História O Rei e sua Vitima -- NaruSasu ,SasuNaru - Capítulo 19


Escrita por: ~

Exibições 158
Palavras 1.533
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Seu sorriso


Fanfic / Fanfiction O Rei e sua Vitima -- NaruSasu ,SasuNaru - Capítulo 19 - Seu sorriso

Jampiere On  

 

 

 

Enquanto o Naru e Sasu admiravam os quadros na sala,eu estava apenas sentado no confortável sofá.Para tentar me distrair e o tempo passar rápido ,fiquei desenhando alguns modelos,para agradar ainda mais a madame

 

 

 

Mas não estavam como eu fazia quando tinha 13 anos,agora que eu tenho 17 não são tão magicas como as de antigamente. Acho que esses 4 anos que se passaram levaram a minha inspiração

 

 

 

Minha concentração foi interrompida quando ouvi o son sonde salto alto vindo das escadas.Levanto imediatamente e vejo uma mulher com uma calça apertada branca,uma blusa azul bebê de manga comprida até as mãos,um sobretudo acinzentado.Que parecia estar usando por estilo, pois o deixava aberto.O cabelo era branco (Ela tingiu) bem curto, na altura do queixo,ela tinha aparentemente 20 anos,mas sua pele branca e olhos verdes mostrava menos  

 

 

 

 

 

Ela me olhou de forma....sabe daquela forma de menina mimada desprezando alguém?.Bom,era assim mesmo.Ela era igual as revistas de moda mostravam 

 

 

 

- Prazer em conhece-lá - Comprimentei estendendo a mão

 

 

 

Ela deu um tapa na minha mão e disse 

 

 

 

- Não tenho tempo para comprimentos,vamos - Falo me puxando 

 

 

 

- Pra onde vamos ?

 

 

 

- Para a sala de visitas,onde estar os seus adversários

 

 

 

Ela me fez subir pela a grande escada pela qual ela desceu,logo vi que la em cima era maior que a sala.Imediatamente Sasu venho em nossa direção

 

 

 

- Pra onde vai Jam? 

 

 

 

- Não interessa a você moreno ridículo - Afirmo ela de cara feia 

 

 

 

- Acho melhor vocês ficarem aqui - Falei 

 

 

 

- O azulado tem razão,vocês podem ajudar a nossa jardineira a cuidar do jardim,aposto que já estão acostumados com o trabalho braçal já que devem ser mortos de fome - Disse a mulher rindo 

 

 

 

- Como é? - Perguntou Sasu nervoso 

 

 

 

- Vamos Sasu - Pediu Naru tocando em seu ombro 

 

 

 

- Tanto faz - Disse o moreno aceitando

 

 

 

Os dois foram guiados até o jardim por um dos seguranças.Chegamos lá, tinha poucas pessoas. Como duas mulheres e um garoto.Ela uma sala espaçosa com vários quadros e desenhos nas paredes e é claro móveis e matérias de desenho caros  

 

 

 

- Pensei que teria mais pessoas - Falei me sentando   

 

 

 

A madame estalo os dedos e imediatamente todos foram em sua direção 

 

 

 

- Cumprimentem o Jampiere 

 

 

 

Logo veio em minha direção as duas garotas gêmeas, eram da Arábia. Pude vê pelas roupas (Não sei descrever roupas arábicas)

 

(Mas vocês sabem como é então imaginem) 

 

Além de serem muito bonitas,eram gêmeas 

 

 

 

ASSIM É O *()" Jampiere FALANDO 

 

ASSIM É A {} Jane A GÊMEA MAIS NOVA  

 

ASSIM É A GÊMEA MAIS VELHA # A Janette

 

ASSIM [ ] É O Tayronne O GAROTO 

 

ASSIM É = É MADAME 

 

 

 

Em minha direção veio um garoto que parecia ser de Paris mesmo.As calças eram pretas,camiseta de manga,uma jaqueta preta e um cachecol branco,cabelos ruivos

 

 

 

[ Olá meu nome é Tayrone] 

 

 

 

{ O meu é Jane} 

 

 

 

# Janette 

 

 

 

( Prazer ) 

 

 

 

= Já chega de tagarelar e vão trabalhar 

 

 

 

{ Mas o que devemos fazer primeiro?} 

 

 

 

= Quero que criem um chapéu totalmente cheio de detalhes feitos com penas de pássaros 

 

 

 

# Podemos escolher? 

 

 

 

= Claro  

 

 

 

[ Eu já sei qual é o meu ]

 

 

 

= Não digam agora, me mostrem quando os seus trabalhos estiverem prontos,agora vão pegar as penas 

 

 

 

Saímos a procura das penas,cada um em uma direção diferente.Eu fui até o centro de Paris,onde tinha varias lojas que tinha penas de pássaros especialmente coletadas para fazer de acessório .Entrei e falei com a atendente 

 

 

 

- Desculpe o estoque de penas de pombo acabaram 

 

 

 

- Fala serio 

 

 

 

- Mas temos de outros modelos 

 

 

 

- Não quero obrigada,já tinha o modelo do chapéu na minha cabeça e só servia para pena de pombo 

 

 

 

Sai da loja decepcionado, pois a essa hora não tinha outra loja aberta.Então tive uma ideia maluca,pegar as penas eu mesmo,ou seja : Tenho que ir atrás dos pombos

 

 

 

Sei o que está pensando : Como você é higiênico Jam 

 

 

 

Eu sei mas...eu atravesso até mesmo o inferno para ter o que eu quero,e eu quero vencer.Procurei por todos os cantos e todas as ruas.Mas não os encontrei

 

 

 

- Fala serio! como não pode ter pombos aqui?,é impossível não ter 

 

Antes de eu dar um chilique,olho pra cima e vejo vários pombos

 

- Ótimo!! 

 

 

 

O problema era que estava bem no alto da Torre Eiffel

 

- Hoje não é o meu dia de sorte 

 

 

 

Corre pra lá e subir,Parece impossível e totalmente anormal um ser humano fazer isso facilmente,porém!!,isso é uma Fanfic né?. Então tudo é possível

 

 

 

Depois de subir até o topo ( Nada é impossível,kkkk).Tentei pegar um dos pombos,mas tinha que me segurar em uma ponto e andar em outra.O que dificultava mais as coipés

 

Coloquei uma mão em algum lugar e dei impulso com os pés,

 

- Conseguir!! 

 

Dei um sorriso de alegria,que logo foi tomado por uma cara de preocupação. Tinha um homem usando algum tipo de fantasia,e com um tablete na mão, parecia estar desenhando nele

 

 

 

Logo uma garota veio correndo atrás dele,a mesma também parecia estar fantasiada,mas de joaninha 

 

A joaninha deu um salto e aterrissou na frente do desenhista

 

- Se renda Nathaniel,você não tem chance contra mim - Afirmou a mesma 

 

 

 

- Não sou o Nathaniel,meu nome Ilustrador do mal - Falou o desenhista furioso

 

A joaninha pegou um ioiô e o jogou contra o tal Ilustrador,o mesmo fez aparecer um secador de cabelo gigantesco. A joaninha novamente deu um salto para se esquivar do objeto.Ela aterrissou em cima de mim 

 

- Ai!! - Falei colorido 

 

- Desculpe menino - Se desculpou a mesma 

 

- Tudo bem 

 

Ela saiu de cima de mim e voltou a prestar atenção no Ilustrador,e gritando por um tal garoto 

 

- Cat Noir!!,apareça!! 

 

No mesmo instante um garoto com roupa colada preta um rabo,mascara e orelhas de gato.Fiquei paralisado,tudo estava em câmera lenta, meu coração estava acelerado eu não acreditava, não era porque parecia que ele estava voando,mas sim como alguém... um ser humano era abençoado com tamanha beleza? 

 

Era a segunda vez que meu coração tinha acelerado assim,a primeira foi quando meu pai contava aquelas historias de terror sobre o Brilho-papão,quando era criança, o que me dava muito medo 

 

Ele se aproximou da joaninha e pergunto :

 

- Tem alguma ideia?

 

- Já o derrotamos uma vez,só temos que traze-lo para o escuro,assim não irá desenhar nada 

 

Enquanto a joaninha explicava o plano,o tal gato virou a cabeça e olhou pra mim dando um sorriso com os dentes.Não hesitei em dar uma risada,o sorriso dele era muito engraçado

 

Sorri pra ele,o mesmo retribui dando uma piscada,corei na mesma hora 

 

- Entendeu Cat Noir? - Pergunto ela interrompendo

 

Ele fez um sinal de confuso e respondeu 

 

- Claro ! 

 

- Então eu o distraiu por alguns minutos enquanto você realiza o resto do plano

 

- Ta bom 

 

Ela jogou o ioiô em um dos prédios pegou impulso e saiu voando.O gato veio em minha direção.Ele estendeu a mão direita pra mim me ajudando a levantar 

 

- Meu nome é Cat Noir é um prazer pra VOCÊ me conhecer- Falo orgulhoso 

 

- Me chame de Jampiere,é uma prazer pra VOCÊ também me conhecer - Falei igual a ele 

 

O mesmo apertou minha mão com força,se ajoelhou e em seguida beijando minha mão.Na mesma hora criei um novo tom de vermelho 

 

- Estar coberto de razão - Falou ele me olhando de forma profunda 

 

- Você não tem que ajudar a sua namorada? - Perguntei 

 

Ele riu 

 

- Qual é a graça? 

 

- A Ladybug não é a minha namorada e nunca sera 

 

- E porque "nunca sera?"

 

Ele cruzou os braços e chegou bem perto de mim sussurrando em meu ouvido 

 

- Porque eu jogo em outro time 

 

Corei ao ouvir aquilo 

 

- E você? - Perguntou ele sorrindo e colocando o braco sobre meu ombro 

 

Gaguejei 

 

- E-e-e-u-u.....

 

O gato novamente riu com o meu desespero.Ele colocou o dedo indicador na minha boca em sinal pra eu fazer silêncio 

 

- Não precisa dizer,já sei a resposta 

 

Ele deu um salto,desse modo voando bem pra longe de mim.Por um instante acho que o vi sorrindo novamente pra mim HAAAAAAAAAAAAAAAAA.Me apaixonei por aquele sorriso 

 

Quando dei por mim,vê que não estava mais na Torre.Mais sim no centro na cidade

 

- Mas como?

 

Abri as minhas mãos e me surpreende,eu estava segurando penas azuis.Provavelmente do pássaro que entrou em instituição. A Arará Azul

 

Além disso tinha um bilhete,não nas minhas mãos, mas sim em cima do meu cabelo

 

 

- Que estranho 

 

O peguei e abri 

 

 

 

" Querido...... Acabei de esquecer seu nome " 

Bom,da próxima vez que nos encontrarmos irei lembrar.Você não merece apenas penas de pombos,mas sim de uma dos pássaros mais lindos do mundo 

Esse presente é pra você,espero que goste....

#Cat Noir 

 

 

- Arigato Cat 

 

Olhei para elas e vê a conhecidencia que tinham comigo,o mesmo tom de azul.Na mesma hora entende o que se passava na mente daquele gato preto 

Eu era o indefeso passarinho, e ele o faminto gato a espreita,esperando a oportunidade de me pegar.Eu não estava com medo, ao contrário,ansioso.Para que ele arranque minhas asas,e eu esteja totalmente dependente dele,sou sua refeição 

 

 

 

 

 

​Cat Noir 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...