História O que pode dar errado? - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Café É Maravilhoso, Capoeira Mata Um, Pqp, Quebra Da Quarta Parede, Zoeira
Visualizações 15
Palavras 1.119
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Festa, Harem, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


EI AMOR, C~E SABE QUE EU TÓ CONTIGO EM QUALQUER CÂO

Capítulo 16 - Oferta


Eu acordei com alguém beijando minha cabeça

Dake: ei baixinha peituda dos olhos claros, vamos levantar?

Ari: não, aqui tá quentinho

Falo abraçando seu tronco enquanto ele acaricia os meus cabelos

Ari: que horas são?

Dake: 3 da manhã

Gemi e deitei em seu peito

Dake:...baixinha

Ari: sim?

Dake: me perdoa

Ari: pelo o que?

Dake: por ter ido embora

Eu não respondi, eu realmente não gosto de lembrar do dia em que ele foi embora

Dake: você ainda tem raiva daquilo?

Concordei com a cabeça, o carinho dele tava muito, acho que fiquei muito carente

Dake: ei baixinha?

Ari: hum

Dake: você sabe que eu te amo né?

Não respondi, ele riu rouco, amo a risada dele, é algo gostoso de se ouvir

Dake: eu sei que tá difícil pra eu falar de amor, mas eu tó contigo independente do caô

Ari: então porque me deixou sozinha?

Dake: desculpa minha pequena, me perdoa

Eu não respondi nada, apenas abracei ele mais forte, ele pegou a minha mão e deu um beijo na mesma, isso me surpreende

Dake: cê sabe que eu tó contigo independente do câo, pra onde você for eu vou minha pequena

Ari: o que você quer? O que você quer do meu mundo? Cê sabe que eu sou toda errada e mesmo assim sempre volta pra mim, você sempre tá puxando briga comigo, mesmo assim passa a noite comigo, me explica direito o que você quer porra! (Tsuki: sim, eu estou colocando coisa de hora de aventura)

Dake: eu não sei o que eu quero

Ari: caralho, por que essa merda é tão fodida

Dake: a vida é fodida bebê

Ari: é...eu sei...

Dake: eu sinto falta

Ari: falta de que?

Dake: disso

Ele logo corta a distancia de nossos lábios e começa um beijo delicado e suave, ele pediu passagem para a língua e eu cedi, o beijo estava gostoso mas infelizmente tivemos que finaliza-lo pois estávamos sem ar

Ari: uau bebê, esqueceu o gosto dos meus lábios foi?

Dake: é impossível esquecer, é um... gosto... doce e...viciante, o que você fez comigo baixinha? Você me transformou em um drogado!

Ari: hahaha, calma garotinho bom, eu apenas fiz o mesmo que você fez comigo

Dake: então quer dizer que você sente o mesmo que eu?

Ele fala me dando aquele sorriso convencido e eu retribuo

Dake: eu fiz muito bem em te escolher

Ari: me escolher?

Dake: eu estou falando de quando a gente se conheceu, você realmente era uma criança estranha

Ari: você fala como se não fosse estranho também

Dake: hahahaha, me lembro do que você falou pra mim quando a gente se conheceu

Ari: hahahaha meu deus você ainda lembra disso?

Dake: como me esquecer? Você disse claramente um “carai que merda” hahahaha foi a primeira vez que eu vi uma criança falando palavrão

Ari: pra cê ver que eu nunca prestei

Dake: carai que merda é uma ótima palavra pra começar uma amizade

Ari: hdhejwskewmed

Dake: sabia que eu amo a sua risada?

Ari: boy, então tu é surdo! Porque a minha risada parece a de uma hiena

Dake me olha e começa a alisar seu polegar na minha bochecha, eu fecho os olhos sentindo o carinho

Dake: te amo minha linda

Eu realmente não sei o que responder, acho melhor ficar calada, ele me dá outro beijo e novamente eu retribuo, ficamos alí por bastante tempo até o meu celular tocar, fui ver e era o meu chefe

Ligação ON

Ari: alo?

Akira: Amiel? Você poderia vir aqui?

Ari: o certo é Ariel, o que você quer?

Akira: tem um cliente aqui, eu não sei o que ele está falando, parece ser Italiano ou francês eu chuto que é espanhol, não sei lidar com ele nem o que ele quer comer

Ari: *suspiro* chego ai em uns 2 minutos

Ligação Off

Tirei a blusa e a cueca de Dake (a que ela tava vestindo) estava só de lingerie enquanto via varias mensagens do meu chefe, sinto dois braços rodearem a minha cintura, Dake encostou sua cabeça nas minhas costas, eu comecei a alisar seu cabelo

Dake: quem era?

Ari: meu chefe

Dake: o que ele quer?

Ari: ajuda

Dake: e quem disse que eu vou deixar você ir

Ari: e quem disse que você manda em mim

Dake: não vai não

Ari: eu preciso ir, não fica assim, quando eu voltar eu e você vamos assistir algum filmem agua com açúcar que você tanto ama, e eu vou fazer aquele bolo

Falo aproximando o meu rosto do de Dake

Dake: mas você não vai sair assim

Ele me puxa para o seu colo e começa a chupar o meu pescoço, gemo um pouco baixo ao lado de seu ouvido, ele morde o meu pescoço e gemia e arfava, eu afasto ele que está com um sorriso bobo no rosto

Ari: eu realmente tenho que ir Dake

Dake: ok

Ele fala cabisbaixo, coloco algumas roupas bastante confortáveis e ando em direção dele, dou um pequeno selinho e aproveito pra pegar a chave do carro que está atrás dele, saio correndo, pego o carro e eu meio que...quase fui presa por estar dirigindo em alta velocidade mas eu disse ao guarda que a minha irmã está dando a luz e que eu tinha que ir correndo (sim, eu menti para as autoridades) assim que entro no restaurante eu vejo o chefe akira desesperado tentando conversar com um rapaz, ele é asiático mas não parece ser japonês, me aproximo deles com um sorriso super amigável

Ari: excuse me but, you speak English?

Rapaz: oh, yes

Ari: I work here, and I’m sorry to inform you, but our boss does not speak English (Tsuki: tio google tratudor realmente salva nessas horas) But do not worry, anything I can help

Rapaz: oh, thanks honey

Ari: so what would you like to have?

Rapaz: Pudim

Ari: oh, all right, just wait

Corro para a cozinha e prepare os pratos, todos estava me olhando estranho, eu passei a manhã fazendo vários pratos para o rapaz, o rapaz me disse que o nome dele é Fernando e que ele veio morar aqui no Japão com os seus filhos, quando ele ia saindo ele me chama atenção

Rapaz: you are the boss?

Ari: no, but it was I who prepared your dishes

Rapaz: I've been thinking, would not you like to work at my house? I was in need of a boss and I think you would be perfect, besides speaking fluent English, it makes a delicious cake.

Ari: I do not see the problem, that I hours I have to be there?

Rapaz: Ah, no dear, it's to live there for a while, you take the job?


Notas Finais


carai..que merda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...