História O que nós somos? - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance, Suga
Exibições 23
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaaaeeeoooowwww coroi, capítulo novo pq sou lesgal.
Espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 17 - Kai


Assim que entramos no quarto eu nem conseguia olhar para os três,  o clima ficou tão tenso que ficamos nos encarando em silêncio durante alguns minutos, o Suga estava mais pálido que o normal e a cara de assustado do Hobi e do Tae quase me fizeram rir algumas vezes, não era comum ver eles tão nervosos desse jeito.

- O que foi isso? - Hobi perguntou enquanto trancava a porta.

- Minha omma sendo ela mesma.-  Respondi depois de lavar o rosto no banheiro do quarto. 

- Eu não gostei dela também. - O Suga completou depois de deitar na cama.

Tá, eu admito que também provoquei um pouco ela, queria saber até que ponto ela conseguia manter a pose de melhor pessoa do mundo, e poder irritá-la também foi bem legal.

-Quanto tempo a gente vai ter que ficar aqui? - O Tae estava quase saindo do quarto pra ver se o Namjoon e o Jin estavam bem.

- Acho que vocês já podem sair...- Na verdade eu nem sabia direito o que estava acontecendo, parecia que o vôo  tinha sugado toda a minha energia então só queria descansar sem ser interrogada.

Levei o Tae e o Hobi pra fora mesmo conseguindo ver o medo nos seus olhinhos,  a omma nem era tão assustadora, ela só conseguia ser tão rude quanto o appa na maioria das vezes, por sua vez o Suga já parecia estar em um coma profundo na minha cama então acabei ficando com pena de acordá-lo, ele era tão fofo dormindo e acordado também.

Acabei esquecendo de perguntar o porquê deles pedirem para eu voltar pra casa repentinamente,  mas eu ainda teria o dia seguinte pra descobrir e dormir de conchinha com o Suga parecia bem melhor que ficar questionando o appa que provavelmente estaria ocupado de mais pra responder, ou a omma que acabaria me batendo de verdade se eu a contrariasse de novo.

Suga / ON

Acho que vocês já devem imaginar que eu acabei de me arrepender de querer conhecer os pais da Hyuna, eu realmente queria não ter desejado isso :').

Chegava até a ser um pouco surpreendente as diferenças entre ela seus pais, parecia até que eles eram desconhecidos, mas ainda faltava conhecer o meu cunhadinho de quem a unnie falava com tanto orgulho e carinho quando conversávamos sobre as pessoas de quem sentíamos saudades, vai que ele era como a unnie.

- Oppa?  Você já acordou?- Ela disse entre bocejos se acomodando na cama e me abraçando fortemente como se estivesse com medo de alguma coisa, isso acabou me lembrando um pouco do jeito dela no vôo.

- Bom dia ^-^- Respondi sorrindo e correspondendo seu abraço fazendo a sorrir levemente. 

- Eu tô com medo... - Ela escondeu seu rosto contra meu moletom. 

- De quê? - Finalmente eu vou conseguir saber o porquê dela estar tão nervosa ontem e hoje.

- De que o meu irmão tão lindo tenha virado um projeto de cuzão depois de passar tanto tempo com o appa e a omma...

Não conseguir segurar uma risada depois de saber que a preocupação da garota do meu lado era se seu irmãozinho estava ou não bem. 

- Você é assim mesmo tendo passado a maior parte da sua vida aqui, se ele aprendeu alguma coisa contigo então não tem porquê se preocupar. - Levantei seu rosto e fiz um sinal positivo pra ela que acabou corando na mesma hora.

Assim que voltamos a parecer com seres humanos alegres e dispostos a passar um dia incrível em família descemos para o café da manhã mesmo sendo o horário do almoço.  Jimin e o Kookie pareciam mais alegres do que nunca, pelo visto eles se divertiram bastante com a família do maknae.

Jin e Namjoon não desgrudavam um momento se quer, até acho que estão indo para o banheiro juntos mas não só pra fazer suas higienes. Os outros hyungs também pareciam concordar que Namjin estava cada vez mais real mesmo com os dois dizendo ser apenas uma grande amizade.

Já o Tae e o Hobi brincavam com o irmão da Hyuna que mostrava ser bem parecido com ela, ( graças à G Dragon) apesar de estar um pouco tímido até porque não era comum ele ver 7 estranhos passando o dia na sua casa.

Apesar de não gostar dos meus futuros sogros eu sentia que precisava me apresentar formalmente como namorado da Hyuna, eu estava quase fazendo isso mas a unnie acabou sendo mais rápida,  eu estava para ter um ataque cardíaco mas os pais delas agiram como se isso não tivesse a mínima importância para eles. Depois que ela os avisou sobre nosso relacionamento ela conseguiu perguntar o que eu e os hyungs gostaríamos  de saber.

- Por que vocês pediram para eu voltar para casa?- Ela disse em um tom alto enquanto segurava minha mão fortemente.

- É o Kai Sang, ou melhor, seu irmão, nos desculpe por não avisado antes.- Pela primeira vez eu vi o Sr. Sang comovido.

Ela desabou nos meus braços como se tivesse acabado de ser atingida por um golpe.

- Hyuna???!!!







          

Notas Finais


Obrigada por lerem, espero que tenham gostado <3
Sábado eu vou pra um sítio então provavelmente o outro capítulo so saí domingo v:
Comentários não são guaraná mas eu gostar :v
Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...