História O que é Sentimento? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Exibições 18
Palavras 544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Policial, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Canibalismo, Estupro, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem....

Leiam aí ;)

Capítulo 1 - Primeiro Avanço


Fanfic / Fanfiction O que é Sentimento? - Capítulo 1 - Primeiro Avanço

- Kaneki.... Eu posso entrar?- Touka disse após bater na minha porta.

- Ah... Touka-Chan. Entre.- respondi, e ele entrou rapidamente.

- O que está havendo com você? Eu queria que você nunca tivesse sido sequestrado... Aí você não estaria assim, você continuaria sendo....

- Aquele idiota, que apanhava, não machucava ninguém e não sabia se defender?- eu fechei os olhos, pegando a xícara de café que Touka trazia, em uma bandeja.- Sinto que foi a melhor escolha que fiz aceitar meu lado Ghoul sem aceitar a Rize.

- Se você tivesse a aceitado você...

- Seria um pouco pior do que sou, ou ia ser dominada pela Rize. Só isso.

- Só?! Baka!- ela atirou a bandeja com força na parede- A Rize teria encarnado em você! Eu iria te perder, e você ficaria só no consciente dela, implorando para que a mesma te aceitasse para que você voltasse ao seu corpo! E você diz só isso!

- Um pouco de mim ainda acredita que é melhor me machucar que machucar aos outros.

- Você iria machucar mais pessoas do que imagina!- ela pegou a bandeja e a atirou em mim, fazendo com que eu derrubasse a xícara com café no chão, quebrando-a.

- Talvez. Mas só acredito que 2 pessoas realmente se importam comigo. Talvez, você, e também... Bom, a Rize.

- O QUÊ?!- vendo que a xícara não havia realmente quebrado, nem derrubado nada, pois caiu coincidentemente de pé sobre o grosso tapete da minha sala, ela a pegou e jogou contra a parede com força, fazendo um buraco na mesma e sujando o chão de café.

- Touka-Chan.- eu fiz uma pausa e abri meus olhos- Sabe que vai ter que limpar tudo isso, certo?

- Kaneki-San...- Ela disse lembrando que sou um superior na Anteiku agora. Seus olhos brilhavam admirados, com uma admiração ruim, surpresa pela minha frieza- O senhor não tem sentimentos?

- Bom...- eu respirei fundo, fechando os olhos novamente- Eu já tive, mas não sou mais um humano.

Touka me olhou triste, como se estivesse vendo a pessoa que mais amava morrendo. Bom, eu já gostei de alguém que tentou me matar. Rize, como eu pûde gostar de você um dia?

Ela ficou paralisada me observando, depois recolheu os cacos e com o avental ia limpar o café do chão, mas eu a puxei pelos ombros.

- Largue isso aí.- eu disse com a expressão e voz sem emoção de sempre- Não se redima a isso, eu limparei mais tarde.

Olhei seu rosto, ela o virou contra meus olhos. Ela estava chorando, não queria que eu vesse. Não sei se o que senti foi pena, mas algo diferente tomou conta de mim quando a vi limpar o chão daquele jeito, e agora isso ficou mais forte.

- Touka-Chan....

- O que foi?!- ela disse grossa, se levantando.

- Me diga... Você é uma Ghoul que sente tudo como uma humana....

- Menos o sabor das coisas.

- Me conte... O que é sentimento?

Ela não respondeu, parou na frente da porta de costas para mim, depois sem dizer nada saiu e fechou a porta. Ouvi seus passos descendo as escadas e senti vontade de segui-la.... Touka, eu queria sentir remorso para poder te dizer sinceramente: Desculpe.


Notas Finais


Curtiram?

Que bom <3

Té maix

(Erros propositais)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...