História O que eu mais desejo - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Fantasia, Magia, Mistério, Romance, Segredo, Universo Alternativo
Visualizações 20
Palavras 3.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desejo uma boa leitura a todos ^-^

Capítulo 18 - Melodia


Fanfic / Fanfiction O que eu mais desejo - Capítulo 18 - Melodia

Dimensão 13 , 01 da manhã - QG 
  Liam ainda esta perambulando pelo QG em outras palavras apenas se acalmando desde que tomou a poção a poucas hora atrás , um dos efeitos as vezes causa ansiedade . 
 Ele escuta uma voz cantando , o que deixou ele curioso que começa a seguir o som que da na porta de Rubi , o mesmo encara a porta cor de rosa talvez ele deve-se bater mas melhor não . 
 Porém ele faz o contrario e bate na porta dela , fazendo Rubi olhar em direção da porta e andar até lá , antes de abrir passou a mão nos olhos para não parecer que estava chorando . 
 Quando a mesma abre vê Liam , ele meche muito os dedos no momento . 
- Esta tudo bem ? - pergunta ele . 
- Sim - fala ela calma - E com você ? 
- To bem - o mesmo balança a cabeça concordando - Você quer andar um pouco lá fora ? 
- Agora ? 
- Sim , é que estou um pouco agitado e queria conversar - fala ele sorrindo . 
  Rubi concorda balançando a cabeça e sai junto com Liam para andar , os dois vão para o lado de fora .  A lua no céu ilumina a noite , Rubi olha para cima admirando a noite . 
- Não é lindo ? todas essas estrelas a lua - fala ela . 
- É extremamente belo , é a única coisa que não perde a graça com o passar dos anos - responde Liam . 
- Então , o que quer conversar ? - pergunta Rubi . 
 Os dois se sentam em um banco perto da área de treinamento . 
- Qual quer coisa , que tal me contar como era sua vida antes ? - fala ele . 
- Tudo bem , como te disse da aquela vez eu sou filha de arqueólogos , meus pais são loucos por coisas antigas e descobrimento , pelo trabalho deles tive que ir morar com minha avó , ela me criou morei no interior por quase toda minha vida , mas sempre nas ferias de inverno e verão eu ia para Londres , adoro aquela cidade - fala ela fazendo uma breve pausa - Antes de vim para cá eu passe na minha faculdade dos sonhos , em um mês na minha dimensão eu estaria de mudanças definitivas para Paris .
 Liam parece prestar atenção nela . 
- Sabe a vida aqui é muito diferente de lá eu nunca imaginei conhecer um príncipe ou viver tão próxima a soldados e muito menos ter um guardião - ela diz sorrindo . 
- Talvez tenha um motivo para estar aqui - fala ele . 
- Você não sabe mas eu cheguei aqui no dia do meu aniversário , eu estava na minha festa e de repente eu estava em Quena - Rubi fala lembrando dos acontecimento - Me conta sobre você . 
- Bom eu venho de uma cidadezinha na divisa de Allea e Quena , morei lá um tempo mas depois eu fui embora , e entrei em uma viagem sozinho por alguns anos , e também fiz coisas ruins , e boas , participei de uma guerra , e depois cresci no exército , mas fiquei fora durante um tempo , e voltei - ele suspira - Também tive que aprender a me controlar . 
- Controlar o que ? - pergunta ela . 
- Um dia te conto - fala ele . 
- Você não é nem um mostro para se controlar Liam - diz Rubi , Liam levantou o olhar para ela e morde seu próprio lábio inferior e logo sorri. 
- Sabe você é muito inocente - diz ele - Mas gosto disto em você - ele se coloca de pé . 
  Rubi observa o mesmo . 
- Vem vamos entrar , obrigado por aceitar meu pedido - fala ele . 
- O.k , de nada eu também não tava com tanto sono e acho que me fez bem falar um pouco com você - Rubi se levanta e eles começam a seguir para dentro . 
  Não demorou para que ela estive em seus aposentos novamente . No dia seguinte, Rubi foi treinar com Liam que estipulou prazos para cumprir determinadas tarefas .
  A semana se passou voando cheia de treinamento e preparo Liam começou a tentar ensinar magias novas para ela , quando chegou sábado Magno e o pessoal estaria de volta , e Rubi já esta com muita saudade deles e decidiu esperar os mesmo na frente do QG , em quanto lê um livro seu arco e algumas flechas estão ao lado dela . 
 Durante o tempo lá na frente chega dois soldados de uniforme cinza , um de cabelos verdes claro e olhos azuis , menor que o rapaz ao seu lado que tem os cabelos loiros platinados , e olhos escuros . 
- Sentinela nos mostre onde é a sala da comandante - fala o baixinho . 
 Rubi encara os dois até ficar de pé . 
- O.k vamos ser breves - fala ela andando em direção a porta , os três adentram o QG . 
 A mesma deixa eles na frente da porta que batem , Cecília vem abrir e olha para eles . 
- Sírios , Rafael a quanto tempo - diz ela olhando os dois . 
  Ambos fazem uma reverência . 
- Já vou - fala Rubi se afastando . 
- Obrigada por traze-los Rubi - fala Cecília sorrindo - Senhores entrem . 
 Os dois entram na sala dela em quanto Rubi se afasta voltando para frente do QG , assim que foi lá Ivan , Magno , Melinda , Neilan estão chegando . Rubi esboça um sorriso ao vê-los , Melinda vem em direção dela . 
- Estava nos esperando ? - pergunta ela . 
- Sim , fiquei com saudades e ai como foi a missão ? - pergunta Rubi . 
 Neilan se aproxima . 
- Bem sucedida - responde ele . 
 Magno olha para ela . 
- E ai baixinha o que ficou fazendo todo esse tempo ? - fala Magno . 
- Treinando e resolvendo alguns problemas , vocês devem entrar a viagem provavelmente foi longa - ela guia eles para dentro . 
  Todos lá dentro começam a se acomodar , após um tempo Neilan subiu no terraço junto com Rubi o mesmo que de costa para grande em quanto ela esta escorada na parede . 
- Sabe nesta missão junto com o pessoal eu lembrei de uma música de quando eu era pequeno - diz ele olhando o céu . 
- E como é a música , poderia cantar ? - pergunta Rubi animada , ao ouvir a voz dele novamente . 
- Tudo bem se quer ouvir - fala ele . 
 Neilan começa cantar a música , e é quando Rubi percebe que é a mesma melodia que ela estava cantando a noite , a mesma não conseguiu evitar em cantar junto com ele . 
 Embora os dois estejam cantando em auto e bom som , a única voz que os soldados lá de baixo conseguiram ouvir é a de Rubi que os deixa maravilhado , mas por outro lado ela consegue ouvir muito bem a voz do alado a sua frente . 
 James esta no jardim lendo quando escuta alguém cantando a voz é muito doce e delicada como se a pessoa que possuísse a voz fosse não real , ele parou a leitura apenas para ouvir , a voz se calou em perfeita amônia . 
 Neilan sorri para Rubi . 
- Você conhecia a música - fala ele . 
- Sim , minha avó cantava para mim quando era criança - responde ela gentilmente . 
- É uma canção famosa , mas hoje em dia bem esquecida - diz Neilan . 
- Serio ? ela é tão linda deveriam canta-la mais - fala Rubi . 
 Ele balança a cabeça concordando , Neilan naquele momento parecia muito calmo e feliz para o mesmo saber que alguém o escuta é quase como se ganhasse na loteria . 
 Como sempre as tarde em Quena ventavam bastante sempre deixando o clima fresco , Rubi olhou para céu que esta ficando escuro e suspirou . 
- As vezes acho o céu da aqui muito diferente do que eu costumava ver em casa - a mesma fala sem perceber que disse alto . 
 Neilan encara ela . 
- Como assim ? o céu sempre é assim - diz ele . 
- Não Neilan aqui é diferente como todos vocês - fala ela olhando ele . 
 Com o olhar repousado em Rubi o mesmo tentou refletir sobre o que ela quis dizer afinal por todas as partes do mundo a diversos seres diferentes então por que ela disse "aqui é diferente" . 
- Pode parecer estranho o que vou te perguntar agora mas de que parte de Allea você veio ? qual seu sobrenome ? - pergunta ele com os olhos semicerrados . 
- Parte ? - repete ela - Vamos apenas dizer que eu estive longe , e meu sobrenome é Nutini , Rubi Arantes Nutini é meu nome completo mas não uso o nome do meio - responde ela calma . 
- Seus sobrenomes não são nada familiares - diz ele . 
- Acontece - afirma ela sorrindo - E como é seus nome inteiro ? 
- Neilan Fancy Winter - fala ele . 
- Você esta aqui a muito tempo ? - pergunta . 
- Creio que esse ano vai dar cinco anos aqui , eu entrei eu tinha só dezesseis - ele faz uma pausa - Uma fase difícil - diz ele olhando o céu . 
- Então você tem vinte e um anos é três anos mais velho que eu - fala Rubi de modo pensativo . 
 Quando de repente a porta do terraço é aberta é Liam o mesmo veste roupas de treinamento . 
- A era você cantando - diz ele olhando Rubi que olha Neilan e esboça um sorriso fraco . 
- Sim , aposto que o pessoal ficou bravo nê ? - pergunta . 
- Não , fique tranquila ninguém vai implicar com você por estar cantando , mas não era sobre isso que eu vim conversar - o mesmo se aproxima mais deles -  Vamos para uma nova missão , Neilan se quiser ir com a gente , mas acho que vai querer ficar afinal já fez três missões seguidas . 
- Qual é a missão ? - pergunta Neilan . 
- Vamos para sudoeste do reino é para um reunião de negócios mais importante de Quena vamos junto com o príncipe e o rei junto com a guarda Aurora iremos apenas quatro Sentinelas - fala Liam explicando . 
- Então são você , a Rubi e ? - pergunta .
- O Ivan e você se quiser mas se não tudo bem eu chamo outra pessoa - diz ele . 
- Hum... acho que vou e ai fico duas missão aqui e ai só depois vou novamente . 
- Certo sairemos amanhã a tarde , e é melhor os dois dormirem cedo amanhã a guarda Aurora vai tentar fazer a gente engolir um protocolo inteiro - fala ele saindo . 
 Rubi observa Liam saindo , e depois volta o olhar para Neilan que esta estralando os dedos . 
- Vai ser uma missão complicada - diz ele se aproximando dela . 
- Por quê ? 
- Pelo simples motivo que vamos conhecer uma das famílias mais esnobes , rudes , e tapado , e altamente ricos que Quena já viu , vamos descer quero te mostrar algumas imagem para você não arrastar nem um duque ou major pelo braço achando que são crianças perdidas - diz ele sorrindo . 
 Rubi começa a seguir ele . 
- Isso aconteceu só uma vez - protesta ela . 
 Liam já esta lá em baixo na área de treinamento ele esta no meio na arena com os olhos vendados em quando alguns soldados se aproximam dele , a posição perfeita para desviar dos golpes , e imobilizar eles sem dificuldade . 
 O loiro taca um punhal na direção de Liam que desvia apenas fazendo um movimentou com a cabeça fazendo a arma passar perto do seu rosto , o punhal acerta a parede do fundo . 
 O mesmo tira a venda para ver quem tacou até ver Simão sorrindo . 
- Estava tentando me matar ? - pergunta o guardião olhando ele . 
- Mesmo se eu quisesse não conseguiria - responde Simão se aproximando . 
 Os outros soldados apenas observam os dois , Liam olha para eles . 
- Já podem ir é Max coloca gelo no braço - fala o Sentinela . 
 Os meninos se retiram de lá deixando apenas os dois , Simão ligeiramente acompanha eles saírem da sala , ele esperou até que fechem a porta para começar a falar . 
- E ai onde esta a protegida ? - pergunta ele . 
- Com o Neilan , por quê ? 
- É que bom você vai leva-la na missão ? - pergunta ele um pouco receoso . 
- Sim , não posso deixa-la aqui sozinha faz parte do papel de guardião acompanhar quem protege mas no caso é mais ela que vai onde eu vou do que ao contrário - fala Liam sorrindo . 
- Claro , claro mas assim ela vai saber como agir nesta missão ? 
- Eu creio que sim , se ela já foi ver um rei porque não ir em um reunião de negócio que ela só tem que fingir ser uma estatua ao meu lado - diz Liam - Simão por acaso esta acontecendo algo entre vocês porque não é tão normal você me entupir de perguntas sobre alguém . 
 Simão balança a cabeça negando . 
- Nada de mais eu estou apenas ... - ele faz uma pausa procurando as palavras certas - Preocupado com a missão . 
- Sei - diz Liam arqueando uma das sobrancelhas . 
- É serio - afirma ele . 
- Se diz - fala Liam em um tom neutro . 
 O mesmo se aproxima do fundo e tira a adaga da parece e volta a se aproximar do loiro que o encara , em quanto estica a arma para ele que a pega . 
- Bom eu já vou , você vem ? - pergunta Liam para Simão que balança a cabeça concordando . 
 Ambos saem da sala em direção aos dormitório . 
 Rubi esta sentada na mesa junto com Neilan em quanto ele indica quem são cada pessoa do livro que ela folhe-a , Ivan se aproxima os dois levanto o olhar para ele. 
- Posso me sentar ? - pergunta ele olhando a cadeira vaga . 
- Claro - responde Rubi sorrindo . 
- Então preparados para a missão ? - pergunta ele olhando os dois . 
- Bom sim nê ? - pergunta Neilan olhando Rubi que balança a cabeça . 
- Não estão nervosos ? - pergunta ele surpreso . 
- Clama Ivan , é só mais uma missão - fala Neilan de modo calmo . 
- É mais uma missão classe S ! 
- Vamos estar juntos não se preocupe - diz Rubi de modo confortante . 
 Ela consegue tirar um pequeno sorriso dele . Magno se aproxima deles . 
- Baixinha , recruta e loiro , viram o Liam ? - pergunta Magno . 
- Não da última vez que vi ele , o mesmo foi no terraço mas como ele esta com roupa de treinamento devia estar treinando - Rubi olha o relógio e depois volta a olhar Magno - Mas pelas horas ele já deve ter ido para o dormitório . 
- Valeu baixinha , nê que ficou observadora - diz ele sorrindo se afastando . 
 Magno se afasta da mesa onde eles estão , os três passaram um bom tempo conversando até a hora do jantar , após o banho Rubi pode voltar ao quarto e não demorou para adormecer . 
 No dia seguinte quando ela acordou por volta das 7 horas da manhã , a mesma se arruma e desce para refeitório para comer algo assim que ela chegou lá Cecília esta tomando café da manhã em quanto lê um livro , Rubi pega uma maça e suco e se aproxima da almirante que levanta o olhar para ela . 
- Sente-se - fala ela gentilmente . 
 Rubi se senta na cadeira a frente de Cecília . 
- Preparada para nova missão ? - pergunta ela . 
- Acho que sim , Ivan parecia bem ansioso - fala Rubi olhando ela . 
- É normal ele sempre foi um rapaz muito esforçado - diz Cecília se lembrando de quando Ivan veio para o QG . 
- Cecília - fala Rubi - Você teve algum progresso sobre minha situação - diz ela sussurrando .
 A mesma balança a cabeça negando . 
- Desculpe eu andei estudando muito sobre isso mas teremos que encontrar alguém com muito poder magico para te mandar de volta - fala ela - Mas eu vou dar um jeito nisto . 
- O.k espero ser logo - diz Rubi sorrindo . 
 Alguma horas mais tarde Liam , Neilan , Ivan e Rubi estão junto com a guarda Aurora recebendo todas as intrusões , após isso todos vão para a entrada do castelo . 
 O portal esta sendo preparado , James juntamente de Afonso o mesmo olha para os soldados todos estão em posição perfeita e fazem reverência para ele em quanto passa até chegar nos vises capitães Simão e Liam . 
 Em quanto James passa por eles o mesmo nota que Rubi que ergue o olhar para ele que também olha para ela mas logo volta prestar atenção no caminho e chega até seu tio . 
 Os soldados voltam a posição mais à-vontade , os primeiros a passarem pelo portal são Liam e Simão , logo em seguida alguns soldados e depois o rei e o príncipe . Rubi foi com o último grupo . 
 Assim que atravessou o portal deu de cara com a entrada de uma cidade enorme e linda o que deixa a mesma encantada , Ivan esta ao lado dela , Liam indica para eles pegarem os cavalos , em quanto isso as altezas entram em um tipo de carruagem . 
 Durante o percurso Rubi ficou perto do pessoal da sua guarda e a mesma percebeu que a guarda Aurora o pessoal é mais calmo e são bem quietos na verdade ninguém conversou tirando Liam e Simão que uma vez ou outra dizem sobre o caminho guiando todos ...


Notas Finais


E ai pessoal curtiram ? me falem o que estão achando é importante , e nos vemos no próximo capítulo kisses a todos !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...