História O que quer de mim - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Hinata Hyuuga, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Exibições 205
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aqui está mais um capítulo fresquinho para vocês!
Não demorei tanto para postar esse! Glória a deus irmãos?!
Não revisei o capítulo e se houver erros ortográficos irei corrigi-los futuramente junto com todos os outros!
Espero que gostem!

Capítulo 12 - Capítulo 12


[...] O que foi que aconteceu hoje entre você e Deidara no hall?!

Como ele sabia daquilo? Ninguém além de mim e Deidara sabia. Bom fora os funcionários, mas como Deidara disse, ninguém se meteria nos assuntos de alguém que pode demiti-los.

_ É... Bem...._ Eu não sabia o que falar.

_ Você sabe que eu não tenho muita paciência. Pare de enrolar e diga logo de uma vez.

_ Desculpa._ Abaixei a cabeça. _ Deidara me cercou na hora logo depois que eu pedi para pegarem o seu carro. Então ele me ameaçou e eu tentei fazer com que ficasse longe. Mais... Só que... Deixa. Foi apenas isso o que aconteceu._ Eu disse um pouco baixo, pois ele estava me olhando com sua cara intimidadora.

_ Mais o que Sakura?_ Eu não disse nada. Ele suspirou e pude notar que passou a mão e, seus cabelos. _ Se você não me disser tudo o que ele faz ou diz  você não conseguirei te ajudar._ Disse um pouco mais calmo.

_ Ele disse que logo você irá perde seu império e eu serei dele.

_ Sakura você tem certeza de que ele disse isso?

_ Sim... Ele disse: " Por enquanto ele governa, mas logo o Imperador irá cair e você será minha", eu não quis te contar porque não quero te passar mais preocupações, sem dizer que ele diz coisas apenas para me afetar, dizer que não tenho para onde fugir... Por isso eu prefiro não lhe conta nada. _ Fiquei com um pouco de ar por ter falado tão rápido. Mais então algo inesperado aconteceu. Sasuke me abraçou. Ele me abraçou.

_ Você tem para onde fugir. Não precisa se afetar por palavras de um desgraçado como Deidara. Você tem um porto seguro. Você tem a mim._ Ele disse me abraçando e passando uma das mãos em meus cabelos.

Eu o apertei mais contra mim, eu não queria soltar ele. Ele me acalmou me fez sentir menos perdida....

_ Sakura me prometa que vai me contar tudo o que Deidara lhe disser. Exatamente tudo.

_ Eu prometo._ Eu não sei por que mais eu me sentir dizendo palavras vazias.

Após tomar banho eu fui direto para a cama dormi, eu avisei ao Sasuke no escritório que eu não desceria para o jantar por que eu acabei perdendo o apetite com aquela história do Deidara, ele brigou um pouco comigo, mas no final de tudo deixou. Me deitei na cama sentindo o alivio de minhas costas relaxando contra o colchão macio, não se passou muito tempo e logo entrei em um sonho profundo.

"_ Sakura, filha._ Meus olhos abriram e dei de cara com a minha mãe em minha frente com uma bandeja cheia de coisas gostosas.

_ Uhum! Bom dia! Que cheirinho bom._ Disse me esticando na cama.

_ Deve ser por que eu fiz um delicioso café da manhã._ Disse minha mãe com um lindo sorriso.

_ E o que aconteceu de tão feliz para a senhora me trazer esse delicioso café da manhã na cama.

_ Você._ Disse simplesmente. Colocou a bandeja com o café em meu colo e se sentou do outro da cama.

_ Hum! Que cheirinho bom! Eu sei que eu já disse isso. Mais eu amo o seu café!_ Disse levando o copo de café de encontro com os meus lábios._ A senhora fez bolo de laranja! Meu preferido!_ Disse colocando uma pedaço na boca. Como sempre a comida da minha mãe é uma delicia._ Isso está delicioso! Mãe ninguém bate a senhora no bolo de laranja. Sempre sombra de dúvidas o seu é o melhor!_ Ela deu uma breve risada e continuou olhando eu comer.

_ Feliz Aniversário Sakura!_ Disse sorrindo para mim enquanto eu comia  seu bolo de laranja."

Acordei com o coração acelerado e lágrimas nos olhos. Aquelas lembranças me atingiram em cheio, lembrar dela me doía o coração. Me levantei e fui até o banheiro lava o rosto, quando voltei para a cama, não conseguia dormi, então resolvi ir até a cozinha para bebe um copo de água.  Quando estava voltando da cozinha, algo me fez parar na frente daquela e pensar. Talvez?

Fui para o meu quarto e peguei meu travesseiro e um cobertor e caminhei até aquela porta novamente. Fiquei ali parada durante alguns minutos pensando se eu deveria entrar ali ou não. Depois de passar bastante tempo ali, resolvi entrar, o máximo que eu ganharia seria um "o que você está fazendo aqui?" ou "saía agora". Abri a porta devagar para o caso dele está dormindo e eu não o acorda, caminhei devagar por seu quarto até eu avista sua cama. Sasuke dormia tranquilamente, parecia até outra pessoa de tão tranquila que estava sua feição. Me aproximei fazendo o máximo de silêncio possível e antes de me deitar, parei. "Será que eu devo mesmo fazer isso? Ele pode ficar com raiva." Deixei esses pensamentos de lado e me deitei de uma vez ao seu lado. Como eu não queria o acorda fiquei quietinha no meu canto, enquanto ele dormia.

Então ele se virou para o meu lado e me abraçou, olhei para ele, mas o mesmo continuava dormindo, logo após alguns segundos ele aconchegou a sua cabeça entre meu pescoço e o travesseiro, enquanto ainda me abraçava, Deus no que eu fui me meter, se eu tentar sair ele vai acorda e me matar. Tentei me afastar um pouco dele para tentar sair, mais ele voltava a ficar aninhado em mim, tentei tirar seus braços mais logo ele os colocava de novo ao meu redor. Quando eu pensava que já estava difícil Sasuke coloca suas pernas entre as minhas, agora definitivamente eu estava pressa nele, pois ele estava totalmente ao meu redor, resolvi desistir e soltei um breve suspiro. Quando ele acorda de manhã eu vou tentar me explicar e evitar que ele fique bravo comigo.

_Finalmente desistiu de tentar se livrar de mim?_ Logo ele se soltou seus braços que estavam ao meu redor e subiu em cima de mim e me encarou com suas orbes negras. Fiquei assustada com seus movimentos. Ele se aproximou de me meu ouvido._ Está pensando em me seduzir?_ Aquilo fez com que arrepios subissem por minha nuca.

_ N-Não... E-Eu não estava conseguindo dormi, então...._ Fui interrompida por seus lábios vindo de encontro aos meus.

_ O que estava dizendo?_ Disse beijando meu pescoço.

_ Q-Qu- Que e-eu n-não..._ Então um gemido escapou dos meus lábios._ Ele parou de beijar meu pescoço e olhou em meus olhos. Se aproximou colocando uma de suas mãos em minha nuca e sussurrando em meu ouvido.

_ Você está me deixando louco._ Então voltou a me beijar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Criticas, elogios e ideias são sempre bem vindos!
Como eu disse TODOS os erros ortográficos serão corrigidos futuramente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...