História O que é amor? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Rosalya
Tags Amor, Amor Doce, Assassina
Exibições 5
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Continuação curtinha porque estou escrevendo pelo celular. Mas os próximos capítulos serão longos! Prometo ✋

Capítulo 2 - Preparativos


Fanfic / Fanfiction O que é amor? - Capítulo 2 - Preparativos

—Parabéns Raposa, o CD foi recuperado com sucesso e agora você é oficialmente uma MEF (mais alta posição quanto a educação na ME) —Jones estava orgulhoso— Mas a sua vida fora daqui não acabou e está só começando! Mesmo estudando fora da ME, você precisará realizar algumas tarefas, seja discreta, seu nome agora é Jenifer Ross. Mantenha tudo sobre você ou nós em confidencial.

— Relaxa chefe, eu posso cuidar disso— eu não via a hora de poder sair dos territórios da organização, mesmo sabendo que eu nunca estaria realmente sozinha— como sabe, me treinou muito bem.

—Acredite, querida, eu nunca seria capaz de te ensinar tudo.—Jones me olhou com aqueles olhos de pai—mas vamos logo aos detalhes, presumo que esteja ansiosa por isso.

—Você não sabe o quanto!— eu sorria de orelha a orelha.

—A Sweet Amoris é a escola mais segura para você se instalar; o nome e tudo que precisa saber de seus colegas estão nessas fichas — Jones me entregou um pacote lacrado.—Aqui estão as chaves do seu apartamento — em seguida me deu um molho de chaves.

—Mas o que? Eu ganhei um APARTAMENTO! — eu estava muito empolgada.

— Não se precipite, Dimitry vai morar com você — meu sorriso se desfez e ele apareceu repentinamente.

— Ora ora, Raposinha, teremos longos três anos (minha estadia prevista na Sweet Amoris) juntinhos— seu olhar me assustava.

—Espera, Jones! Achei que eu fosse ficar sozinha, fazer amigos, ser uma garota comum— Qual é Alice? Você é melhor que esses clichês, pensei comigo, porque no fundo eu já sabia a resposta.

—Você nunca vai ser uma garota normal— ele me olhou com tristeza.

—Eu sei— murmurei comigo, mas logo ergui a cabeça —Está tudo bem se ele não estudar comigo— parecia que eu tinha deixado-o chateado.

—Relaxa, não vai ter que me aturar na escola também — Dimitry me respondeu secamente.

—Não me entenda mal, você sabe a quanto tempo espero por esse tipo de liberdade — ele voltou a sorrir e então percebi que era tudo fingimento. Caraca! A ME me dava medo as vezes. Ela era capaz de reunir os melhores atores e transformá-los em assassinos medonhos.

— Você começará segunda, Alice. Aproveite o seu tempo até lá para fazer as malas, estudar seu ambiente e se preparar psicologicamente. — a ME não acreditava em improvisação, mesma as nossas vidas eram roteirizadas por nós mesmos. Era bem mais seguro saber o que encontraríamos. — Mais uma vez estou orgulhoso de você, Raposa.

—Obrigada Jones— eu disse abraçando-o— você sabe que é o pai que nunca tive! Serão três longos anos sem você. — eu já sentia saudade.

—Ainda vamos nos ver, querida!— nos abraçamos de novo e fui ao meu quarto fazer as malas.

Já no meu pequeno lar abri o pacote e comecei a folhear os documentos. Rosalya, Ambre, Violette, Peggy, a última me chamou a atenção por ser uma espécie de repórter investigativa, mas nada que uma garota que com 15 anos já escondia corpos não pudesse lidar. Castiel, Armin, Nathaniel, Kentin, Lysandre, nome forte, muito forte. O garoto tinha heterocromia, eu já havia visto uma pessoa assim, mas fazia bestante tempo. Estudei um pouco mais a planta da escola, seus funcionários, alunos e já era tarde quando terminei de arrumar as malas.

—  Tic— senti uma almofada na minha direção, porém antes que ela me atingisse a pguei no ar e devolvi na direção do lançador.

— Tac— respondi.— Ah! Oi Jade, o que tá fazendo aqui?— Jade era meu melhor amigo quando éramos pequenos; o que não mudou com o tempo.— quer que eu te ensine a contar de novo?

—Fico feliz que seus reflexos estejam aguçados, mas não precisa me ensinar! Tínhamos nove anos, Alice! —ele parou e me encarou— vou sentir sua falta.

— Awnnnn que menino sensível —eu sentia algo forte pelo Jade, nunca fui boa com sentimentos, mas sabia que podia contar sempre com ele e acho que ambos possuíamos tal visão.— vem cá! Sou a mais velha e é meu dever te consolar! — fiz uma mão de juramento de escoteira.

—Boba— ele veio me abraçar, ficamos assim por um tempo— você vai ficar bem?

—Jade é claro que vou! Fiquei muito forte e perigosa desde que entrei pra ME, vocês fizeram de mim uma arma letal— ele arregalou os olhos— No bom sentido, camarada!! Ano que vem será a sua vez e eu vou te apoiar. Juntos sempre, lembra? 

—Juntos sempre!— garagalhamos e conversamos um pouco antes do toque de recolher— Eu tenho que ir antes que o Dimitry apareça e diga que estou passando tempo demais com você, ou o Jones ache que estamos tendo um caso.— nos olhamos cogitando ambas possibilidades e gargalhamos de novo.— Boa noite, Raposa!

—Boa noite, Águia!— depois que Jade saiu eu dei uma nova olhada para as fichas e fui dormir. Segunda (dali três dias) seria um novo marco para mim. 

Naquela noite tive inúmeros pesadelos com meus pais e uma voz que dizia sempre: garota dupla, se decida, ou eu ou você, ambos temos segredos. Acordei assustada mas preparada pros treinos matinais. A ansiedade me definia mais do que nunca. Olá, sou Jenifer Ross, tenho 18 anos e vim de Santa Catarina para morar três anos com o meu primo Carlos (bonito nome,Dimitry! Hahaha). Estou ansiosa para conhecê-los, meus novos amigos, mesmo que vocês nunca possam realmente me conhecer.




Notas Finais


Espero que tenham gostado! Um beijo pra quem quiser!!! 😽


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...