História O Rockeiro e a Garotinha Inocente. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Castiel, Dajan, Dakota, Debrah, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya
Tags Amor Doce, Castiel, Lysandre, Rosalya
Visualizações 40
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Poesias, Shoujo (Romântico), Steampunk, Suspense, Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cara são 1:42 dá manhã! Estou escrevendo essa fic agora, e bem provável que ela saia as 2 ou 3 da manhã, e sim eu estudo a tarde, mas seis me pedem tanto... Oque eu não faço por vocês ne? Isso se chama amor... amor ❤
Bom e isso espero que gostem desse Cap!

Capítulo 4 - A surpresa!


Fanfic / Fanfiction O Rockeiro e a Garotinha Inocente. - Capítulo 4 - A surpresa!

A aula tinha acabado, saindo da sala me deparo com aquele ser, de braços cruzados e sorrindo maliciozamente (Notas da Autora: Não sei nem se essa palavra existe mas tudo bem), tento ignorá-lo e ando rápido, quando percebo que o mesmo me perseguia afazendoo passo, mas quando menos percebi o mesmo segurou meu braço, impedindo-me de correr.

-Pronto vou ser estrupada agora! -Eu penso, e suspiro frustada quando o mesmo me empurra em direção aos armários. 

-Hum... Por onde começamos ? - Ele me olha de cima a baixo, e sorri malicioso novamente. 

-Oque está pensando em fazer ?!- Pergunto e sou ignorada.

-...-Ele não fazia nada,  apenas me impressava contra os armários, me impedindo de sair e ficava me olhando.

Começo a ficar puta com a situação e tento me soltar, mas o mesmo me segura mais forte. 

-Mas que porra, vamos ficar só nisso?! -Pergunto irritada. 

-Então quer que avançamos ? - Ele sorri, em seguinte eu entro em desespero quando o mesmo começa a desabotoar, minha camiseta... 

-Mas oque ?! - Fico completamente vermelha, tento lutar mas ele tinha o dobro de força que eu - Não! Seu safado! Me larga! 

-Você fica tão fofa nervosa - Ele pisca e começa a expor as alças do meu sutiã. 

-Seu safado! Se e pra fazer isso seria melhor se não fosse no corredor da escola! - Falo indignada completamente vermelha. 

-Se e assim... -Ele liberta os meus braço, deixando eu arrumar a minha camiseta. 

-Muito obrigada! - Falei irônica completamente Puta da vida. 

-Eu te encontro mais tarde em seu quarto - Ele susurra. 

-Oi ? - Ele me Impresa novamente nos armários. 

-Vou estar no seu quarto as 22:00, esteja preparada, e dessa vez eu não vou parar... -Depois disso ele beijou meu percoço me fazendo arrepiar até a alma. 

-Idiota! - Falo invergonhada depois que ele vai embora. 

Indo em direção ao primeiro correndor me encontro com a Rosa. 

-Ta pode explicar... -Faz Rosalya, cruzando os braços. 

-Explicar oque? - Falo sem intender. 

-Como assim explicar oque? Você sabe muito bem,  sobre oque estou me referindo... 

-Rosalya,  eu realmente não estou intendendo - contínuo batendo o pé por não saber de nada. 

-Há não sabe? E sobre se pegar com alguém no corredor da escola! 

-Oque eu não estava pegando ninguém! Aquele safado que tentou abusar de mim! 

-Sei... Tome muito cuidado isso e aviso de amiga... -Rosa faz uma pausa dramática e sai do pátio. 

Exausta, e completamente quebrada, eu volto pra casa e me jogo na cama, e cara nessa hora deu uma puta vontade de sumir... Como de costume escureceu, eu jantei,  e então deu a "hora" De dormir, me deitei na cama passava dás 9 horas, comecei a mexer no meu celular,quando começam a tacar pedras na minha janela, levantei calmamente e fui olhar por ela, e quem era? Ele mesmo! Puta que pariu! Ele veio mesmo! Castiel tá aqui! 

 Tentei fingir que já avia adormecido, mas o idiota me viu e pediu pra eu abrir a janela, mesmo sabendo que o idiota iria abusar de mim, eu não tive outra escolha ou senão ele me pertubando a noite toda. 

-Oque veio fazer aqui? -Falo meio sonolenta. 

-Lembra do que eu prometi ? - Ele fala se jogando na minha cama. 

-Sim lembro mas volte outra hora!  Não estou disposta agora! - Falo o empurrando pra perto da janela. 

-Não! Estou afim de ficar mais - Ele sorri malicioso e me empurra na cama, ficando em cima de mim. 

-Me diz uma coisa...  Por que começou a correr atrás de mim?! -Falo o encarando. 

-Depois que você viajou eu percebi que não consigo  ficar sem você - Na mesma hora, ele passa a mão em minha coxa, e começa a subir a sua mão, chegando nos meus seios ele aperta, e começa a fazer movimentos excitantes com eles - a propósito você mudou... E está mais gostosa... 

-Eu sabia... -Meus olhos começam a lacrimejar - Você continua o mesmo safado idiota! - Eu o empurro e levanto. 

-... -Ele fica sem falas. 

- Então quer dizer que você veio atrás de mim, só por que eu mudei?! - Falo indignada com as lágrimas ameaçando a cair... - Quer saber vai embora! 

Ele sem exitar vai embora e não fala mais nenhuma palavra, depois disso eu só pude deitar na cama, e pensar em tudo. 

Continua? 


Notas Finais


Mais um cap terminado, as 2:53 estarei postando, espero que tenham gostado! Se chegar a 20 Fav ainda essa semana prometo postar novo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...