História O que outros olhos não vêem. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fantasia, Fantasma, Romance
Visualizações 3
Palavras 431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Por que destinos se cruzam em momentos inadequados? Como se houvesse sempre um motivo para você encontrar a pessoa certa no lugar errado e vice-versa.
Por que seus olhos encontraram os meus no momentos em que eu menos podia me apaixonar?
Carrego marcas em minha alma que ninguem irá entender.
Você se acha forte o suficiente para entrar nesse jogo onde ninguem vai sair ganhando?

Capítulo 1 - O crime


Fanfic / Fanfiction O que outros olhos não vêem. - Capítulo 1 - O crime

Havia tanto sangue no chã,que eu já não sabia se era do corpo ou do machucado que eu carregava no braço,fiquei apenas parada observando a vida partir daquele corpo,quando sirenes me trouxeram de volta.

Um homem vestido todo de preto apertou meu ombro e quando me virei me deparei com um rosto tão belo,olhos verdes e cabelos tão negros quanto as suas vestes,usava botas e um casaco ate os joelhos.

Me observava e quando me virei para partir ele disse.

-Ela está em paz agora,confie em mim.

Parei de respirar por um minuto e quando voltei o homem já não estava mais lá,mas eu ainda podia sentir o seu toque. Em um momento de susto sai correndo e deixando aquela pobre mulher morta para trás,e quando não conseguia mais ver ninguem eu comecei a caminhar,sentindo pequenas gotas tocarem o meu rosto e derrepente a tempestade começou.

Cheguei em casa toda molhada e com frio,um nó no estomago quando olhei meu braço que estava com um corte bem profundo,o sangue escorria e pingava no chão,levei meu olhar para as escadas e me deparei com um rosto conhecido.

Aquela pobre mulher me olhava,estava toda coberta de sangue era seu espirito;pois o frio que eu senti só era sentido com essas visitas.

Me aproximei e ela tentou dizer algo,mas a voz não saiu,mas pude ler seus lábios que formaram a palavra "Cuidado". e quando eu tentei falar ela simplesmente sumio.

Senti pena dela pois seus olhos mostravam o medo de ter acordado em outro lugar,e de não saber o motivo ou razão de ter parado lá.

Ou será que ela sabia?

Apos aquilo tomei um banho e fui para a cozinha preparar algo para comer e tambem para usar meu kit de primeiros socorros que eu guardava embaixo da pia,coloquei uma panela com água no fogo enquanto limpava meu braço. E quando terminei o telefone tocou me assustando,ao atender não soube quem era,só sabia que era um homem.

-Aló Charlotte Thompson falando,quem fala?

-Aqui é o investigador Jordan,estou ligando porque achei sua carteira caida em uma cena de crime que ocorreu hoje cedo.

Nesse momento senti um arrepio percorrer minha espinha,e quando eu me virei a morta em questão me encarava,mas não tentou falar dessa vez,e apos alguns segundos voltei minha atenção ao telefonema.

-Charlotte a senhora ainda está me ouvindo?

-Sim me desculpe e pode me chamar somente de Charlotte por favor,o senhor mencionou que acharam minha carteira em uma cena de crime ocorrido hoje cedo,certo?

Houve uma longa pausa até ele responder.

-Sim,desculpe pela demora é isso mesmo,encontramos sua carteira em uma cena de assassinato,e gostaria de saber se você poderia vir até a delegacia para esclarecer algumas coisas?






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...