História O que o Destino te reserva para o final? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Austin Mahone, Banda Fly (Fly Br), Becky G, Cameron Dallas, Demi Lovato, Douglas Booth, Frankie J. Grande, Jeremy Sumpter, Justin Bieber, Lily Collins, Logan Lerman, Nick Jonas, One Direction, Shawn Mendes, Taylor Lautner, Zayn Malik
Personagens Ariana Grande, Austin Mahone, Becky G, Caíque Gama, Cameron Dallas, Demi Lovato, Douglas Booth, Frankie J. Grande, Justin Bieber, Liam Payne, Lily Collins, Logan Lerman, Nathan Barone, Nick Jonas, Paulo Castagnoli, Shawn Mendes, Taylor Lautner, Zayn Malik
Tags Alex Constancio, Ariana Grande, Austin Mahone, Cameron Dallas, Dami Lovato, Decepção, Drama, Frankiejgrande, Jeremysumpter, Justin Bieber, Liam Paine, Lily Collins, Logan Lerman, Magoas, Mentiras, Nick Jonas, Novo Amor, Robert Villanueva, Romance, Shawn Mendes, Sofiarichie, Traição, Zachdorsey, Zayn Malik
Exibições 25
Palavras 538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Não sei se notaram mas eu mudei um pouco a história. Bom só os personagens e o título, pois o contexto é o mesmo. Achei que ficaria melhor assim. Espero que gostem.

Capítulo 4 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction O que o Destino te reserva para o final? - Capítulo 4 - Capítulo 3

 Acordei com o corpo todo dolorido.

Ah! Esses garotos me pagam!

Me levantei, toda duida, e fui fazer minhas higienes matinais. Logo indo tomar café. Felizmente meu pai já tinha ido trabalhar, assim como Frankie.

Como minha mãe estáde folga, me juntei a ela na mesa.

— Bom dia Mãe!- falo beijando sua bochecha.

— Bom dia.- percebo um desanimo.

— O que foi?- pergunto.

— Você podia parar de chegar em casa tão tarde.

— E pra que? Pra ficar ouvindo os sermões do papai, falando quanto desgosto tem de mim, falando que sou uma vergonha e que meus amigos são uns vagabundos? Não, obrigado. Essa eu passo.

— Ele não fala isso...

— Não na sua frente.

— Penssa por um lado. Seu pai só quer seu bem, e seus amigos não são boas influência.

— Eu escolho quem faz bem pra mim.

— Mas...

— EU NÃO SOU MAIS A PRINCESINHA DE VOCÊS!- grito sem querer.

Minha mãe se assusta.

— Bom...chegue mais sedo hoje. Eu e seu pai queremos conversar com você.

— Que saco!- sai da cozinha e fui para a sala.

Peguei meu skate e fui pra casa da Lily.

Assim que cheguei, toquei a campainha.

Momentos depois ela aparece.

— Ari!- diz ao abrir a porta e me abraça.

— Preciso ficar longe de casa.- falo e ela já entende.

— Entra.

Passo pela porta e ouço vozes auteradas.

— Quem ta aqui?

— Uns amigos do meu irmão. Vamos lá pro meu quarto, assim você me conta.

Passamos pelo corredor e subimos para seu quarto.

— Agora me conta.- pede se sentando, faço o mesmo.

— Meus pais querem conversar comigo, parece ser sério, pelo geito que minha mãe estava.

— Qual o motivo?

— Nem lembrei de perguntar. Mas aposto que é mais uma merda.

— Tem certeza?

— O que mais seriria vindo dele.

— Tenta relevar, todos os pais são assim. Mamãe me disse que eles querem nos proteger.

— Foi o que minha mãe falou. Mas eu não quero ser protegida. Você sabe o que eu penso.

— Sei. Se eu não for livre pra tomar minhas próprias decisões, nunca aprenderei o que é certo e o que é errado.

— Exatamente.

— Só tenta ver o lado dele dessa vez. Isso pode ajudar o lado dos dois.

— Vou tentar.

Alguém bate na porta.

— Entra!- Lily grita.

O irmão dela, Taylor, coloca a cabeça pra dentro do quarto.

— Oi.- diz.

— Oi.- falo.

— O que você quer?- Lily pergunta.

— A Ari ta me devendo uma corrida no vídeo game.

— Isso não é hora...

— Pode deixar Lily. Assim eu me distraiu.

Fui para a sala junto com Taylor e Lily. Lá se encontrava os amigos de Taylor.

— Galera essa é a Ariana, amiga da minha irmã.- me apresenta.- Ari esse é o Paulo,- um garoto bonito, com olhor cor de mel, cabelos claros e com varias tatuagens no braço.- Nathan,- Pele clara também, os olhos e os cabelos um pouco mais escuros do qie os de Paulo.- e esse é o Caique.- dos três, com certeza ele era o mais bunito. Loiro de farmácia tenho certeza, olhos claros, branquinho e com os olhos meio acinzentados.

— Oi.- falo sem geito. Pois Caique não para de me olhar.

— Oi!- os três falam juntos.

Caique se levanta do chão e vem em minha direção.

— Praser em te conhecer.- pega a minha mão e deposita um beijo casto.

— O prazer é meu.


Notas Finais


Sei que demorei um pouco. Mas é que eu estava focada na outra fanfic.
Mas esta ai. Diquem tranquilas que não irei abandonar essa aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...