História O Que Vale a Pena? - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~JeonTaehyung

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Taekook, Vkook, Yoonmin
Exibições 75
Palavras 1.201
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oew, cá estou eu com um capítulo nada legal huehueheu.
Comentários premonitórios diziam que eu ia ferrar tudo e eu ferrei tudo mesmo.
JeonTaehyung ficou bem tristonha e brava comigo por isso.
Mas nenhum amor se intensifica sem enfrentar obstáculos.
Mas chega de justificativas e vamos ler não é?
Boa leitura e até mais :3
•Capítulo revisado, desculpe por qualquer errinho, eu vou revisar as outras agora.

Capítulo 20 - Vinte.


"-Taehyung?

Ouço alguém me chamar, olho para trás pelo canto do ombro e não vejo ninguém, meu desejo real era me virar para trás e responder quem me chamou, mas não consigo controlar meu corpo e continuo dando passos fortes para frente.

Estou numa rua de terra, dos dois lados dela não há nada além de plantações de trigo, o que me deixa apavorado, não quero ficar preso em um lugar onde só ha uma rua infinita.

-Taehyung - faço um esforço extra e meu passos param, me viro e vejo minha mãe.

-Aigoo é você - bufo - estou sonhando de novo não é?

-Está - ela diz e caminha do meu lado - você sabe que isso não vai acabar bem não é? - e aponta pra rua na qual estou caminhando.

-Sonhos com você nunca acabam bem - retruco.

-Sei disso, mas não há nada que eu possa fazer.

-Eu ainda me pergunto se você morreu e tá tentando compensar o abandono me dando visões através de sonhos.

-Ah Taehyung, não faça perguntas que não podem ser respondidas, só saiba que quando eu sumir, tudo ficará bem. - e num piscar de olhos ela desaparece.

-Tipo, agora? - respondo tarde demais.

Continuo caminhando, e sei que isso é mais um daqueles sonhos onde acontece algo estranho que reflete na minha vida, então tento me acordar.

-Taehyung.

-Você de novo? - me viro, mas quem me encara dessa vez é Jungkook - Gukkie?

-A gente ter se afastado foi o pior erro da nossa vida - ele diz e em segundos está na minha frente, no fim da rua.

Tento apertar meus passos mas antes de alcançá-lo ele some e aparece um pouco mais longe .

-Me deixe te alcançar - grito.

-Isso não é mais possível - responde.

E um baque  faz meu chão desabar e me vejo caindo infinitamente.

-Taehyung.

-De novo? Quem está me chamado? - digo tentando me segurar em algo e parar de cair.

-Taehyung.

Fecho meus olhos."

-Taehyung - Yoongi chama o garoto mais uma vez - Taehyung acorda - e num sobressalto o loiro desperta um tanto grogue.

E logo ele percebe, estava sim em mais um sonho, e havia dormido no carro, na viagem que estavam fazendo até a fazenda.

-Desculpe, eu estava num sono muito profundo - se explicou - por que me acordou hyung?

-Nós estamos perto - Jimin se manifesta - já entramos na estrada de terra.

Estrada de terra.

Taehyung se sente um pouco mal lembrando do sonho que acabara de ter.

-Taehyung você ficou pálido, aconteceu algo? - o Min pergunta o encarando.

-Não. Está tudo bem - mentiu - falta muito? - disse se dirigindo ao seu pai.

-Não, estamos quase chegando, falta pouco - respondeu  e voltou a encarar a estrada.

Taehyung tentou tirar seus pensamentos do sonho e se encostou no assento.

-Não durma de novo - Yoongi disse rindo.

-Nem pensar - O Kim não queria ter mais sonhos.

Yoongi também se encostou, tentando saber o que o amigo quis dizer com sua fala, que o deixou confuso, mas deu de ombros e continuaram a viagem.

{...}

-Finalmente - o loiro diz após descer do carro onde havia ficado horas.

-Calma Tae, respira um pouco - sugeriu Jimin.

Então o Kim inspirou o ar da roça, "ar puro" finalmente, mas isso foi tudo, já que o garoto não aguentava a ansiedade e queria correr pra dentro da casa e abraçar Jungkook, e foi o que fez.

Após entrar bruscamente na casa se dirigiu ao quarto procurando pelo namorado, entrou e nada havia, além das camas arrumadas e vazias.

"Deve estar em outro lugar" pensou.

Voltou e até a sala e vendo sua noona Dasom na cozinha, foi até ele para perguntar sobre o paradeiro de Jungkook.

-Noona? - diz se aproximando.

-Taehyung? - ela olhou o mais novo e o abraçou apertado, como se sua vida dependesse daquele abraço.

-Também senti saudades - ele disse rindo - Onde está Jungkook? Eu estou com tanta saudade.

Ela desfez o abraço e olhou o garoto com uma expressão triste.

-Noona cadê o Jungkook? - Taehyung pergunta novamente ansiando pela resposta.

-Ele... - ela hesita - ele...

-Noona você está me deixando nervoso.

-A família biológica do Jungkook tirou ele de mim - ela diz segurando as lágrimas.

Após ouvir isso, Taehyung corre pra fora da casa murmurando algo como "não pode ser verdade" recebendo olhares confusos do seu pai e do casal que ainda estava tirando as malas do carro.

-O que aconteceu com ele? - Yoongi pergunta.

-Vamos perguntar pra Dasom - Jimin diz e entra na casa, sendo seguido pelo namorado e pelo pai de Taehyung.

-Dasom? O que aconteceu? - Dewon diz após ver sua irmã na sofá chorando.

Correu pra abraçá-la e esperou ela se acalmar.

-Levaram o Jungkook - ela diz num to triste - e Taehyung, não reagiu muito bem a isso, eu não tenho culpa - e se pôs a chorar novamente.

-Claro que não tem - Ele a abraça novamente - Jimin, Yoongi, vão procurar o Taehyung, ele precisa de consolo e de seus amigos mais do que nunca.

-Tudo bem - eles concordam e saem da casa andando em direção ao local onde aparentemente Taehyung seguiu.

{...}

"Não é verdade, não é verdade" Taehyung repetia em sua mente na esperança de que tudo desaparecesse e ele acordasse em sua casa, percebendo que estava em mais um sonho, mas não acontecia, era real, e ele estava mais perdido do que nunca.

Taehyung nem sabia pra onde estava caminhando, mas quando se deu conta estava chegando na árvore, a árvore onde Jungkook o levou na primeira vez.

Talvez seu subconsciente tentava o convencer de que  Jungkook estava em algum daqueles lugares onde o havia levado.

Mas num suspiro ele percebeu que aquilo estava equivocado e que Jungkook estava em algum lugar onde não podia alcançar.

-Então é pra isso que você aparece em meus sonhos? - O Kim perguntou mais para si mesmo do que para a figura de sua mãe que o assombrava em sonhos premonitórios - Eu não mereço isso.

-Taehyung? - Yoongi chegou e se sentou ao seu lado junto de Jimin.

-Não quero falar sobre isso hyung - antecipou o garoto - não vai adiantar nada.

-E ficar se lamentando também não é nada necessário. - Jimin diz.

-Como é?

-Quero dizer...Jungkook está em algum lugar, não é como se ele tivesse sido levado pra outro planeta.

-Nem eu estou te entendendo Jimin - Yoongi estava confuso.

-Bom, vamos pensar que enquanto o Tae está chorando, Jungkook está em algum lugar esperando algum sinal de que ele está o procurando.

-Eu deveria estar atrás dele ao invés de estar aqui chorando não é? Desculpa.

-Não é isso, claro que você não pode evitar chorar - se justifica - mas acho que nos já podemos nos levantar e ir atrás dele, Taehyung, Jungkook é sua Cinderela, e está esperando você resgatá-lo - diz rindo com a comparação.

-Você tem razão - se levantou - obriagdo por insistirem.

-Não foi nada.

-Vamos, a gente precisa saber se a noona sabe pra onde levaram o Jungkook.


Notas Finais


Foi isso, espero que não tenham ficado com vontade de me matar também, huehueheu.
Vou tentar atualizar a fic mais frequentemente, estou passando por uma dificuldades, mas juro que estou tentando.
Obrigado por lerem, e até a próxima :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...