História O que fazer?(Yoonmin) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Lu Han
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Bts, J-hope Namjin, Jin, Jungkook, Mpreg, Namjin, Rap Monster, Romance, Suga (yoongi), Vkook, Yaoi, Yoonmin Jimin
Visualizações 603
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii.
Atualizei no dia combinado.
Depois eu falo mais, o SS me deixou muito puta hoje, enfim.
Espero que gostem desse cap e desculpa qualquer erro.
Vou colocar a capa depois.
Aceito comentários.
É isso.
Beijos.
Olhem minha fic Taekook

Capítulo 10 - Confused and brother


Min Yoongi (On)

(16 de setembro de 2010)

( Quarta-feira, 6:34 da manhã de um dia nublado)

Acordo as 6 e 34 da manhã, muito cedo para minha primeira aula na faculdade, mas tenho que conversar com o adolescente (Jimin) para nos reunirmos logo para da fim ao projeto. Eu fui conversar com alguns colegas meus e descobri que todos já estão concluindo os seus, e eu nem comecei. Eu sei que a "responsabilidade" não é minha, mas nunca gostei de colocar as coisas na costa de ninguém, eu sempre acabava fazendo os trabalhos sozinho por achar que os outros fariam "merda" ou algo do tipo, e nunca mudei meu pensamento, até porque agora eu estaria o fazendo com um adolescente e sei que ele podem ser bem irresponsáveis quando querem.

Levanto e me dirijo ao meu banheiro, tomo um banho relaxante. Me troco após sair do banheiro, vestindo uma calça preta, uma camiseta branca, uma jaqueta de couro preta, coturno também preto. Vou em direção à sala e pego minhas chaves em cima da mesinha e minha bolsa em cima do sofá. Tranco meu apartamento e desço pelas escadas mesmo, só estou no 5°. Chego na entrada e sou bom dia para a senhora que estava limpando a entrada. Decido ir tomar meu café-da-manhã em uma lanchonete aqui perto. Chego na mesma e decido comer pão de queijo com café preto, não demora muito e me atendem, depois trazem tudo e eu me apressou em comer. Olho meu relógio de pulso e vejo que já são 7:23, pago a conta e saio do local, fico olhando para a rua até ver um táxi, o meu carro está na oficina. 

Vejo um e faço sinal, entro e falo o nome da minha faculdade.

Chego na mesma e pago o motorista, saio do carro e começo a andar até o portão, vejo o Tae-Hyung e Jungkook conversando animados no pátio, paro os mesmo e pergunto sobre o amigo.

-Ele vai chegar atrasado, ele só está chegando atrasado agora- diz o menor de cabelos escuros.

-Obrigado, falem para ele que quero falar com ele, ok- pergunto e eles confirmam.

Começo a andar e descido ir para a sala de música, segundo meus cálculos a minha primeira aula só começa daqui a meia hora. Vejo que não tem ninguém na mesma e me dirijo até o instrumento que toma boa parte de um canto da sala para si, sento no banquinho do mesmo e começo a fazer uma escala qualquer, a como eu amo o som do piano, é tão puro. Começo a tocar uma música que eu particularmente gosto, me lembra de minha infância.

Começo a lembrar de como eu era ao 8 anos de idade.

- tia, a Omma e o Appa vão vir me ver hoje?- pergunto para minha cuidadora/babá.

-Não querido, eles ficaram presos em uma reunião e só vão vim semana que vem- diz ela com aquele olhar de pena direcionada a mim.

-Mas amanhã é o meu aniversário, eles disseram que não iam perder esse- digo já começando a chorar. Era sempre isso, meus pais eram focados muito no trabalho e acabavam esquecendo que eles tinham um filho que precisava de amor.

-Shii, não chora meu querido, a Noona vai ficar aqui com você amanhã, que tal?- diz a mulher me puxando para um abraço apertado, eu sempre amei aquele abraço- Podemos ir ao parque, depois fazemos uma visita aqueles seus amiguinhos, ok?

- Mas eu também quero os meus pais.. Noona.. eles.. esqueceram de..mim-m ?- pergunto já soluçando e com o rosto cheio de lágrimas.

-Não meu amor, seus pais lhe amam muito, só que eles estão um pouquinho ocupados Agora- diz a mulher agora me olhando nos olhos-não fique triste meu amor, a Noona não gosta de vê-lo tristinho- diz ela enxugando milhas lágrimas.

Termino a música e percebo um lado do meu rosto meio molhado, percebo que deixei uma única lágrima escorrer pelo meu rosto.

Não quero que meu irmãozinho seje igual eu fui, eu quero o encher de amor, não gosto dele ser cuidado por empregadas, eu queria que ele morasse comigo, mas sei que daria na mesma, já que estou ocupado demais com meu TCC.

Tiro minhas mãos do piano e pego minha bolsa, que eu havia colocado ao lado do banquinho.

Olha meu relógio e vejo que já se passara tempo demais, me levanto e coloco minha bolsa no ombro e começo a caminhar até a minha sala, no outro lado da instituição.

Chego em minha sala e começo a fazer algumas coisas básicas de pessoas que fazer TCC.

Não consegui falar com o Park naquele dia, ele saiu durante o intervalo.

(Continuação do ep passado)

( 17 de Setembro de 2010)

(Quinta-feira, intervalo. Hoje era um ia ensolarado.)

Não me dei ao trabalho de acordar cedo para falar com o Park hoje, decide o chamar durante o intervalo.

Saio da minha sala e começo a andar até o refeitório, não vejo nem um dos garotos(amigos do Park) e decido ir até o seu corredor, o Kim havia me falado era a sala dos mais novos. Começo a andar até o corredor e logo eu escuto uma conversa, bem, bem alta, logo vejo que eram os garotos, e quem estava gritando era o baixinho. Chego interrompendo a conversa mesmo, sou desses.

-Com licença-falo e eles param e olham lara mim, o baixinho para de sorrir e ficou me olhando- Park, será que que podemos conversar- pergunto o olhando.

-C-claro- ele responde e olha os amigos que agoram pareciam estar com olhos maliciosos para si.

-Ok, com licença- digo e começo a andar até uma sala próxima, entro e vejo que não tem ninguém. Me sento em uma cadeira qualquer e logo vejo o menor entrar na sala e parar em minha frente.

- O-oque você queria- pergunta ele gaguejando, é fofo até.

- seu número- digo simplista.

-Hã?- o garoto parece não está acreditando no que estou dizendo- para quê?

- temos que fazer o projeto, então quero seu número, já que você não me ligou.

O garoto estava com os olhos fixados em algum ponto em meu rosto.

-Você quer que eu tire uma foto e te mande? Assim você pode ficar olhando o quanto quiser- digo debochado.

-Eu adoraria- diz o garoto meio lerdo, mas logo cora percebendo o que havia falado- err.. Eu adoraria te dar meu número para podermos acabar logo esse trabalho.- diz.

- Ok, tome- digo tirando meu telefone do bolso e dando para o menor, ele logo entende e anota seu número.-Ok, tem como nos encontrarmos sábado? No meu apartamento.

-Sim, eu só tenho que falar com Jackson.- diz

-Seu namorado- pergunto me sentindo por algum motivo traído.

-Err..N-não, ele está fazendo o trabalho junto com nós- diz ele olhando para seus pés, ele estava bem envergonhado, ele me parece tão cute.

-Ok, fale com ele e depois nos falamos- digo me levantando, e pronto para sair. Só que o baixinho me puxa.

-o-obrigado- diz ele e arqueio as sobrancelhas- por me ajudar com isso- diz ele esclarecendo.

-Isso também vai valer no meu currículo- digo e saio.

Min Yoongi (Off)

Park Ji-min (On)

O quão estupida e lerda uma pessoa pode ser? Porque eu bate o Record com certeza- penso e saio da sala e logo vejo meus amigos no corredor.

Tae-Hyung estava imprensando Kookie no armário, o menor tentava sair do aperto e logo o maior sela seus lábios com o outro, num instante o Kookie para de tentar sair e começar a retribuir o beijo.

Porra geral consegue pega seus crush's menos eu, que Merda em.

Park Ji-Min (Off)

V: Autora (On)

E assim Park ficou tristinho e o Min confuso com uma coisa.

As coisas são tão complicadas.

Você disse que me amava, mas me deixou na primeira oportunidade, espero que você não faça isso com ela , pois eu também a amo.

~^^V~


Notas Finais


Oiii, gostou? Comente.
Beijos e até o próximo.
Não vou falar muito pois estou com meus dados móveis.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...