História O Regresso da Escuridão - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rei Leão
Visualizações 12
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Quando tudo começou


Fanfic / Fanfiction O Regresso da Escuridão - Capítulo 1 - Quando tudo começou

Hoje era o dia em que a minha vida ficou um caos,o dia em que minha vida se desfez em ruínas...

Vou contar desde o começo:

Hoje era solstício de inverno,a noite chegara mais rápido hoje,o frio vinha a congelar na noite,mas mesmo assim eu saí de casa,caminhava lentamente pela a savana procurando por meu pai e meu namorado.

Meu pai e Kovu haviam saído mais cedo para uma patrulha,logo depois de eu e Kovu sairmos no Upendi,já era tarde,quase madrugada e eu andava à procura dos dois.

Meus passos eram lentos e silenciosos,para que eu não perturbasse algum animal que por ali mora,eu andava devagar desconfiada mas ouço um ruído que me faz estremecer,eu sem querer me acovardar me posicionei para o ataque,os barulhos eram cada vez mais altos e de repente...

Kion:-Kiara...Achei você!

Eu:-Kion?-Eu disse estressada,era só meu irmão adolescente-O que faz aqui?

Kion:-Estava à sua procura,quero procurar o pai junto contigo....-Ele diz um pouco animado.

Eu:-Nem pensar!

Kion:-Mas Ki...

Eu:-Olha,Kion,eu só quero te proteger,vá pra casa que está tarde,a mãe deve estar preocupada contigo...

Kion:-Por favor,Kiara...eu estou com medo...não ria,ok? Mas eu sonhei que o pai estava morto...-Ele disse com medo-Eu sei que é ridículo...Já estou velho não posso ter medo de pesadelos! Mas...

Eu:-Ah,escute,Kion,não é covardia ter medo,eu já sou adulta e tenho pesadelos como qualquer um e sobre o papai não precisa ter medo,ok? Ele não vai morrer,eu te prometo.

Kion:-Obrigada mana-Ele me abraçou.

Eu:-Bem,temos que ficar em silêncio,entendeu?-Ele afirmou com a cabeça.

Andamos um pouco,até eu ver pegadas que parecia ser de leão,finalmente achamos algo,caminhamos mais até chegarmos numa floresta,eu reconhecia era a floresta Matembo,de longe dava para ver um corpo na grama vasta,eu rapidamente corri em direção ao corpo junto com Kion,porém ao chegar às lágrimas escorreram dos meus olhos quando vi quem era o leão.

Eu:-Papai...-Eu falei num sussurro,chorando,eu abracei  fortemente o corpo sem vida de meu pai.

Kion:-Pai!! PAI!! LEVANTA!-Kion gritava apavorado.

Nós dois ficamos ali,abraçados no corpo de meu pai,chorando aos prantos,gritando várias vezes "Pai" mas nada acontecia,eu estava despedaçada,meu pai,meu querido pai morreu.

Eu dei meu último suspiro e dei uma lambida no rosto dele dizendo: "Nós sempre seremos um,eu te amo pai".

Eu:-Vamos Kion,está na hora de ir...

Kion:-Não!! Eu vou ficar com o papai!

Eu:-Kion temos que ir embora,avisar à todos...

Eu virei de lado e vi  marcas de garras no corpo dele e também no chão,eu sei que alguém o matou,isso foi homicídio.Kion se levantou e fomos pra casa,foi horrível contar a minha mãe,ela quase desmaiou,não muito tempo depois minha mãe subiu até a Pedra do Rei e anunciou à todos:

Nala:-Atenção à todos!! Nossa Majestade,meu marido,o Rei foi achado sem vida na floresta Matembo!-Todos se apavoraram. 

No outro dia,fizemos um velório para meu pai,não o enterramos,pois ele dizia que o ciclo da vida era assim,então respeitamos a vontade dele e os deixamos onde ele morreu,na frente de todos eu disse:

Eu:-Atenção caros amigos,quem faleceu ontem foi um grande leão,um exemplo a ser seguido,um exemplo de Rei,de marido,de filho e principalmente de pai,não só meu e de Kion mas de todos nós.Simba era como se fosse pai dessa terra.Ele pensava nesse reino antes de pensar em si mesmo,trouxe alegria em tempos difíceis,e realmente honrou o nome de seu pai,meu avô Mufasa,que hoje descansa em paz junto de seu filho finalmente.Meu pai derrotou Scar e trouxe paz à todos nós e o mínimo que podemos dizer é "Obrigado" para este leão que é mais que um simples Rei é um herói e o que o mais sinto orgulho de dizer é que este leão foi um dia meu pai,descanse em paz,papai...-Todos ficaram orgulhosos por minhas palavras logo após minha mãe discursou também e Kovu logo depois.

Depois do velório voltamos para casa,eu pedi para me deixar às sós com Kovu,preciso conversar e desabafar com ele.

Kovu:-Ah meu amor...eu sei que é difícil...mas você vai superar-O mesmo me abraçou após dizer isso-Eu te amo,Kiara.

Eu:-Kovu...

Kovu:-Sim?

Eu:-Eu reparei que você está com uma cicatriz no rosto...O que houve?

Kovu:-Nada,minha princesa,eu só me machuquei,depois de patrulhar com seu pai,eu fui caçar,tentei caçar um búfalo mas ele me chifrou e acabei ganhando a cicatriz.

Eu:-Sério? Coitado-Eu comecei a rir-Que mentira mais estúpida Kovu! Achei que fosse melhor mentiroso!

Kovu:-Mas eu não estou mentindo!

Eu:-Ah não? Eu sei que foi você!-Eu comecei a chorar-Kovu,como pode?! Pensei que me amasse!! 

Kovu:-Do que está falando?

Eu:-Se faz de mal entendido?! Então vou ser mais clara: Você matou meu pai?!

Kovu:-Kiara eu nunca...-Eu o interrompi.

Eu:-Quero uma resposta simples,sim ou não.

Kovu:-Sim...está satisfeita agora? Eu matei o seu pai! Eu matei Simba!

Eu:-O que?!-Eu comecei a chorar de novo-C-como?! Porque?

Kovu:-Simples,minha querida...eu o matei porque esse era o plano desde o início,eu me aproximar de você e fazer com que Simba confiasse em mim para eu mata-lo quando eu estivesse sozinho com ele.Mas parece que o plano funcionou bem,até demais,você se apaixonou por mim e então ficou muito mais fácil.

Eu:-Então...Todo esse tempo você fingiu que me amava? Porque?

Kovu:-Porque eu queria vingar Scar desde o início.

Eu não estava acreditando nessas palavras,eu chorei muito e depois falei:

Eu:-Desgraçado! Maldito!-Eu chorei mais.

Kovu:-Ah,não chore! Fique feliz! Eu só tenho que te agradecer,pois se você  não tivesse confiado em mim meu plano nunca daria certo!-Ele disse deixando a Pedra do Rei logo após de me dar um selinho. 

Maldito Seja!

 

 

E foi assim que tudo começou,se eu pudesse voltar no tempo e não ter confiado naquele desgraçado mas não tem como.

-Kiara...

Falou a forma de leão entre as nuvens,o espírito de meu pai.

Eu:-Papai?-Eu despejei uma lágrima.

Simba:-Minha filha,eu preciso que você tenha coragem...Você precisa ser valente e enfrentar Kovu.

Eu:-Como?

Simba:-Confiando em si mesma-Ele disse partindo e dizendo: "Confie em si mesma" várias vezes.

Eu:-Pai...-Eu deixei uma lágrima cair rle logo deu um sorriso-Eu farei isso para você papai...eu te amo...

 

 

E enquanto isso e em algum lugar distante,Kovu chegara e falava com alguém:

"Então você fez?"

Kovu:"Claro...E até melhor,matei Simba e ninguém sabe que foi assassinado menos sua filha."

"Você contou pra mimadinha?!"

Kovu:"Ela descobriu sozinha"

"AHHH *Quebra galho que está no chão* Tudo bem...mas preste atenção: Você será o novo Rei e nos tirará desse buraco,entendeu?!"

Ele concordou com a cabeça.

"Muito bem...eu vejo que o regresso da escuridão está próximo,Kovu,eu sinto isso..."

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...