História O que os olhos não veem meu coração sente - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lemon, Yaoi
Exibições 75
Palavras 597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu imagino o portão do orfanato como o da imagem so que escrito ''Olimpo'' encima

Boa leitura encontro vocês nos comentrios bjj !!!

Capítulo 14 - Noite


Fanfic / Fanfiction O que os olhos não veem meu coração sente - Capítulo 14 - Noite

 Pov 'S Trevor 
 

A noite veio sorrateira soprando seu hálito gélido sobre nós ,eu não quero sair de perto dele, algo naquela noite fúnebre  me dizia para que não me distanciasse dele .
- você tem que ir agora já estamos colocando os internos para dormir - uma das senhorinhas disse tocando meu braço com ternura .Olhei para fora e o vento soou para mim como uma risada maldosa . 
- não posso ficar ? - meus olhos suplicavam - Durmo quito com ele ,juro que num mesmo o toco ,posso ficar no cão ao lado da cama dele se quiserem ,só me  deixem com ele esta noite.
- você realmente não pode ficar , temos câmeras de vigilância na entrada , e bom , elas te viram entrar ...agora elas tem que te ver sair .- pareceu meio óbvio com ela explicando ,por mais estranho que parecesse Olimpo era uma obra privada sem fins lucrativos , tinha um dono ,que estabeleceu normas e regras para seus internos 
- então me deixem leva lo ? 
- só permitimos tais saídas aos domingos , por favor não se demore a sair - o tom rouco presente em sua voz a deixava ainda mais fofa a pesar da triste noticia 
- então só vou ate o quarto me despedir dele - ela assentiu com a cabeça e seus bondosos olhos cerrados . subi as escadas abri a porta e ele já havia deitado, me sento na beira da cama  toco seu ombro fazendo um carinho ele se remexe e vira o rosto para sima abrindo suas imensidões brancas me me prendiam e me faziam perder a lucides 
- esta muito claro apague a luz - me acho em 1 segundo apor seu dizer 
- oque disse? , está oque ? 
- muito claro - seu braço se sobrepunha sobre os olhos , entrei no quarto errado ? - eu consigo sentir claro e escuro Trevor sempre senti mas isso nunca me ajudou a ver as coisas então não fique tão assustado 
- ha, sim - apago as luzes e volto a ele - vim te dar boa noite - ele  estava sentado toco seu rosto com a ponta de meus dedos ,delineio seus lábios os selo aos meus a suavidade de nosso beijo se desfaz quando guinho minha mão livre para seu membro adormecido. 
- está ,hmm gelada 
- prometa que ninguém vai te tocar assim, prometa - minha voz desejosa e depravada ordenava ao pé do ouvido  
- pro-prometo ann- em seu pescoço deixo minha marca estampada para que todos podecem ver que ele tem um dono posesivo . Angelo continuava soltando seus pequenos gemidos 
- prometa que nunca vai desejar outro alguém 
- eu prometo - ele joga a cabeça para traz se libertando em minha mão que fica toda melada 
- eu te amo tanto que chega a doer sabia ? - sorrio um sorriso que ele não podia ver como eu mas suas mãos sentiam 
- eu também te a-amo assim então prometa também quem serei seu único ate o fim 
- esta mais que prometido , Boa noite 
- Boa noite - alguns selinhos fazem concreta nossa despedida  
- Ainda está aqui S.r Trevor ?  Já estão todos dormindo sabia ?
- entendi entendi estou indo estou indo ! - sair hoje por esse portão esta me separando da minha alma que a todo custo tenta entrar para permanecer com ele , me senti o próprio Hades sendo banido do Olimpo com suas trevas  devo so estar sismado vou para casa dormir 

Continua ....



























 


Notas Finais


não chorem amanha tem mais ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...