História O que te faz feliz? |Namjin - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Suga, Taehyung, Vhope, Yoongi
Exibições 178
Palavras 1.330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cara 52 favoritos ❤❤❤ muito obrigada. Eu amo vocês.
Espero que gostem do capítulo. 💕

Capítulo 9 - Nine ♡


POV JIN

Estava no refeitório lendo de fones nos ouvidos. Vi quando a menina que o Nam estava falando ontem, ela passou e acenou sorrindo e eu acenei de volta.
Enquanto ela estava indo encontrou Namjoon no corredor e se abraçaram. Logo ele veio e sentou do meu lado.

-Oi Jinnie.-beijou minha bochecha e sentou.

Tirei os fones e sorri pra ele.

-Oi... como você tá?

-Estou bem... porquê  tá aqui sozinho?

-Não te vi hoje e você não falou comigo ontem a noite, não achei mais ninguém e vim pra cá.

-Desculpa não ter ido te buscar...-abaixou um pouco a cabeça.

-Tá tudo bem. -beijei sua bochecha.

Ele virou e nossos lábios se encontraram, ele começou um beijo calmo, conseguia sentir o cheiro dele bem perto, sua respiração um pouco acelerada. Suas mãos vinham ate meu cabelo acariciando devagar, as minhas mãos no seu pescoço o carinhando de leve.

Nos soltamos, encostamos nossas testas e ele soltou um sorriso com covinhas.

-Agora meu dia tá bom. Tchau Jinnie.

Me deu um selinho, levantou pegou a bolsa e saiu do refeitório. Me deixando com um sorriso bobo no rosto.
Continuei lendo. Ate a hora do intervalo estava sem aula.

Quando a campa bateu o refeitório começou a encher de gente e eu continuei lá sentado.

Fui no meu armário deixar alguns livros e tal.  Vi quando umas meninas entraram rindo numa sala e estranhei o movimento já que não tinha aula.
Vi que era a Yang com as amigas pelo reflexo do vidro da porta. Ouvi alguém citar o  Namjoon em algumas frases mas não me importei muito já que Yang era amiga dele.

Saí ate perto do portão pra ir embora e senti alguém puxar meu braço.

-Aí.- falei baixo e virei.

-Te machuquei. Desculpa.

-Oi Yang. O que foi?

-Quero te entregar isso, espero que vá.

Ela tinha me entregado um convite pra uma festa na casa dela essa noite. Acho que o Nam gostaria de ir. Cheguei em casa tomei um banho e fiz o almoço,  queria falar com o Nam e resolvi ligar pra ele.

*ligação on*

-Amor? Tá na escola ainda?

-Oi Jinnie, to saindo daqui. Por que?

-Quer vir almoçar aqui?

-Estou com Tae, Hoseok e Jungkook. Eles vão fazer trabalho.

-Traz eles pra comer aqui também. Tem comida suficiente. Por favor-falei manhoso

-Ok, chego em uns dez minutos. Bjs.

-bjs.

*ligação off*

Coloquei os pratos na mesa e arrumei tudo, logo os meninos chegaram. Sentamos na mesa e ficamos conversando sobre assuntos aleatórios.

-Jin podemos fazer o trabalho aqui? Não to com saco pra ir pra casa e depois ir pra casa do Jungkook.

-Claro.

-Obrigado.

Terminamos de comer e limpamos tudo, os meninos foram pra área de trás eu e o Não fomos pro meu quarto. Deitamos na cama e ele ficou fazendo carinho no meu cabelo.

-Onde conheceu a Yang?

-Em Busan já disse.-falou meio seco.

-foi só uma pergunta. Calma.-falei levantando do peito dele e olhando no rosto.

-Ela me convidou pra festa dela de mais tarde. Nos vamos?

-Claro que vamos ne Namjoon! -Taehyung falou empurrando a porta do quarto entusiasmado.

-Você foi convidado?-falou rindo irônico e ficou sem resposta-O que tá fazendo aqui.

-Vim no banheiro e ouvi algo sobre festa hoje. Por favor.

-Depois a gente vê isso Tae vai fazer teu trabalho e deixa a gente em paz.

Taehyung saiu e deixou a gente sozinho.

-Nos vamos?-perguntei

-Se você quiser...

-Acho que vai ser legal.-sorri pra ele

-Amo seu sorriso.-falou passando leve a mão no meu rosto que agora concerteza estava corado.

-Tenho algo que você gosta mais....-mordi de leve os lábios.

Fui pra cima dele o beijando calmamente, estava praticamente de quatro em cima dele o beijando, senti uma das suas mãos passarem pela minha bunda e subindo por dentro da minha camisa, senti quando ele mordiscou meu lábio e já conseguia sentir o volume na sua calça.

Levantei de cima dele, deixando ele sem ação e duro.

-O que você pensa que ta fazendo Kim Seokjin?

-No momento apreciando minha beleza. -falei arrumando o cabelo e ajeitando a roupa na frente do espelho.

-Não faz isso....-falou me abraçando por trás e roçando seu membro ereto na minha bunda.

-Já fiz.-Virei pra ele dei um selinho e corri pra porta saindo do quarto.

Depois que ele desceu e os meninos terminaram o trabalho combinamos de irmos pra festa da Yang juntos.

Depois que eles saíram eu tomei um banho e fiquei algumas horas mexendo no celular deitado no sofá.

Logo meu celular estava chamando com uma foto de minha Omma na frente.

*ligação on*

-Omma?-falei animado

-Filho. Como está? -ouvi seu sorriso doce do outro lado da linha

-Bem e vocês, como estão?

-Ótimos. Jin preciso lhe contar uma coisa. Mas tem que ser pessoalmente.

-Quando vocês chegam? Também tenho muitas coisas pra contar.

-Esse é o porém, nós não vamos, você que vem! Três dias aqui em Paris com a gente. Sua passagem já deve estar chegando. Seu voo está marcado para às 22h

-Mas Omma.. .e a escola..?

-Você precisa vir Jin. Vai valer a pena.

-Tá ok então. Preciso arrumar minhas coisas. Bjs amo vocês.

*ligação off*

Subi as escadas rapidamente e comecei a por roupas na mala, peguei umas três calças, cinco bermudas finas, algumas camisas e vi uma camisa do Nam em cima da cama e peguei. Cheirei a camisa e lembrei da noite que passamos juntos e ele esqueceu a camisa pela manhã.

Já eram 20h os meninos chegariam as 21 e 30h mas eu avisaria da viagem.
Leguei pro Nam um pouco antes mas nada.
Desci as escadas com o telefone no ouvido e sentei no sofá amarrando o tênis.

Namjoon entrou na porta todo arrumado e eu desliguei o celular e me concentrei no sapato.

-Você vai com essa roupa?-falou pra mim e riu.

-Não vou mais pra festa com você e os meninos. Me desculpe.

-O que? Porque?

-Aconteceu algo com meus pais e eu tenho que ir pra Paris em menos de uma hora.

-Porque não me avisou?-falou um pouco bravo

-Mas eu tentei, você não me atende.

Ele pegou nos bolsos e viu que não estava com o celular. Conversamos um pouco falei que não demoraria muito lá e que ele podia ir pra festa sem mim pra cuidar dos meninos.

Logo os meninos chegaram tomando sorvete porque foi isso que foram fazer enquanto Nam vinha aqui.

Minha passagem já tinha chegado então fomos pro aeroporto, despedi com um beijo no Nam e deu tchau para os outros meninos e embarquei.

*Algumas horas depois *

A viagem foi um pouco cansativa mas cheguei rápido em compensação. Já era manhã eu estava bugando com o horário é resolvi ligar pro Nam já que lá tecnicamente já estava de tarde, mas ele não me atendeu.

Saí de la e encontrei meus pais, fomos tomar café em uma padaria e logo fomos pra casa, passamos o dia juntos, eles falavam de novidades e do novo trabalho. Mas o mais importante guardariam para noite.

"A grande surpresa" assim que eles falavam.

Não conseguia receber mensagens de texto no App que eu usava na Coreia e toda vez que eu ligava pro Nam caia na caixa postal. Resolvi ligar pro Tae ja que a caixa postal do Nam estava cheia.

*caixa postal do Tae*

~Ei, diz pro Nam me ligar Tae.~

~Ja cheguei a um dia e ele ainda não falou comigo ou deu sinal de vida.~

~assim que ouvir isso. Avisa o seu irmã o que eu quero falar com ele. Bjs Tae. ~

*caixa postal do Tae*

Ninguém me atendia, nem a Min. Estou preocupado mas não me adianta nada.

Fui pra casa dos meus pais e fomos nos arrumar para "a grande surpresa "

Saímos de casa em direção a um restaurante completamente lindo. Chegamos e sentamos em uma mesa vazia. Hoje quando eles falassem o que quisessem falar eu contaria do meu namoro com Namjoon.


Notas Finais


Um beijo e um queijo e ate mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...