História O que não fazer quando se estiver bêbado - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Elizabeth Liones, Meliodas
Visualizações 34
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Visita


 Meliodas corria de um lado para o outro enquanto se arrumava para seu encontro, deixou sua casa preparada, caso sua ex o desse uma nova chance.

Mas sua alegria durou pouco, quando ouviu a campainha de sua porta tocar

 

Mas não pode ser possível! - murmurou Meliodas

 

Ele desceu as escadas furioso, e correu para atender o quanto antes.

 

Elizabeth? Quem te deixou subir? - perguntou o garoto surpreso

O porteiro, por que? - respondeu a garota sem reação após ver seu amigo irritado

Nada, entra!

Você tá arrumado. Vai em um encontro?

Vou

Não acredito, quem é a maluca

 

Meliodas coçou a cabeça enquanto pensava se contava ou não para sua amiga, sem coragem, ele tentou mudar de assunto

 

Já faz duas semanas que você não dá notícias, estava ficando preocupado – respondeu o garoto

Eu fiquei meio ocupada em relação ao cardápio do colégio, e também na palestra que eu dei sobre a importância dos alimentos – respondeu Elizabeth

Deve ter sido uma experiência bacana! - respondeu Meliodas

Não acho, já que eu vomitei nos alunos que estavam na primeira fileira

Minha nossa Ellie!

Pois é, nem sei se vou continuar trabalhando depois disso, tô apavorada! - falou Elizabeth se sentando no sofá de Meliodas

Foi por isso que você veio aqui? Você quer conversar?

Era isso, mas agora que você vai sair eu vou embora!

Não precisa, Liz pode esperar! - respondeu o loiro que quase foi aniquilado com os olhos de Elizabeth

Liz? Você disse Liz? - falou Elizabeth se levantando do sofá

Ellie, não é isso que você está pensando – respondeu Meliodas

Essa garota partiu seu coração, te chamou de alcoólatra, e eu tive que secar todas as suas lágrimas, pra que? Pra quando ela estalasse os dedos você voltasse igual um cachorrinho?

Na verdade, fui eu quem liguei pra ela

Você não tem amor próprio Meliodas – falou Elizabeth indo em direção a porta

O que você queria que eu fizesse?

Pensasse mais em você, seria uma ótima ideia

Eu penso, e é por isso que eu não sei se posso viver sem ela, acho que eu amo Ellie

Já chega, eu não sou obrigada a ver isso, ver você se destruir assim, por causa de uma garota

Elizabeth, por favor não vá! - falou Meliodas correndo para impedir sua amiga a passar pela porta

Eu não vou fazer parte disso Meliodas, e tem mais, você, você vo… - a cabeça de Elizabeth começou a ficar tonta, seu campo de visão começou a diminuir, tudo em sua volta começou a girar, até que suas pernas ficaram moles e ela caiu nos braços de seu amigo.

Elizabeth, Elizabeth – Meliodas começou a sacudir o corpo de sua amiga em uma tentativa que ela acordasse, mas como nada acontecia, ele a pegou de colo levou até seu carro e correu para o hospital

 

(…)

 

Elizabeth abriu os olhos, quando olhou para o lado estava deitada em uma maca, enquanto Meliodas brigava com o enfermeiro para ficar junto com Elizabeth

 

O que? O que aconteceu? - falou Elizabeth

Parece que a senhora teve uma queda de pressão, o médico já está vindo atendê-la – respondeu o enfermeiro

 

Entrou então um homem na sala, era o médico, ele conversou com o enfermeiro para que deixasse Meliodas entrar na sala junto com ele.

Meliodas correu para o lado de Elizabeth.

 

Elizabeth, você está bem? - perguntou o garoto

Sim – ela respondeu

Muito bem, senhorita Elizabeth, o seu amigo disse também que a senhora estava com ânsia de vômito mais cedo, estou certo? - perguntou o médico

Sim, está – respondeu a garota

Comeu algo na rua? Ou algo passado da validade? - perguntou o médico

Não

Alergia a algum tipo de alimento?

Não

Chance de gravidez?

 

Elizabeth arregalou os olhos para o médico, sua pele tinha ficado mais branca que o normal, ela olhou então para Meliodas, que também permanecia intacto do lado dela, com os olhos quase pulando para fora.

Sem saber o que fazer ou responder Elizabeth voltou a olhar para o médico, sua boca abria, mas nenhum som saia de sua voz.

O médico olhou pra os dois, e sorriu enquanto balançava a cabeça

 

Certo, senhorita Elizabeth, me acompanhe para o exame de sangue – falou o médico

 

Elizabeth se levantou da maca, chegando na porta ela olhou novamente para Meliodas, que continuava parado onde estava, sem expressar nenhum movimento

 

(…)

 

Nós deveríamos ter falado sobre aquela noite – falou Meliodas sentado ao lado de Elizabeth enquanto aguardavam os exames

Eu sei, mas não sei se quero falar sobre isso agora – respondeu Elizabeth

Em algum momento vamos ter que falar sobre isso – respondeu o garoto

Qual a probabilidade disso acontecer? Pode ter sido apenas algo que eu comi – falou a garota

 

O médico chamou Elizabeth e Meliodas novamente para sua sala, para entregar os resultados dos exames.

 

E então douto, o que deu aí? - perguntou Meliodas

Muito bem então, senhorita Elizabeth e senhor Meliodas, meus parabéns, vocês vão ser pais! - falou o médico fazendo com que Elizabeth desmaiasse novamente

 


Notas Finais


O que vcs tão achando que vai acontecer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...