História O Resgate de June Moone - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Personagens Personagens Originais
Tags Arlequina, Coringa, Esquadrão Suicida, June Moone, Rick Flag
Visualizações 14
Palavras 1.058
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpe os erros,Boa leitura,bjs.😘😘

Capítulo 14 - "Mad Love"


Fanfic / Fanfiction O Resgate de June Moone - Capítulo 14 - "Mad Love"

\\Pinguim\\

- Nós não vamos matar esse Bebê! - diz Espantalho nervoso.

- Concordo com o Espantalho,nós não podemos tirar a vida desse bebê que a June espera - diz Charada.

- Eles tem razão Chapeleiro,não podemos simplesmente matar um bebê! - digo.

- Pinguim tudo bem que ele não queram,mas até você!. - diz Chapeleiro indiguinado.

- Isso é errado,Chapeleiro.

- O que importa!,somos vilões é o que a gente faz!. - retorna Chapeleiro.

- Chapeleiro,nós não vamos matar o filho da June.

Podemos perceber que o sangue de Chapeleiro sobe fervendo.

\\Rick\\

- Flag!,responde lógo a minha pergunta! - diz Waller.

- A Arlequina está grávida,o coringa não estava sabendo,eles tiveram uma discussão e ele torturou ela,é ela perdeu a memória.

- Droga!,eu preciso da Arlequina para a Nova Força Tarefa X!,continue Flag. - diz Waller pensativa.

Respirei fundo e disse rapidamente.

- E-esse-filho-pode-ser-tanto-meu-quando-do-Coringa!.

- Perae,o que!!.

\\Arlequina-Harleen Quinzel\\

Depois de eu fazer uns exames fico na cama hospitalar pensando naquele Militar,o Coronel Rick Flag. Derrepende entra alguém no meu quarto,caracterizado de Palhaço.

- Arlequina!!,que bom que você acordou! - Ele diz me dando um beijo,mas eu exito e o empurro.

- Ficou louco!,eu nem te conheço!.

- Como assim você não me conheçe,sou seu namorado,o coringa Rei de Gotham City,Príncipe Palhaço do Crime.

- Desculpe,eu tô meia confusa,é que o Dr. falou que eu perdir a memória.

- Droga!,isso é minha culpa,se eu não tivesse te aplicado uma eletro-choque,nada disso tivesse acontecido.

\\Flashback\\ON.

Ao  mesmo tempo que Coringa me aplica uma eletro-choque,todo meu passado passa pela minha cabeça. Acordo hora depois com a cabeça doento e com as pernas toda ensanguentada,e percebo que não consigo me movimentar,escuto o barulho da porta se abrindo,e o Coringa vem até mim e me solta da cama de tortura,mais ainda não consigo me mecher.

- Harleen Quinzel - digo.

- O que!!? - Coringa diz.

Começo a não sentir mais nenhuma parte do corpo,tudo em volta de mim começa a girar e desmaio.

\\Flashback\\Off.

- Peraê,porque você fez isso!? - digo com o tom de voz firme.

- Porque você me traiu com um militar! - Ele diz com um tom de raiva na voz.

- Militar! - digo pensativa. - você está falando do Coronel Rick Flag!.

- Ah!,então dele você lembra!?.

- Não,é que quanto eu acordei ele tava aqui,e pelo o que ele tava falando antes de eu abrir os olhos,deu a entender que ele era meu namorado!.

- O que ele disse!?,consegue se lembrar!?.

\\Flashback\\ON.

- Dê alguma forma tenho que proteger a June,as crianças que você esperam,mesmo que o filho que você espera não seja meu,eu vou protegê lo do Coringa e de que pensar em faze-lo Mal,e vou proteger você também minha palhacinha. - Diz Rick.

\\Flashback\\Off.

- Saio daqui Coringa!!?,por favor!?. - digo.

- Que!?.

- Sai Coringa!!?,por favor!? - digo firme no tom de voz.

- Eu saio,tudo bem!,mas antes você vai me ouvir?.

- O que você quer!?.

- Vou te falar a nossa história o "Mad Love".

- Eu estava internado no Asilo Arkham,até que foi o seu primeiro dia de trabalho como psiquiatra,eu à vir pela primeira vez andando pelo todo Asilo,uma amiga de trabalho estava de mostrando o lugar,ela te perguntou o porque querer trabalhar com loucos,você respondeu que era algo misterioso e que a exsitava,eu não sei bem a história correta,porque uma hora eu lembro de um jeito,na outra de outro,e eu me lembro que ainda deixei um Bilhete em sua sala.

\\Arlequina-Harleen Quinzel\\

\\Flashback\\ON.

Asilo Arkham

- Pode me dizer como isso foi parar em minha sala. - digo com o papel em mão que ele deixou em minha sala.

- Eu coloquei lá.- Ele diz com os braços cruzados.

- Os guardas gostariam de saber que você saiu da cela.

- Se você preendendia contar já teria feito,sabe meu bem,eu gostei o que ouvir sobre a seu respeito,principalmente seu nome Harleen Quinzel,reformulando um pouco chegamos a Arlequina - Diz ele fazendo um círculo com os dedos e colocando em frente ao seus olhos.

- É como um personagem palhaça Arlequina,eu sei,eu já ouvir isso - digo limpando meus óculos!.

\\Flashback\\Off.

\\Flashback\\ON

Meu primeiro dia de faculdade de psiquiatria,chego na sala que irei estudar,sento na segunda fileira perto da porta e na penúltima Cardeira,e ao meu lado à direita na última Cardeira,vejo um homem meio misterioso,ele estava com uma jaqueta preta e com um Capuz cobrindo o rosto,e uma calça jeans escura. Decido conversa com ele,enquanto o professor não chega.

- Oi,qual é o seu nome?

- Jonathan,Jonathan Crane,e o seu?

- Harleen,Harleen Quinzel.

- Que nome lindo!.

- Obrigada- digo um pouco corada.

- Seu nome é como um personagem palhaça,o Arlequim.

- É....

\\Flashback\\Off.

\\Coringa\\

- Sim,eu admito,por mais anti profissional qua pareça,eu me apaixonei pelo meu paciente,uma loucura. - você disse, - nada disso,como uma jovem dedicada e voltada para a carreira você sentiu nessecidade de se abestir de tudo que era diversão,eu acho natural que sinta atraída por um homem que poderia a fazer-lá rir de novo - disse eu,Essa é nossa História o "Mas Love".

- Jonathan!.

- O quê!?.

- Jonathan Crane!.

- O Espantalho?

\\Arlequina-Harleen Quinzel\\

\\Flashback\\ON.

- E ai Espantalho- diz um menino dos olhos cor de mel e cabelos castanhos.

- Fala Diego- Jonathan diz sem jeito. Porque aquele menino o chamou de Espantalho.

- Tá podendo Espantalho,pegando a aluna nova,acho que ela vai gostar de ver sua face - Diego diz tirando o capuz dele,e revelando uma face com características de Espantalho.

\\Flashback\\Off.

- Sim esse é o seu apelido,eu o conheci pela primeira vez no meu primeiro dia de faculdade. - digo pensativa.

- E o que nossa história tem haver com ele!?.

- Harleen Quinzel é como um personagem Palhaça,o Arlequim,essa frase foi usada por você dois - digo com um ar sonhador.

- Então nossa história,"Mad Love",não significou nada?.

- Sim Pudinzinho,mas eu me lembrei do meu amigo Jonathan.

- Arlequina em momento algum eu te disse que você me chamava desse apelido,não percebe,você está se lembrando.

- Isso é bom!,mas você pode me levar até o Jonathan?.

- Arlequina você me deixa em cada situação.

- Então você me leva?

- Tá eu levo,mas primeiro deixa sua memória voltar.

- Tá,eu te amo Pudinzinho!! - digo puxando ele e o beijando.


Notas Finais


Reta final de O Resgate de June Moone,está em seus últimos capítulos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...