História O que fizemos?! -Oneshot Incesto +18 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Dezoito, Drama, Flufly, Incesto, O Que Fizemos, O Que Fizemos Incesto, O Que Fizemos Oneshot, Oneshot, Oneshot Incesto, Originais, Originais Incesto, Sexo Incesto
Visualizações 366
Palavras 1.401
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Bom gente essa é a minha primeira fanfic ,então por favor pega leve comigo!
Eu espero realmente que gostem e desculpe pelos erros,tamanho da fanfic e o que mais de errado tiver.
Me digam o que acharam nos comentários!
(É claro se alguém lê isso...)
Ah e vocês vão intender melhor a história se ler primeiro a sinopse que explica mais oi menos o que tá acontecendo!

Capítulo 1 - Visitando a família...


Fanfic / Fanfiction O que fizemos?! -Oneshot Incesto +18 - Capítulo 1 - Visitando a família...

14/07

Tomei um banho e chequei se tudo estava certo ,roupa ,rosto enfim.. Já se passava das 23hrs, todos estavam dormindo, menos é claro eu e meu primo.

Ainda estava cedo (pra quem dorme tarde que nem eu 23hrs é cedo),ele estava assistindo séries no celular em sua cama ,e eu estando mais próximo possível, deitada em outra cama conversando com uma amiga.

Decidi conversar com ela pra poder passar o tempo ,enrolar pra depois eu ir ficar com ele. Eu tentei me distrair ao máximo ,mas eu só pensava em fica perto dele.

Deu 24hrs ,minha amiga foi dormi e eu deixei o celular. Fiquei um tempo parada, sem fazer nada ,depois decido invadir a cama dele. Me cobri com um lençol (achando que era um fantasma!), vou indo rastejando pelo chão sorrateiramente (retardada). Vou adentrando sua cama devagar ,torcendo pra não fazer barulho (a cama estava no chão ao lado da minha ,a dele na vertical e a minha na horizontal).Finalmente eu fico na cama dele como um ratinho escondido , vou me afastando pra ficar mais próximo.

Sinto seu pé e rapidamente me afasto .ELE NÃO PODE ME ACHAR (muito retardada)!! Vou chegando cada vez mais perto dele ,rastejando aos poucos .Meus pés ficam ao lado de sua cabeça ,e até esse ponto ele já me viu aish. Me aproximo mais ,se ele ficasse de frente pra mim seria o chamado 69...

Ele vira e do nada eu já estou deitada do lado dele frente a frente. Fiz uma mágica só pode...

Ele resmunga pra mim:

-Vai pra tua cama.

-Não... -Disse fingindo está quase dormindo.

Em poucos minutos ele se levanta e vai pra outra cama (tinham três camas), ele deita lá como se tivesse fugindo de mim!

Eu dou a volta na cama e antes que eu pudesse subir nela ele aponta a luz do celular na minha direção e me acha. Dou uma risada nervosa. Voltei a perseguição e pulo com tudo na cama. E pá! Ele não estava mais lá... Perdi ele dentro daquele quarto escuro, ah como pode isso?! Peguei o celular e apontei a luz pra cama dele, e lá estava ele todo enrolado e fofo! Foquei a luz mais nele e ele fez um beleza com as mãos.

Guardei o celular e surgi na cama dele.

-Tá com sono? -Pergunto ao seu lado.

-Uhum. -Murmurou ,ele só murmura quando tá com sono. Fofo!

Começo a falar sobre coisas que aconteceram no dia e sinto sua mão tampando minha boca. Eu nem tento tira-la dali. Mas bem que ele podia me calar com a sua boca né...

- Não vou te deixar dormi. Amanhã eu vou embora e...

-E daí? -Me interrompe SUPER DELICADO.

-B-bom é... Hann , eu queria a aproveitar o tempo que tenho com você ,e como sempre não te deixar dormi. -Falei meio envergonhada.

-Hum.

Começo a mexer no seu rosto, a cutuca-lo e depois passo a mexer por todo o seu corpo o deixando inquieto. Ele revira um pouco e fica de bruços. Deito em cima dele só pra brincar , claro que eu tinha também minhas segundas intenções... Ele me tira de cima dele e vira novamente pra mim ,eu começo a falar coisas aleatórias ele chega mais perto do meu rosto e tampa minha boca, de novo!

-Cala a boca. -Falou curto e frio.

VEM CALAR COM A SUA ,PORRA! O que eu pensava.

Não sei porque mas a cena suava tão sexy...Ele deixou a mão lá por estantes enquanto eu olhava pra ele sem fazer nada.

Subi várias e várias vezes em cima dele ,e claro sempre tomando cuidado pra não encostar na suas partes...Eu não podia fazer isso tão descaradamente. Às vezes prendia sua perna na minha e deixava lá por um tempo. Depois de cutuca-lo ,essas subidas e o que for que eu fiz pra não deixa-lo quieto ,ele segura meu braço fortemente e cola o seu rosto no meu sussurrando em um tom de arrepiar no meu ouvido.

-Me deixa dormi...Por favor.

Não obedeci. Então ele se virou pro outro lado da cama ,eu o segui. Eu já estava ,mas ainda queria “perturba-lo”. Me aconchego nele e ele coloca os braços em minha volta ,formando talvez aquela famosa conchinha. Dou algumas mordidas no braço dele e ele nem se incomoda, depois pego suas mãos e prendo nas minhas coxas ,ele tenta tira-las mas falha , nesse movimentos sua mão fica bem próxima de um certo lugar...

Continuo a subir nele e ele já nem queria me tirar de lá. Ele estava deitado virado pra cima e eu em cima ,mas precisamente da barriga dele. Estava tudo normal e tranquilo, até que ele faz uma ação inesperada...

Ele me puxa e faz minhas partes encostar na dele! Eu que já tinha minhas segundas intenções ,e digamos que já estava meio “úmida”. Eu realmente queria ele e por um impulso começo a rebolar nele. Vou me encaixando melhor nele, e assim que vejo que ele reage bem com isso eu continuo. Deito melhor em cima dele e fico sentido o cheiro no seu pescoço.

Ele coloca as duas mãos na minha bunda e aperta com força ,me incentivando a continuar os movimentos. Eu não estava acreditando no que estava acontecendo, SENPAI ME NOTOU!

Ele começa a fazer movimentos também ,vai indo de trás pra frente segurando minha cintura. Ele já estava me deixando louca! Enquanto fazemos isso fico encarando ele um pouco ,bem próximo de seu rosto sentido sua respiração em mim. Envolvo meus braços em seu pescoço e volto a sentir seu cheiro.

Sinto uma de suas largas mãos descendo por mim ,ele desce ela e enfia ela dentro do meu pijama inapropriado e depois dentro da minha calcinha. Um de seus dedos começa a fazer movimentos em mim (na verdade ele estava me preparando). Eu estava adorando aquilo, aquela sensação boa de que ele também me queria, e além disso estava me dando prazer. Ele girava , mexia e enfiava seus dedos em mim, e eu que adoro provocar fazia questão de gemer em seu ouvido. Ele fez isso várias vezes enquanto em me segurava no seu ombro , e ate esse ponto eu já rebolava em seu dedo. Que garoto mais pervertido! (E eu não sou nem um pouco hein...). O pervertido que eu gosto muito...

Ele acelera os movimentos ,subindo e descendo com força seu dedo mim, e com isso acelera e aumenta também os meus gemidos.

Ele para do nada e retira sua mão de lá ,eu fico sem intender ,mas logo volta a rebolar com mais vontade em seu membro. Em um ato rápido e surpreendente ele abaixa a samba canção dele, que era só o que cobria seu membro ,e logo com aquele tecido fininho... Começo a rebolar nele. Eu me levanto um pouco e ele desce meu short junto com minha calcinha com facilidade. Puxa minha cintura e encosta seu membro em mim começando a me encoxar. Como pode me provocar desse jeito?! Era muito grande e grosso ,e latejava por mim. Ahh como eu adoro isso!

Eu estava muito ofegante e falei em seu ouvido em meio a pequenos gemidos.

-N-não...podemos...ir tão... lo-longe ah. -Cada pausa um gemido.

Ele tenta me penetrar, porém ,eu não deixo. Apenas rebolo e me esfrego nele. Eu não podia fazer aquilo...Não ali , não agora. Ainda sem roupas de baixo ,continuo a apenas rebolar ,e ele passa a fazer o mesmo. Meus planos era ficar ali por um tempo e depois satisfaze– lo apenas o chupando.

Porém não foi o que aconteceu... Meio que ele tenta novamente entrar em mim, mas com a tentativa falha acho que ele fica frustrado e para com tudo.

-Não. -diz ele em tom baixo.

Sobe sua roupa e me tira de cima dele, me deixando ali , jogada na cama com o short abaixados ainda e perplexa com o que quase tinha acontecido. Eu não acredito que quase transamos!

Eu só estava brincando com ele ,e não tinha tantas expectativas... Que safado! Esse menino é muito pervertido ,e eu acho que acordei o monstro. Ele estava tão quietinho ,mal sabia eu que ele era assim...

Me vesti e fiquei parada ali.

Tentei dormi com o que aconteceu. Tentativa falha (trouxa). Eu só ficava pensando naquilo aish. Já era 04:30 quando finalmente dormi.

Ahh meu amor , O QUE FIZEMOS?!






~Baseados em fatos reais.


Notas Finais


Tudo isso realmente aconteceu comigo, então pensei em escrever uma fanfic.
Me desculpe se vocês estavam esperando mais coisas , porém eu só escrevi a verdade.
Isso foi dia 14/07 , mas como eu disse que passei dois dias lá ,no dia 13/07 também aconteceram coisas...
Se vocês gostaram dessa fanfic (acho um pouco dificil) ,eu posso escrever um bônus que aconteceu no dia anterior!
E quem sabe se eu me sair bem nesse negócio de fanfic eu posso escrever mais e do meu jeito!
Ao esqueça de falar o que achou da minha primeira fanfic hein?! Hihihi
Beijoos!!^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...