História O que o destino me trouxe - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Narusaku, Naruto, Romance, Sarada, Sasuhina
Exibições 165
Palavras 808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Josei, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Direção


Fanfic / Fanfiction O que o destino me trouxe - Capítulo 21 - Direção

Estava sendo mais um dia de aula comum para Sarada. Estavam tendo aula de artes e ela esqueceu de levar os lápis de cera, isso teria sido ruim se uma amiga não tivesse emprestado os lápis pra ela. Durante a pintura ela sem querer deixou cair um dos lápis da tal garota e como as crianças são sensíveis tudo foi motivo de briga… Em pouco tempo Sarada acabou batendo na garota para devolver o empurrão que a mesma tinha dado. A professora que só viu a outra menina apanhar mandou apenas Sakura a diretoria. A pequena Haruno agora estava parada na porta da direção com bastante medo pois o diretor com certeza a castigaria.

 Sasuke On

  Aqui estou eu na escola de pirralhos da minha família. As vezes eu venho aqui para resolver questões de dinheiro mas dessa vez meu tio me pediu para resolver o que acontecer na direção já que ele estaria em uma reunião com algumas pessoas importantes. Eu estava sentado olhando para o teto quando alguém bateu a porta, mandei entrar e uma garotinha de óculos passou com a cabeça meio abaixada.


Sasuke - Precisa de alguma coisa? - Perguntou curioso.

Sarada - A professora me mandou vir aqui para o diretor me suspender porque eu bati na minha amiga.

Sasuke -  Am!? Por que você fez isso - Perguntou com o cenho franzido.

Sarada - Onde está o diretor? - Perguntou sem entender o motivo para uma pessoa desconhecida estar ali.

Sasuke - Eu estou no lugar dele por hoje então é comigo que tem que falar. - Sorriu simpático e pediu que a garota se sentasse.

Sarada - Eu esqueci meus lápis e a minha amiga me emprestou os delas e sem querer eu quebrei. Pedi desculpas mas ela me empurrou então eu bati nela.

Sasuke - Entendi… Se ela te bateu primeiro porque só você está aqui? - Perguntou juntando as mãos e escorando no queixo.

Sarada - A professora não viu quando ela me bateu. Só viu quando eu bati nela então não acreditou em mim. - Contou triste.

Sasuke - Hm… Não precisa se preocupar com isso. - Falou simples.

Sarada - Se eu for suspensa a minha mãe vai se chatear comigo.

Sasuke - Tem sorte que sou eu que estou aqui. - Sorriu.

Sarada - Quer dizer que não vai contar para a minha mãe!? - Perguntou feliz.

Sasuke - Nem te suspender. - Respondeu simpático.

Sarada - Obrigada! - Sorriu. - Como é o seu nome?

Sasuke - Sasuke. Uchiha Sasuke e o seu?

Sarada - Obrigada Uchiha Sasuke-San. Eu me chamo Sarada, Haruno Sarada. - Sorriu e ele olhou-a estranho.

Sasuke - Haruno!? - Perguntou mas a garotinha se despediu e saiu pois o recreio havia tocado.



   Depois daquele dia veio o sábado. Os dias que Sarada gosta pois Sakura prometeu que iria passear com ela e o melhor, “Ela me deixou escolher as roupas”, pensava Sarada procurando o que as duas iriam vestir.

A dupla foram as compras e comeram sorvete em uma praça. A noite Sakura preparou muitas comidas deliciosas para a filha comer.

Sarada - Está muito gostoso! Eu amo quando você está em casa. - Dizia feliz.

Sakura - É ótimo não é? Eu também gosto de brincar com você. - Retribuiu sorrindo para a criança.


   Já no domingo Sarada levantou-se animada pois Sakura tinha prometido que iria brincar de boneca com ela e se lambuzaram de lama que faz bem ao corpo. A garota corria feliz pela casa porém logo ficou triste quando Sakura recebeu uma ligação dizendo que ela tinha que resolver algo sobre um de seus casos.

Sarada - Mas com quem eu vou ficar? Tio Neji saiu com a tia Tenten. - Dizia para Sakura.

Sakura -  Eu vou ligar para uma amiga. - Ligou mas a mesma estava também ocupada pois ia a uma festa.

   Em meio a tudo isso a Haruno só teve uma opção… Ligar para o Naruto. Ela ligou e ele logo estava lá.

Sarada - Estou com fome. - Disse.

Sakura - Espera… hm… Aqui. - Disse dando a primeira coisa que viu.

Sarada - Obrigada. Tchau.

Naruto - Tchau Sakura.

Sakura - Cuida bem dela heim! - Pediu.

Naruto - Claro! Vou cuidar como se fosse minha. - Sorriu simpático.


   No meio da comida que a Haruno entregou para a filha estava algo que ela não viu… Um componente que a garota é alérgica. Em pouco tempo a menininha vomitava e chorava de dor. Naruto com medo pegou ela nos braços e correu para o hospital mais próximo. Chegando lá levaram a garota para a ala pediátrica e Naruto ligou para Sakura.

Sakura - Naruto! ONDE ESTÁ ELA!? - Perguntou quase chorando.

Naruto - Sakura, ela está na emergência pediátrica. - Falou e a Haruno se desesperou.

Sakura - O QUÊ!?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...