História O Retorno ao Makai - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yu Yu Hakusho
Personagens Botan, Kazuma Kuwabara, Keiko Yukimura, Koenma, Kurama Youko, Mestra Genkai, Personagens Originais, Yusuke Urameshi
Tags Yu Yu Hakusho
Visualizações 46
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Notícia inesperada


Fanfic / Fanfiction O Retorno ao Makai - Capítulo 2 - Notícia inesperada

Botan foi correndo, ou melhor, voando ao Ningenkai. Precisava urgentemente passar o recado que Koeenma havia mandando. Não demorou muito para que chegasse ao Mundo dos Homens, já era a noitinha. Ela chegou em Tóquio a procura de Yusuke, passou pelo restaurante dos pais de Keiko porém ela estava sozinha lá. Botan foi para o local que estava sem movimento e desceu de seu remo.
— Keiko!!
— Botan, que saudade!
As duas se abraçaram com alegria, a muito tempo não se viam desde o retorno de Yusuke do Makai onde prometeu casar-se com ela.
— Como vai as coisas, e Yusuke? Ele está? Vocês já se casaram? Me conte as novidades!
— Está tudo por aqui, ah o Yusuke? Ele tá no Kuwabara desde cedo aquele sem vergonha já era pra ter voltado pois íamos sair, aquele ali não muda e enquanto ao casamento ainda não casamos Botan, estamos ainda organizando tudo. E você me conta, quais as novidades?
— Então menina eu nã... Ih! Eu tenho que ir, Keiko nos falamos depois já tinha me esquecido!
— Esquecido de quê? Botan?! Ai ai, doidinha como sempre.

Botan deixou a amiga falando só e voou em seu remo,  Keiko que começou a rir da situação pois percebera que Botan não mudou "nadica de nada" como Keiko dizia. Ela entrou pra restaurante pois terminava de guardar algumas coisas para fechar. Nesses últimos anos ela só vem ajudado seus pais nele pois achava que eles mereciam algum descanso, como ela já havia se formado no colégio tinha então tempo de sobra para isto sempre ficando até mais tarde no estabelecimento. Botan chegou até que chegou na casa de Kuwabara e viu pela janela do quarto dele os dois conversando enquanto assistiam a algum filme, ela começou a bater na janela. Kuwabara que foi o primeiro a sentir sua presença dela se levantou indo até a janela.
— Botanzinha, quanto tempo!
— Sim sim, Kuwabara!
Disse ela pulando no rapaz o abraçando, Yusuke que assistia a cena levantou animado ao ver a amiga e correu até os dois.
— Botan o que faz aqui menina?!
— Yusuke!!! Que saudades de você! Até você reclamando faz falta, o louco!
Dizia ela agarrando o rapaz pelo o pescoço risonha feliz pelo reencontro. Ele ficava sem entender nada e ao mesmo tempo gostava daquilo de fato, havia sentido falta das maluquices, besteiras e as graças que ela fazia, até mesmo quando imitava um gatinho. Após alguns minutos eles se afastaram e ele finalmente disse.
— O que te traz aqui menina, aconteceu algo?
— Parece que sim Yusuke, o senhor Koenma  me mandou aqui.
— Ai tinha que ser, aquele baixinho só chama quando precisa.
— Pior que é verdade.
Concordava Kuwabara se sentando de novo e começara a comer seu lámen que estava aguardando baixar um pouco a temperatura para o mesmo feito.
— Parece importante Yusuke, preste atenção. O senhor Koenma quer encontrar vocês na casa da mestra Genkai cedinho, é! Por isso vim  o mais rápido que pude.
— Na casa da mestra, e o que houve Botan?
— Na verdade eu não sei direito, pelo o que parece ele recebeu uma carta do Makai e ficou bastante preocupado com isto, a princípio não queria te incomodar mas não houve jeito. AAAAAhhh sim, tem mais! É para você, Kuwabara e Kurama irem amanhã sem falta.
— Tudo bem, eu vou ligar pro Kurama. Diz aquele baixinho que estarei lá sem falta, agora me preocupei.
— Por mim tudo certo, a Yukina vai estar lá mesmo.
Dizia Kuwabara com a maior cara de bobo enquanto comia, ele finalmente criou coragem para pedi-la em namoro e ir até a casa da mestra vê-la já era algo que fazia parte da rotina dele. A garota lhe fazia muito bem, assim como ele para ela. Yusuke parecia irritado com a situação, ficava agoniado com o fato de ter que esperar pelo o outro dia para saber o que de tão grave havia acontecido.
— Isso está me deixando irritado.
— O quê Urameshi?
— Ter que esperar amanhã para saber o que acontece, fazer o quê.
— Maaaas mudando de assunto, me conte as novidades. Yusuke, esse casamento não sai não?
— Acho que ele está mais é enrolando a Keiko, Botan.
— Ah! Mas você é um mala mesmo, hein? Come seu negócio ai intrometido, ninguém te chamou aqui na conversa.
— Vocês não mudaram nada mesmo!
Os três caíram na gargalhada com a situação mas logo o ar de risos foi cortado pois Yusuke retomava a conversa.
— Vai sair Botan está quase tudo pronto, e... Eita! Me esqueci que tinha que sair com a Keiko. Valeu, valeu amanhã a gente se vê galera!
— Engraçado, sabe que eu estava esquecendo de alguma coisa e...
Botan parou de falar assim que viu que Yusuke já tinha ido embora deixando ela e Kuwabara no quarto que comia sossegado sem prestar muita atenção na conversa especialmente após a patada de Yusuke, pensou em revidar mas achou que naquele instante comer era algo mais importante que responder as provocações de seu melhor amigo. Botan então subiu em seu remo se despedindo do amigo. Pensou em falar com Shizuka mas tinha que  voltar logo ao Reikai para confirmar com Koenma que havia dado o recado e também que seria mais conveniente falar com a amiga depois pois estava com o tempo restrito diante de tantos acontecimentos que nem ela mesma sabia direto o que era. Complicado! 

Ela chegou ao Reikai logo, não demorava muito transitar entre os mundos e isso era um fato. Ainda mais para um espírito como ela sempre para lá e para cá, era bem mais simples ainda. Chegou até o local e se anunciou para entrar como sempre fazia quando saia e retornava. Quando Koenma percebeu a chegada da moça ordenou logo que ela entrasse.
— Cheguei!
— Bom, muito bom agora me diz criatura, falou com Yusuke?
— Sim, e Kuwabara também irão amanhã cedo até a casa da mestra.
— E Kurama?
— Yusuke vai falar com ele para ir também.
— Bom trabalho Botan, amanhã você irá comigo ao Ningenkai sei que você sente falta de lá.
— Posso ir também senhor Koenma?
Perguntou o ogro todo sem graça e com a esperança de uma resposta positiva.
— Só se forem pra se assustar com essa sua cara feia, claro que não aprendiz de chupa cabra.
— O senhor é muito mal comigo.
— Ah, que nada. Se me derem licença to indo dormir, fui.
Koenma foi se recolher e Botan se juntar as outras guias espirituais, o ogro voltou ao trabalho. E enquanto ao Ningenkai, Yusuke foi correndo ao encontro de Keiko que já estava uma fera com a demora do noivo.
— Keiko!
— Ah finalmente, que demora! Vamos logo antes que a sessão do cinema comece sem a gente. Eu vi a Botan, ela esteve aqui.
— Aí também?
— Sim estava a sua procura, já falou com ela?
— Sim, falei e embaixo desse angu tem caroço.
— Ai ai, e o que é?
— Ainda não sei direito, só que era pra eu encontrar o Koenma na casa da mestra  junto com Kurama e Kuwabara.
— Posso ir?
— Claro amor.
Dizia ele a beijando nos lábios de forma apaixonadamente intensa, eles se amavam muito desde muito novos. Keiko sempre esteve ali pra ele, sempre aturou suas babaquices, suas brincadeiras, suas fugidas da aula e o mais importante: o esperou quando foi ao Makai e passou três anos por lá. Agora, tanto tempo depois de caminhada e coisas que passaram finalmente irão se casar e isso a deixava muito contente. Naquela noite eles se dirigiam ao cinema para ver o filme, faziam isto da sexta a noite mas sempre procuravam coisas novas. Mas, aquela vinda repentina de Botan e o suspense e mistério de Koenma ou deixava incomodado, mas ele tentou não pensar muito naquilo enquanto estava com Keiko pois amanhã descobriria o que acontecia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...