História *O Reinado*HORA DE AVENTURA-Marshall lee e Príncipe Chiclete - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Marshall Lee, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada
Tags Amor, Diversão, Hora De Aventura, Love, Marshall Lee, Mundo Reverso, Principe Chiclete
Visualizações 63
Palavras 1.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite galera, me desculpem por demorar para postar, é que estive ocupado para alguns outros problemas mas agora estou de volta...Espero que gostem!

Capítulo 21 - FELIZES NOVAMENTE


Fanfic / Fanfiction *O Reinado*HORA DE AVENTURA-Marshall lee e Príncipe Chiclete - Capítulo 21 - FELIZES NOVAMENTE

Logo após eu me despertar, eu desço as escadas lentamente para não causar nenhum som que causasse chamar a atenção de Marshall não importasse aonde ele estivera pela casa. Percebo que Marshall estava na cozinha preparando algo; sinto um cheiro bom e agradável, igual aos bolinhos que eu ensinei á ele fazer.

- Bom dia...- Marshall me recebe após eu entrar pela porta da cozinha.

- Bom dia...- Respondo ele cautelosamente- O cheiro está bom...

Percebo que Marshall abre um sorriso no canto da boca, mesmo estando de costas para mim.

- Enquanto você estava fora, eu fui praticando os seus bolinhos que me ensinou a fazer!- Marshall se vira para mim e noto os bolinhos caprichados e bem feitos em sua mão por cima de uma bandeja- Você foi um ótimo tutor! Deveria dar aulas de culinária...

- E-eu nunca pensei nisso...- Marshall me guia até a mesa e nos sentamos juntos para tomar o café da manhã- Pra falar á verdade eu sempre quis dar aulas de ciências!

- Ciência? Não sabia que você se interessava por isso...- Marshall me serve uma xícara de café.

- Sempre gostei de criar coisas como alguns seres e outras diversas coisas...- Pego a xícara e tomo um pequeno gole do café- Mas digamos que não estou em um aperfeiçoamento 100%!

- Você já é perfeito...- O clima fica tenso e o silêncio domina a cozinha, causando um desconforto em mim e nele- E-eu encontrei isso antes do sol nascer perto de uma barraca na cidade.

Marshall tira do bolso uma folha dobrada em várias partes e entrega para mim por cima dos bolinhos:

- O que é isso?- Pergunto antes de desdobrar o papel.

- Abre, depois faça perguntas...- Marshall rebate, cruzando os braços.

O papel estava gasto e  bem sujo, mas isso não impediu de que eu lisse a palavra PROCURADO escrita bem grande com um tom de vermelho bem escuro:

- Não estou surpreso, a rainha já fez isso antes! Isso não é nenhuma novidade, Marshall!- Coloco o papel por cima da mesa após ler o cartaz de procurado com minha cara nele- Por que está tão surpreso com isso?

- Revira o papel...- Marshall ainda com os braços cruzados fala com uma voz tensa.

Reviro o papel e noto as palavras vindas direto pros meus olhos; escrito: VIVO OU MORTO.

- Nossa! A Rainha está tão nervosa assim?- Levanto uma das sobrancelhas e tento não rir da situação- Agora sim ela pode se considerar a maluca do ano!

- Não, Gumball...você não entendeu! Essa pessoa que te quer vivo ou morto...- Marshall desfaz as mãos cruzadas e pega o papel- Não é a Rainha de gelo!

- Como não? Quem mais estaria me procurando querendo me matar!- Pego o quardanapo e passo na boca- Ninguém se atreveria à esse ponto!

- Você tem que tomar cuidado, alguém está à sua procura; e não é um camponês qualquer!- Marshall aponta para o papel- É um caçador de recompensas, são extremamentes perigosos!

- O valor nem é tão alto assim...- Observo os números da quantia do quanto eu valeria- Somente 30 mil, ninguém está nem ai!

- Eu acho que ele não está nem ai para o dinheiro...- Marshall fala com uma voz seca- Ele te quer nas mãos de qualquer maneira!

- Bom, para o azar dele; ele não é o único quem está louco para me pegar!- Falo tentando não aparentar estar nervoso!- À essa altura, a Rainha de gelo já deve estar me procurando, sabendo que não estou mais com Flame...

Marshall se levanta da mesa e me deixa sozinho na cozinha, se eu pudesse ver minha cara naquele momento, seria uma cara de taxo. Acho que eu não devia ter tocado o nome do Flame no assunto.

Arrumo a cozinha e retiro as coisas de cima da mesa; deixo a cozinha um brinco. Passo pela porta e encontro Marshall sentado no sofá tocando sua guitarra perfeitamente.

- Marshall, você quer conversar?- Passo por ele e me acento ao seu lado- Acho que devem...

Marshall me interrompe rapidamente:

- Sobre o que você quer conversar? Sobre o quão é ruim eu estar longe de que eu amo e ainda por cima na casa de outro homem ou por que tem alguém querendo te matar?- Marshall fica estressado e para de tocar sua guitarra no formato de um Machado- Sabe Gumball, tem tanta gente atrás de você que nem sei se eu devo persistir!

- Persistir? Por mim Marshall? você não precisa mais ficar insistindo em mim, tá legal!- Me levanto do sofá e tento não me descontrolar- Você, Marshall! Você que nunca deveria ter persistindo em me levar para fora do Palácio; graças a você minha mente está um caos! Minha melhor serva na verdade era minha inimiga, meu Reino está nas mãos daquela mulher maluca, me apaixonei por um cara que me faz rir e me sentir livre e tão solto, depois esse cara me trai e me parte a alma, em seguida sou tratado como um escravo em meu próprio Reino e depois Flame e eu nos deitamos juntos e fizemos um amor bem interessante e bem, bemmm bom! MAS MESMO ASSIM, NÃO CONSIGO TE TIRAR DA CABEÇA! EU GEMI SEU NOME ENQUANTO TRANSAVA COM OUTRO CARA! E AGORA EU TE PERGUNTO, A ÚNICA PESSOA QUE DEVE PARAR DE PERSISTIR NESSE MEU AMOR PLATÔNICO SOU EU! POR QUE A ÚNICA PESSOA QUE EU QUERO DE VERDADE É UMA PESSOA BRUTA E ARROGANTE!

Após o meu grande discurso, Marshall estava espantado porém não surpreso; mas mesmo assim ele aparentava querer discutir mais.

- Uouu! Gumball, por essa eu não esperava...- Marshall se levanta do sofá e tira sua guitarra que estava pendurado em seus ombros- Por isso que eu não sou de desistir!

Ele se aproxima de mim e me beija sem pensar duas vezes, o toque de seus lábios me deixava timidado e um pouco nervoso, porém meu cérebro pedia mais e mais.

- Você me ama certo?- Pergunto desgrudando os meus lábios da boca de Marshall.

- Com toda certeza!- Marshall me pega no colo e me leva para cima no segundo andar sem fazer esforço pois ao invés de andar ele flutuava.

Entramos no nosso quarto que Marshall havia decorado para nós dois, entramos arrombando a porta com os pés, nós beijavamos admiravelmente. Marshall me joga na cama e em seguida tira sua camiseta preta que estava no seu corpo mais que depois estaria jogada no chão como as nossas outras roupas que brevemente também estária jogados no chão.

Percebo que Marshall, não queria transar e sim fazer amor; ele estava delicado e compreensível. Seus toques me arrepiam causando uma cócega imprevisível:

- Ainn! Cosquinha!- Me arrepio tentando me conter.

- Você quer que eu pare!- Marshall da uma risada de leve e para de acariciar minha cintura.

- Não!- Solto uma risada.

O clima começa a esquentar um pouco mais, Marshall tira sua cueca box e deixa á vista seu pênis já endurecido, me disponibilizo e tiro minhas vestes totalmente em seguida. Com todos os nossos problemas jogados de lado fizemos amor a noite inteira não ligando para o amanhã.
..............................................................................

Na manhã seguinte, me desperto silenciosamente me viro para o lado achando que Marshall poderia estar ao meu lado direito, não havia ninguém sobre a cama além de mim.

- Bom dia!- Marshall aparece do nada na porta com uma daquelas mini mesinhas para se tomar café na cama- Fiz um cafézinho reforçado para nós!

- Hmm, vamos ver!- Pego a mesinha sem sair de cima da cama, Marshall se deita ao meu lado para saborearmos as guloseimas- Nossa, veja só! Cupcakes! Não sabia que você sabia fazer isso!

- Aprendi na internet!- Marshall dá um sorriso!

- Isso tá bom!- Falo mastigando um pedaço do cupcake.

Paro de mastigar após perceber que Marshall me analisava amavelmente:

- Você é lindo, sabia disso?!- Marshall coloca uma de suas mãos em volta do meu rosto e em seguida um selinho.

TOC TOC

Ouvimos alguém batendo na porta lá de baixo, mas decidimos não dar atenção até sabermos quem realmente era:

- Marshall!! Querido! Abra a porta!- A Rainha do gelo batia na porta ferozmente- Ande logo! Antes que eu ARROMBE ESSA MERDA!
............ ............ ............ ............ ............ ............

- É a Rainha de Gelo!- Falo apavoradamente...


Notas Finais


Obrigado galera! Espero que tenham curtido! ❤❤❤ Comentem o que vocês estão achando!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...