e vou para o apartamento.

Entro dentro do mesmo e fecho a porta, reparando o silêncio confortável que dominava o local.

Só os seis saindo para a casa se encontrar tão silenciosa. *Rio sozinha.*

-Oppa cheguei. *Falo adentrando dentro do quarto dele.* -Ei dorminhoco, são seis e vinte da noite. *Balanço o mesmo que estava deitado de barriga para cima.* -Vai tomar um banho Yoongi. Levanta Suga! *Falo alto e ele nem se move.* -Uma rocha de mais de cem toneladas é mais leve que seu sono. *Falo sacudindo cada vez mais.* -Vou ter que apelar Yoongi. *Bufo frustrada, subindo em cima do seu colo colocando as minhas pernas em volta do seu corpo.* -Acorda oppa. *Rebolou em cima do seu membro por cima da calça e dou um selinho na boca dele.* -Parece que tem alguém ficando animado. *Digo rindo.*

Sg- Jogo sujo. *Fala levando as mãos para a minha bunda.* -Por favor toda vez que me acordar, me acorde assim. Ah isso... *Deixa a frase morrer com um gemido, pressionando minha bunda para baixo. *

-Agora você acorda né safado? *Falo e mordo seu pescoço.*

Sg- Lógico, com você rebolando em cima do melhor amigo. *Fala aponta para o membro dele.*-Melhor jeito de ser acordado. *Fala e leva as mãos até a barra da minha blusa, tirando a mesma.* -Quero que você geme bem alto, vamos aproveitar muito nossa primeira vez. *Fala rouco estimulando estocadas.*

Mordo o lábio inferior, contendo um gemido. Suga logo tira meu sutiã, atirando-o em um canto qualquer do quarto. Logo ele se senta comigo em seu colo, e começa a mamar nos meus seios.

Começo o observar ele e percebo que eu estava em completa desvantagem. Então tiro a blusa dele e desbotou sua bermuda. Fico de joelhos em volta do seu corpo para que ele tire sua bermuda, e assim ele faz. Do mesmo jeito que estava ele começa a tirar a minha calça lege junto com a calcinha, fazendo-a que ela tenha o mesmo destino da minha blusa e sua bermuda o chão.

Ele faz com que eu permaneça na posição que estava, e começa a passar a língua em minha intimidade, fazendo com que eu desse um gemido alto.

-Haa... Suga... Isso mais rápido... *Falo e ele prontamente obedece.*

Sg- Vem vamos tentar algo diferente, senta no meu rosto e inclina o corpo para frente me chupando. *Fala retirando sua cueca, fazendo com que seu membro petrificado pulasse para fora.*

Ele deita na cama e ficamos na posição 69. Pego em seu membro petrificado e começo a passar a língua, escutando ele gemer contra minha intimidade, ele intensifica os movimentos, instigando a abocanhar o membro dele. Ele começa impulsionar seu quadril para cima, praticamente podendo minha boca.

Sg- Jagiya... *Fala parando os movimentos.* -Eu preciso te foder agora. Não aguento mais essas preliminares. *Diz e eu arrumo, meu corpo no seu e início um beijo quente.*

Suga desce suas mãos para minha bunda, pressionando nossos sexos causando um atrito gostoso. Ele põe uma das mãos em seu membro pincelando ele em meu clitóris e minha entrada e sem aviso prévio me penetra, fazendo com que eu soltasse um gemido alto.

-Oppa mais rápido. *Falo gemendo.*

Sg-Assim? Uh? *Fala estocando rápido.*

-Isso... Assim... * Falo e iniciamos um beijo cheio de malícia e carinho.*

10, 20, 30 estocadas depois sinto minhas pernas ficarem bambas, um frio na espinha e começo a sentir meu orgasmo chegando. Meus gemidos começam a ficar mais alto que estava, Suga percebendo que meu orgasmo estava próximo acelera novamente os movimentos, fazendo com que eu gozasse em seu pau. Após algumas estocadas a mais, ele goza dentro de mim.

Sg- Jagiya, vou lhe pedir novamente. Sempre me acorde assim, ai eu não irei acordar de mal humor como sempre. *Diz e sela com os lábios a minha testa.*

-Vou pensar no seu caso. *Digo e levanto.* -Vou tomar banho, você vem ? *Ele lança um sorriso malicioso e levanta.* -Mas só vamos tomar um banho. *Falo e o sorriso dele se desfaz.*

Sg- Jagiya... Vamos tomar banho logo. Mas vai ter que ser no principal. *Fala rindo.*

-Você bebeu Yoongi? E se um dos meninos chegarem? Vão nos pegar! *Digo enrolando na toalha.*

Sg- Ue mais não é só um banho? *Diz rindo.*

-Vamos logo. *Falo saindo do quarto, logo ele aparece com a toalha nos ombros atrás de mim.* -Não vai cobrir isso ai não? *Falo e aponto pro seu membro. *

Sg- Para que? Você já viu mesmo. *Diz dando de ombros, enquanto nos entramos no banheiro, ele fecha a porta trancando a mesma.*

Colocamos a toalha em cima da pia e fomos para dentro do box. Ligo o chuveiro na água quente e pego a bucha e o sabão líquido.

Sg-Jagiya, da banho em mim? Prometo não fazer nada. *Fala e eu arqueiro uma sobrancelha.*

-Não fazer nada? O correto seria “fazer nada.” *Falo ele ri.*

Sg- Entenda como quiser. *Diz rindo.*

-Sem gracinhas Yoongi. *Pego um pouco de sabão líquido e derramo um pouco no corpo dele, logo em seguida o ensaboou, o olhando nos olhos.*

Passo a bucha pelos seu ombros, peitoral, costas, pernas e por último no seu membro que por incrível que pareça estava duro.

-Min Yoongi! *O repreendo.*

Sg- O que quer que eu faça, você me enrabando dessa forma, não tem como ficar de outro jeito. *Fala sorrindo sem graça.* -Mas se você quiser resolver esse probleminha, que você mesma causou, eu irei te agradecer muito. *Diz malicioso.*

-Safado, resolvo só depois que você me der banho. *Falo e rapidamente ele pega a bucha e o sabão e começa a me ensaboar. *

[...]

Depois de um segundo round no banheiro, ele desliga o chuveiro enquanto eu enrolo na toalha e começo a pentear o meu cabelo.

-A conta de água desse mês vai vim um absurdo. *Digo rindo.*

Sg- É por uma boa causa jagiya. *Fala dando de ombros.*

-Você não tem jeito mesmo. *Digo e ele enxuga enrolando na toalha. *

Sg-Isso aqui é o que? *Falo e ele pega um frasco verde.*

-Cuidado, não aperta isso, está furado. Respondendo sua pergunta e kiboa. *Falo e ele coloca no chão novamente enquanto saio do banheiro.*

De repente escuto a porta da frente fechando e as vozes dos meninos.

J- S/N YOONGI, CHEGAMOS! *Grita da sala enquanto os outros correm pro corredor, vulgo Jungkook e V.*

V- Eu vou tomar banho primeiro Jungkook... *Deixa frase morrer assim que me vê de toalha na frente do banheiro. *

Jk- Nada disso...*Aparece do lado do Tae, ficando super vermelho ao me ver.*

Só falta o Yoongi aparecer e ter uma crise de ciúmes. Já que a toalha que estou não é muito grande.

Não acredito nisso o Tae e o Jungkook estão me vendo de toalha. Eu vou morrer. O Yoongi vai me matar.

Ficamos um olhando para cara do outro até que o Yoongi resolve sair do banheiro.

Sg-Mas que merda é essa aqui? * Grita ficando na minha frente com a intenção de tampar o meu corpo, e os outros três aparece no corredor *

J-Mas o que esta acontecendo aqui? *Pergunta olhando o Yoongi. *-Por que você esta so de toalha? S/n? Pera. Por que vocês estão de toalha? *Pergunta arqueando uma sobrancelha.*

Sg-Porque estávamos no banho. Isso é meio lógico já que da pra ver que estamos meio molhados. *Fala dando de ombros.*

Jk-Suga Hyung, pode sair da frente um pouquinho. *Diz rindo.*

-Jungkook, não provoca a fera. *Aviso colocando apenas o rosto para o lado, para enxergá-lo melhor.*

V- Tive a visão do paraíso. Hyung deixa eu ver de novo? *Fala vermelho.*

-Yoongi não esqueça que você esta só de toalha e que eu estou também de toalha. *Digo e ele vira o rosto para mim vermelho de raiva.*

JH- Suga, você viu a minha cami... S/n? *Aparece atrás de mim.* -Belas pernas. *Diz um pouco vermelho.*

Sg-Quer morrer Jung Hoseok? S/n pelo amor de qualquer coisa vai para o quarto. *Diz virando de frente para mim.*

-Com todo prazer. Mas vou ter que passar pelos outros três ali. *Aponto para eles.* -Já que o meu quarto é para lá.

Sg- Eles vão tampar os olhos. *Diz os olhando bravo para eles.*

Do nada brota o Jimin e o Namjoon no corredor.

JM- Não tem nada ai que eu já não tenha visto. *Diz dando de ombros.*

Nj- Jimin, se eu fosse você eu corria.

JH- O mais rápido possível.

Sg- E agora. *Suga completa, bufando de raiva.*

J, V e Jk- Fodeu. * Fala olhando para cara deles.*

J- Corre Jimin que dessa vez não vamos segurar eles. *Fala e Jimin os encara, e sai correndo assustado e o Suga,Hoseok e Namjoon saem correndo atrás dele. *

Nj- Park Jimin, vou te ensinar a respeitar uma mulher. *Fala gritando.*

J- Vai se vestir s/n, apesar de estar adorando a visão. *Diz tampando os olhos.*-Jungkook e Taehyung, para de olhar para ela, ou quer que aconteça com vocês o mesmo que vai acontecer com o Jimin. *Diz e eles tampam os olhos com a mão. *

-Valeu Jin. *Digo rindo e corro para o meu quarto.*

[...]

Após vestir uma roupa confortável, acabo adormecendo.

Suga P.O.V ON

-Quando você vai passar a respeitar a minha mulher Jimin. *Falo dando um cascudo na cabeça dele.*

JM- Prometo parar com isso Suga Hyung. Para Hobi Hyung. Isso dói, Yoongi, não fui só eu que fiz comentário sobre ela. “Belas pernas s/n”. *Diz olhando para Hoseok, e eu dou um tapa em sua cabeça e Namjoon da outro só que mais forte que o meu.*

JH- Au! Desculpa. *Diz massageando o lugar em que recebeu o tapa.*

- Vou vestir uma roupa. *Digo com cara de tédio e seguro o no da toalha e vou para meu quarto. *

Vou para meu quarto, pego uma calça de moletom preta e uma regata branca, visto uma cueca e visto a minha roupa e vou para o quarto da s/n. Ou pelo menos ia até o Jin me parar no meio do corredor.

-Que é não posso dormir com a minha namora? *Falo com minha cara típica de tédio.*

J- Não é isso. A Yang Mi está ai, ela diz que só sai daqui depois que falar com você. *Diz e eu fecho a cara.*

-Fala que eu não estou. Fala que eu sai para algum lugar... *Sou interrompido por uma voz feminina no local.*

Yang- Não quer falar comigo oppa? *Pergunta com a aquela voz fininha e enjoada.*

Alguém me mata por favor, como consegui me envolver com ela algum dia? *Passo as mãos no cabelo para conter minha raiva.*

Continua...


Notas Finais


Desculpem a demora. Mas é como eu falei ;-; Dependo de crédito pra tudo espero que gostem do capitulo. A e outra coisa a música que está escrita no capitulo, realmente é uma das minhas composições.
Comentem o que acharam. #NãoSejamLeitoresFantasmas

Kiss no coração. :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...