História O que ninguém esperava - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Continua, Daniie-paum, Ktroxa
Visualizações 17
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opa voltei ksks desculpa mas eu tive que reescrever a fic ;-;
Ah sla
B
O
A
-
L
E
I
T
U
R
A ❤

Capítulo 1 - Então isso é...



S/N on
10:30
Acordo em meu quarto rosa,uns dos poucos cómodos que eu gosto nessa casa.É nesse quarto aonde eu posso me sentir livre de todos os problemas que essa casa tem.


Olho para a janela e me lembro que finalmente chegou o dia do meu aniversário.Normalmente meus aniversários são um simples parabéns do meu pai e da minha tia mas hoje seria um pouco diferente.Vou ganhar uma festinha,só vai estar o meu pai e a minha tia mas mesmo assim eu me sinto muito agradecida.


"Você não tem mais parentes?" Bom eu realmente não sei.Inúmeras vez já tentei perguntar sobre Isso ao meu pai mas ele simplesmente me contou a mesma velha história de sempre."Que história?"Nessa história a minha mãe cometeu suicídio quando eu tinha apenas 2 anos."Por quê?" Porque eu era uma desgraça,ela queria um menino perfeito que tinha gostos refinados e eu...Bem,eu era apenas um bebê,não tinha como ter gostos "refinados".Uma história que parece ter muitos coisas escondidas,uma história cheia de mistérios perturbadores. 

Estou muito ansiosa,apesar de tudo isso eu ainda tenho fé que alguma coisa pode vir à acontecer.Uma coisa boa ?Uma coisa ruim?Quem sabe?


"Como seu pai é?"Ele é bem misterioso,cheio dos mistérios.Ele tem dois quartos,um desses quartos é cheio de trancas."Por quê?" Não sei e pra ser sincera,nem quero saber,ainda não quero saber.Nossa relação é bem fechada,não conversamos muito e quase nunca vejo ele sorrindo com alguma coisa que eu falei pra ele mas mesmo assim eu amo ele.Ele não me abandonou e sempre cuidou de mim,do seu jeito mas sempre cuidou.


Minha tia?Minha tia é um anjo!Ela me trás novos brinquedos nos natais e todo mês ela vem aqui me contar sobre as suas viagens.Ela me ama mas eu sinto que ela sabe sobre a verdadeira história da minha mãe mas eu não ligo muito.Ela virou a minha nova mãe.


Me lembro que o meu pai me disse que ia me dar um presente,qualquer presente que eu quisesse.Eu queria muito ver aquele quarto cheio de trancas,então esse foi o meu "pedido".Pra quê uma boneca?Eu já tenho várias!Eu não quero bens matérias,eu quero saber o que ele esconde por trás daquela porta!Ele deu um sorrido sínico e assustador quando eu dei a minha resposta...Devo me preocupar?


~Quebra de tempo~


Já são 14:59 e eu acabei de me arrumar.Estou com um vestido roxo e um rabo de cavalo,uma sapatilha preta e uma meia-calça branca com alguns detalhes.
A festa começa 15:10 e acaba 15:40.Já estou pronta e estou aguardando à chegada da minha tia.A festa não ia poder durar muito,minha tia tinha compromissos e o meu pai fez questão que a festa não atrapalhasse a sua irmã.


Falando dela,ela acabou de chegar.A festa começa normal,percebo que a minha tia encara o meu pai com um olhar de nojo.Às 15:28 eles trouxeram um lindo bolo e começaram a cantar parabéns.A festa se acaba e eu me despeço da minha tia.Subo para o meu quarto e visto um short e uma camisa.

 

Me lembro que o meu pai me deve o meu presente.Bom,vou lá cobrar.Saio do meu quarto e vou em direção ao quarto dele.Bato na porta três vezes


*TOC TOC TOC*


Ele abre a porta e inicia um dialogo.


S/P-O que quer minha pequena-*Percebo uma leve falsidade quando ele falou "minha pequena"*-Quer alguma coisa?


S/N-Bom,queria saber se eu podia ter o meu presente agora?-*Olho para o chão,acho que estou com medo mas não sei do que*-Se quis-ser da-dar depo-pois sem problemas-*Estou muito nervosa então acabo gaguejando*


S/P-Ah sim,o seu presente...Quer ir ver agora?-*Ele se abaixa e coloca a sua mão em minha cabeça,dá o sorrido mais podre de falso e trompa a sua cabeça em seu ombro esquerdo*


Ele nunca foi assim...Ou foi?Isso está começando a me assustar muito.


S/N-U-uhum-*Dou sorriso falso mas acaba sendo despercebido pelo maior*


Ele levanta e pega um molho de chaves que estava em um armário,ele segura em minha mão e me leva até a frente da porta.Novamente se ajoelha e fala:


S/P-Vou destrancar a porta mas vc me promete que vai entrar com os olhos fechados?E só vai abrir quando eu mandar?


S/N-S-sim-*Isso vai dar muita merda mas eu vou tentar*


Ele abre todas as fechaduras daquele quarto e então olha para mim.Entendo o recado e então fecho os olhos.Sinto alguma coisa cobrir os meus olhos e me assusto.


S/P-Relaxa,só tô amarrando esse pano por precaução


Respiro fundo e começo a andar reto.


S/P-Pare ai!*Faço o que ele mandou*Você tem que tirar a roupa!*Tiro a minha camiseta e depois disso que a ficha caí*


Tento correr para fora daquele local mas foi em vão,estava com os olhos fechados,não consiga ver nada.Ele pega bem forte no meu braço e eu começo a chorar.


S/N-Não faz nenhum mal para mim...Por favor pai-*Eu chorava muito,meu desespero só aumentava,queria que alguém ouvisse ou meus gritos*


Ele me coloca em uma cadeira e me prende nela bem forte,logo depois que fez isso fala:


S/P-A gente nunca brincou antes,então vamos brincar dessa vez-*Ele dá uma alta risada*-Esse vai ser o seu presente de 7 anos meu bem,vou te dar uma dose de verdade 


S/N-PARAAAAAAAA,SOCORRO


S/P-Poupe os seus gritos,ninguém pode te escutar


Estou com os olhos vendados,não vejo nada mas sinto um cheiro forte,cheiro de alguém morto e que esta em decomposição.


Ele tira a minha venda e me permite ver o que era aquele cheiro.Fico chocada ao ver que aquilo era....

 

Continua....
 


Notas Finais


Ta ae ksksks me desculpe qualquer erro e thals ;-;
Eu fiz esse cap de madrugada então eu tava noiada de sono ksks se estiver muito ruim a culpa foi do sono
Espero que tenham gostado ❤💖
Ah e me desculpem pela demora hihi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...