História O Rumo De Um Fracassado. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 296
Palavras 1.650
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aproveitem mais um cap! :3

Capítulo 3 - Os Uchiha.


Fanfic / Fanfiction O Rumo De Um Fracassado. - Capítulo 3 - Os Uchiha.

Faíscas explodiam de embate em embate entre as duas Katanas ali, apesar de um dos indivíduos ainda ser um estudante, ele conseguia quase se igualar na habilidade com lâminas, isso devido ao duro treinamento que durara três mesês, sem descanso, sem parar. Ainda mais porque seu sensei era um Uchiha e isso limitava muito as "folgas" possíveis para o garoto, não importava se fazia chuva, neve, fogo, eles estavam no mesmo lugar treinando.

A coluna do loiro se entortava ao máximo, seus olhos azuis eram refletidos na lâmina que passava a um palmo de distância de seu nariz, mas aquela posição não durou muito, afinal, eles estavam batalhando em uma velocidade extremamente rápida a qual aos olhos nus apenas vultos podiam ser vistos.

Itachi conseguia idêntificar frieza e calculo nos movimentos que seu pupilo realizava e mesmo sendo um curto período de tempo a qual eles treinavam incessantemente, o garoto absorveu algo de cada treino. Para o Uchiha, ele estava apenas abaixo de alguns Jounins da vila, ou outros gênios que mesmo sem o rank adequado conseguiríam bater de frente com o Uzumaki.

A lâmina era arremessada, e com movimentos circulares ela era interrompida pelos caninos afiados do garoto que conseguia sorrir naquela situação.

-Segurou com os dentes....-Itachi tentou segurar mas acabara soltando um leve sorriso também, a ousadia do garoto havia crescido também.-Você se parece com ele...

O Anbu piscara e puuf! O púpilo sumia, aparecia novamente em suas costas ameaçando a desferir um golpe, mas logo desaparecia novamente, reaparecia em cima, sumia! A velocidade que a Kurama lhe proporcionava era absurda.

O barulho de concreto sendo quebrado ecoava pelo impacto do punho afundando na cara de Itachi, que antes mesmo de Naruto comemorar, ele se transformava em corvos demonstrando que aquele não era o verdadeiro.

-Você consegue sensoriar mas ainda não tem total controle enquanto luta.-Os corvos se reagrupavam encima de uma árvore, formando Itachi novamente.-Parece que você perde a noção quando em movimento, e se não melhorar isso vai acabar sendo enganado fácilmente por quem domina a arte de se multiplicar.

Naruto se sentou todo suado e apenas assentia com a cabeça.

-Bom... Chega de Kenjutsu por hoje. Tenho que voltar para casa, não esquece de treinar os jutsus que te passei...

O loiro observava seu Sensei indo embora e rapidamente se levantou. A manhã era bonita, com uma brisa gélida suave que agitava seus fios o garoto começou a caminhar para fora daquele campo onde treinavam.

-O que acha que vai ser?

-Não faço idéia, ele parecia mais agitado hoje.

-Talvez esteja para acontecer. O chakra do outro garoto que sempre anda com ele desapareceu. Seu nome era Shisui não?

-Não sei o que Itachi planeja, mas com certeza vai ser grande.

Quem via o Uzumaki de longe nunca iria imaginar na extensa conversa a qual ele tinha com o ser em seu interior.

****

A luz do luar iluminava um pouco daquele caminho sem postes que Sasuke tinha que percorrer até chegar a província Uchiha, ele havia se esforçado um pouco mais naquele dia no treino de Shurikens e logo corria para poder ver sua família. Estranhou o profundo silêncio que aquela parte da vila fazia, pois a noite mal havia chegado.

Seu coração passou a bombear quatro vezes mais rápido quando se deparou com sangue nas portas da entrada do Clã. Rapidamente adentrou o lugar e seus olhos não queriam acreditar no que viam, corpos por todas as partes, paredes e solos ensanguentados em todo o lugar.-O qu-que é-é isso!?-Ele tentava falar mas sua voz falhava. A imagem que chegava em sua mente era desesperadora; se lembrou de sua família. Começou a correr afobadamente, de tal forma, que nem percebera o ser que se encontrava nos telhados ali perto.

Quando abrira as portas de casa se deparava com a pior cena de sua vida, seus próprios pais com a jugular cortada.

-Não.......

Logo atrás dos corpos Itachi o colocava em um Genjutsu, onde tudo o que ele acabara de fazer passava diversas vezes pela cabeça do pequeno Uchiha.

****

-Itachi... Antes que saía da vila, quero te perguntar duas coisas...

O shinobi com sangue por todas as partes do corpo se surpreendia com o garoto que surgia do nada atrás dos portões de Konoha.

-Você já devia estar dormindo, não?-O Uchiha dizia com os olhos inchados, parecia ter chorado por um longo tempo.-Se estiver dentro do meu alcance, irei te responder.

-Primeiro... Por que aniquilou seu próprio clã?-Os olhos gélidos do Uzumaki não se igualavam mais aos de seu Sensei que após ter matado tantas pessoas, já parecia ser uma pessoa totalmente superfícial.

-Isso eu infelizmente não posso responder e nem tenho tempo pra isso... E você não tem nada a ver com os Uchiha.

O garoto resolveu não insistir naquela pergunta.

-..E por que me ajudou a treinar?

Itachi deu um leve sorriso.-Você lembra muito um amigo que se sacrificou por essa vila...

O assunto iria continuar mas tanto Naruto quanto Itachi perceberam a presença de mais alguém ali.

-Vo-vocês!-Sasuke aparecia com as pernas bambeando, e com lágrimas por toda sua face.-É isso! Você deixava de me ajudar com os treinos para treinar ele não é!?-Agora ele parecia ter arrumado forças do além.-NÃO É!?-Começou a se aproximar com dificuldade em realizar os passos.-ELE TE AJUDOU A MATAR NOSSOS PAIS!? ME RESPONDE SEU MALDITO!

Itachi ativava seu Doujutsu ao máximo, colocando seu irmão em transe novamente.-Isso não devia ter acontecido.-Sibílava.-Não tenho mais tempo, Naruto, em breve nos encontraremos.-Ele terminava de riscar sua bandana por completo agora, e ao terminar de amarrar, seus olhos derramavam mais algumas lágrimas e com um sorriso falso ele dizia.-Sei que você não tem amor nenhum por essa vila, mas lembre-se... Se fizer algum mal a ela, eu irei te caçar.

O Uzumaki ainda perplexo por Sasuke os ter encontrado, tentava não pensar nas consequências daquilo.-Irei te aguardar ansiosamente, Sensei.-Dizia com um sorriso aparentemente verdadeiro nos lábios.

O Uchiha desaparecia em meio a corvos deixando apenas dois garotos ali, um desacordado e o outro tentando organizar suas idéias. Virou o corpo de Sasuke e percebeu que seus olhos estavam abertos, e o que mais lhe impressionou, é que o vermelhidão agora ganhava uma segunda Tomoe.

Naruto começou a andar vila adentro.

-Itachi tinha razão... Eu tenho que ficar mais atento na minha habilidade sensorial.

****

Todos na vila apenas comentavam aquilo, e como Sasuke teria sobrevivido ao ataque de seu próprio irmão. Uns o chamavam de gênio, outros falavam que Itachi teve pena.

Naruto apenas aguardava na calçada de sua casa sem porta, afinal, ele conseguia sentir chakra Km's de distância, apesar de não ter usado isso na noite anterior por descuido.

Ele se deparou com o Uchiha que ofegante o olhava de uma forma mortal.-Qual sua ligação...-Pegava ar.-Com Itachi?

Com o novo jeito do Uzumaki, ele não faria questão de responder a nada, poderia simplesmente lutar e ficar por isso mesmo. Mas conseguiu sentir a dor e o ódio nos olhos daquele, e logo se viu no garoto.-Faz três mesês que ele começou a me treinar. Ele não falava nada de sua vida pessoal, nós apenas treinavamos e nada mais.-A entonação fria do garoto não mudava nunca.

Sasuke o olhava dos pés a cabeça.

O loiro continuava a olha-lo.

-Eu nunca irei te perdoar.-Ele dizia enquanto começava a se distânciar.-E uma hora ou outra você vai pagar...

Ele apenas assentiu, Naruto podia ter morrido por dentro, mas agora considerava o moreno como um igual, e até mesmo o respeitava por ser irmão de seu sensei.

****

O entardecer chegara em Konoha, e Naruto se encontrava nos subúrbios da vila, ele passava por ali para chegar até sua casa. Mas algo o incomodava, um chakra "agressivo" aparecia e sumia de seu radar sensorial, o que indicava que a origem deste sabia ocultar a própria presença. E poucos tinham essa habilidade, o Uzumaki só tinha conhecimento de um que conseguia fazer isso com maestria; Uchiha Itachi.

Ao chegar em um beco vazio propositalmente o garoto proclamava com calma.-O que quer de mim?

Como resposta duas Kunais envoltas de eletricidade surgiam do nada, rapidamente Naruto desenbainhava até metade de sua pequena Katana alocada debaixo de seu moletom preto, as bloqueando com um único movimento.

Ele tornava a embainhar, a tornando praticamente invisível em suas vestes, afinal, um estudante com uma arma letal não era muito comum na vila.

Para a sua surpresa ele sentiu um dos chakras se aproximarem, mas sua mente acabou o confundindo, pois ele não conseguia enxergar nada a sua frente. De repente ele era arremessado contra a parede de muro atrás do mesmo, que acabara desmoronando encima do loiro.

-Ele está invisivel.

-SÉRIO KURAMA!? NÃO PERCEBI!

Os escombros do muro eram lançados longe pela liberação de chakra puro vinda do garoto. Com suas púpilas em vertical e seus olhos totalmente vermelhos, o garoto agora se concentrava totalmente em sua habilidade sensorial, era o único jeito de lutar contra seu oponente invisível.

Com a velocidade que Kurama conseguia lhe conceder, os passos rapidos do garoto lhe permitiu desferir um chute certeiro em alguma parte do corpo "daquilo" que ao ser atingido, perdia o chakra invisível que envolvia o próprio corpo, aparecendo assim um jovem mais alto que Naruto, com uma máscara Anbu. Mas aquela máscara não era muito comum, era diferente das que o Uzumaki conhecia.

Clap Clap Clap

Um velho surgia das sombras e aparecia ao lado daquele "Anbu", batendo palmas pesarosamente.-Incrível, talentoso, e prodigío.-Ele encarava diretamente os olhos vermelhos que o loiro possuía.

-Quem é você?

-Danzō Shimura, sou o líder do esquadrão Ne. Venho te observando, e suas habilidades seriam de grande utilidade para a vila.

-Não tenho interesse em organizações secretas dessa vila corrupta.-Impulsionou seu corpo para um dos telhados ali.-Não volte a me perseguir, ou serei obrigado a informar o Sandaime.

Danzō observava atentamente o garoto ir embora, enquanto esboçava um pequeno sorriso.

****


Notas Finais


Incrível que em apenas dois cap's você deram um montão de favoritos, isso me anima muito, vocês não tem idéia. E muito obrigado as duas pessoas que tiraram um tempinho para comentar aqui na minha história, é realmente animador ver que as pessoas se interessaram pela minha fic.

OBGDÃO =D

Logo mais sai mais um capítulo. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...