História O Rockeiro e a Garotinha Inocente. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Castiel, Dajan, Dakota, Debrah, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya
Tags Amor Doce, Castiel, Lysandre, Rosalya
Visualizações 40
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Poesias, Shoujo (Romântico), Steampunk, Suspense, Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cara chegamos em 5 favoritos!
Espero que gostem!

Capítulo 3 - De volta pra casa!


Fanfic / Fanfiction O Rockeiro e a Garotinha Inocente. - Capítulo 3 - De volta pra casa!

Depois de 3 anos,  eu finalmente iria voltar pra casa! Claro que eu sentiria, falta das pessoas que conheci e também da minha mãe, mas estava morrendo de saudades, de Sweet Amoris da Rosalya e do meu pai, eu nem fazia questão de lembrar do Castiel altava poucos minutos pra eu ir embora e nó Aeroporto eu resolvi ligar pra Rosalya. 

-Alô! 

-Oi Rosalya! 

-Carol! Nem reconheci sua voz! 

-E faz um tempinho que a gente não se fala né? 

-E por que me ligou? 

-Eu vou voltar hoje pra casa, quer me buscar no aeroporto?! 

... 

-Rosa? 

-Você vai voltar hoje?!  Por que não disse antes!  Claro que eu te busco! 

-OK eu vou embarcar agora acho que as 3 horas e meia eu já estarem desendo do aeroporto! 

-OK então de busco lá! 

-Ta bom tchau!  Estou morrendo de saudades! 

Desliguei o celular e entrei no avião,  como presumi cheguei no aeroporto as 3 e meia, desci do avião e vi a de cabelos pratiados me esperando a Rosa acompanhada por Lysandre e um garoto de cabelos vermelhos, aposto que Rosa não me reconheceu então eu a cutuquei,  ela estava de costas. 

-Ei! 

-Oi quem e você?! -Falou a Rosa olhando pra mim. 

-Sério que você não me reconheceu?! -Falei com o tom de voz que ela estava acostumada. 

-Ca... Carol ? E você?! -Ela falou intusiasmada,  e em seguida Lysandre e o garoto ruivo olharam pra mim. 

-Quem você pensa que e?! -Falei sorrindo e a mesma me deu um abraço. 

-Você está tão linda e diferente! -Ela falou me apertando forte! 

-Caroline e você mesmo? -Falou Lysandre com seu jeito calmo e educado. 

-Gente vocês não estão me reconhecendo ?! -Falei dando risada. 

-Você está diferente, um diferente bom! -Lysandre falou isso e as minha bochechas queimaram. 

-E então como foi seu tempo longe de mim? -Falou o garoto de cabelo ruivo. 

Mas espera, e o Castiel! 

-Perdeu as falas ao me ver foi? -Falou o Castiel sorrindo. 

-Não eu apenas não esperava te ver... Mudando de assunto Rosa temos que ir vou fazer uma surpresa pró meu pai,  ele não sabe que eu estou voltando hoje -Entre lacei meu braço com o da Rosalya e andamos indo pra fora do aeroporto, ela se despediu do Lysandre e eu nem olhei mais pra cara do Castiel. 

Andando pra fora e se afastando... 

-Me diz quem deu a brilhante ideia do Castiel vir junto ? -Falei sussurando. 

-Na verdade ele veio com o Lysandre, eu não o chamado - el falou sussurrando. 

Andamos até minha casa. 

-Eu tenho que ir agora! -Falou a Rosa pondo a minha mala na frente de casa. 

-Obrigada por me ajudar. 

-De nada qualquer coisa me liga -Ela falou se retirando mas para -A e vai pra escola amanhã? 

-Claro! 

-Senta comigo na aula em! -Ela falou piscando. 

-Pode deixar -Abri a porta. 

Estava entrando quando... 

-Quem é? Carol?! -Falou meu pai sorrindo. 

-Sim - corri em sua direção e ele me apertou. 

-Minha princesa voltou! -Ele falou me levantando. 

-Voltei e estou super cansada! 

-Então descanse um pouco,  vou fazer um jantar especial pra você!

Eu sorri e voltei ao meu quarto que estava do mesmo jeito que o da última vez. Me joguei na cama. 

Acordei com meu pai batendo na porta. 

-Ei filhota, a janta ta pronta. 

-A sim já to desendo. 

-Sua mãe me ligou a uns meses atrás e falou que você estava fazendo aula de música,  e eu comprei isso de aniversário pra você! 

Era uma guitarra,  eu já tinha um violão das pela minha mãe,  mas e a primeira vez que tenho uma guitarra! 

-Obrigada pai! -eu o abraços forte. 

Depois desci e jantei depois de algumas horas fui dormir no dia seguinte acordei cedo, arrumei minha mochila e levei meu violão pra tocar durante o intervalo,  quando cheguei na escola o olhar de todos focavam em mim. Eu apenas os ignorei e fui ao meu armário. 

Em poucos minutos tocou o sinal e eu fui pra sala de aula, sentei me ao lado da Rosa e a aula acabou em poucas horas. 

A escola estava meio fazia, oque me deu liberdade pra tocar no pátio da escola. 

Comecei a tocar violão e em segundos a cantar,  uma mmúsica que eu avia escrito. 

Sempre penso em você. 

Mesmo estando longe. 

Se tiver eu sindo sua falta aqui. 

O calor da sua mão. 

Me aquece de alma e coração. 

Te juro que não vou partir. 

O sorriso em seu rosto quando olho em seus olhos. 

Me faz quer estar sempre perto de você. 

Quero ser tudo pra você ti proteger. 

E meu sentimento mais puro e seu. 

Duas almas se encontram como se fosse o destino. 

Uma vez na vida pode acreditar. 

Olho pró ceu e as estrelas estão a brilhar. 

Nos avisando que essa chuva ela já vai passar. 

Vamos nós amar emfim direi você e tudo pra mim... 

-Você canta muito bem! -Falou Castiel. 

-Há quanto tempo está me vigiando? -Falei seria

-Algum minutos,  esqueci de mencionar que você também está bem diferente! -Ele falou olhando pra mim de cima abaixo. 

-Sua namorada deixa você ficar olhando outras garota-falei guardando meu violão já me levantando. 

-Está falando da Debrah? Terminamos a alguns anos... 

-Nossa legal,  fico muito feliz por você! -Falei sarcástica. 

-Agora estou disponível,  pra você-Falou sorrindo de lado. 

-Valeu mas não rola, já te dei uma chance e você não a aproveitou -Levantei e fui ao corredor. 

O sinal tocou novamente estava indo, novamente pra sala quando alguém me puxou por um canto e me escostou na parede. 

-Mas oque?... Castiel?! -Falei sem entender,  ele pois o dedo na minha boca fazendo sinal pra eu ficar em silêncio. 

Ele se aproximou bem perto de mim, chocam meu corpo com o dele,  e me dando um beijo. 

-Mas oque... -Eu falei tão devagar como se estivesse entrando em outra dimensão. 

-Me da mais uma chance! -Falou ele baixo,  mas após ele falar parece que eu voltei pra minha realidade. 

-Não eu já disse você disperdisou,  a sua chance -Falei saindo de seus braços e andando direto ao corredor. 

-A mais uma coisa -olhei pra ele com raiva - não posso mais te chamar de tábua -Fiquei vermelha e bufei indo em direção a sala,  e pude ver ele sorrindo de lado. 

Entrei na sala e inventei uma desculpa de que estava passando mal no banheiro... 

Durante eu fiquei pensando a aula toda no Castiel,  será que eu estou gostando dele novamente?! Não consigo parar de pensar no beijo que ele me deu... 

Continua? 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, se essa fic chegar a 10 favoritos, eu faço o próximo cap hot!
Bjs e até o próximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...