História O Rumo De Um Fracassado. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 281
Palavras 1.027
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~~

Capítulo 4 - A Primeira Vítima.


Fanfic / Fanfiction O Rumo De Um Fracassado. - Capítulo 4 - A Primeira Vítima.

-Mandou me chamar Sandaime Hokage?

O terceiro estranhava por não ter sido chamado de "Vovô" ou algo do tipo.-Sim... Recebi uma carta de alguém com todos os seus feitos e habilidades até então.-Ele erguia um pergaminho.-O teste Genin é hoje, mas lhe informo que não é necessário a sua ida no mesmo.-Com a mão livre, o Hokage jogava uma bandana preta para o garoto que pegava ainda no ar.

Naruto olhou para o velho em sua frente e apenas assentiu com a cabeça, começando a se retirar daquela sala.-Graduações são apenas nomes para mim, Hokage-Sama, mas agradeço pela consideração.

-Acha que foi Itachi?

-Bem provável.

O loiro esboçava um pequeno sorriso.

-Vá para casa, vou te ensinar uma coisa nova hoje.

****

Gotículas de suór percorriam todo o rosto de Sasuke da testa até seu queixo, que se balançavam por um momento e logo depois se espatifavam no solo.-Cansado Sasuke-Kun?-Uma voz de arrepiar todos os pelos do corpo, com sinismo usado em seu timbre, aquele era Danzō.

-Foi só isso?- O moreno dizia, usando a mesma quantidade de ironia que seu mentor. O garoto com muita dificuldade flexionava seus joelhos usando-os como apoio para se levantar.-Você não é grande coisa...-Disse tentando forçar um sorriso.

Danzō deixou o peso de sua cabeça cair para o lado com um sorriso horripilante.-É?-Suas pernas tomaram distância uma da outra, o Uchiha ao perceber ajeitou seu corpo para ficar pronto para seja lá o que seu inimigo fosse fazer. Piscou uma vez para que seus olhos focassem novamente no ambiente, porém, notou que o ser à sua frente não estava mais lá, assustado começou a olhar em todas as direções possíveis até se deparar com uma lâmina surgindo do chão, sob muita pressão, fez o que conseguiu para desviar, pulou para o lado como reflexo tendo sua perna sendo vítima de um corte fundo de raspão, sangue tingia o chão rochoso enquanto o eco repassava os gritos de desespero do garoto pelo aquele esconderijo subterrâneo de Konoha.

-O que aconteceu?-O Velho olhava diretamente para Sasuke que mesmo com seu Doujutsu ativo, não conseguia coloca-lo em uma ilusão.-Primeira lição que tenho que te passar.- Retirou a lâmina que estava fincada no chão.-Nunca...- Fora realizando passos curtos em direção ao Uchiha que sentia o medo tomar seu corpo de pouco a pouco.-..desrespeite um Sensei.

Tudo se escurecia e de longe era apenas possível ouvir alguém urrando de dor.

Cheia de suór e medo a garota se levantava em um pulo. Seus olhos verdes refletiam a pequena claridade que transpassava o vidro da janela do quarto, sua respiração afobada e o ambiente revelavam para a mesma que tudo aquilo não havia passado de um sonho. Seus dois pés tocavam o chão gélido, enquanto suas mãos tentavam conter as lágrimas que escorriam de seus olhos.-Sasuke..- Ela tentava falar mas não achava suas vozes para isso. Se levantou e abriu sua janela, deparando-se com um loiro muito diferente do que ela estava acostumada, em um telhado não muito distânte dali, aparentemente meditando.

Dessa vez ele se encontrava imerso totalmente e logo se encontrava cara a cara com Kurama.

Naruto percebia que o lugar onde a mesma residia não era mais um esgoto e sim um fundo branco infinito, sem nada, era como eles pisassem em um chão invisível.

-Você precisa treinar mais.

-Como assim?

-A parcela de poder a qual eu te dou é miníma, caso eu liberasse tudo o que tenho, provavelmente você explodiria de tanto chakra.

Naruto continou aguardando.

-O seu Taijutsu, velocidade e Kenjutsu melhorou muito, você se encontra em um nível totalmente diferente, mas pare pra pensar, quantos jutsus você possuí?

Ele nada respondia.

-Exatamente.-Kurama dava um sorriso sínico.-Agradeça por eu ser um chakra explosivo e com isso posso lhe conceder um elemento único; O fogo.

-Tá dizendo que vou aprender Katon?

-Não, estou dizendo que a partir do momento em que fui selada em você, tu automaticamente ganhou posse desse elemento. Só não sabe como usar.

Naruto agora começava a se interessar.

****

Todos os novos Genins se encontravam aglomerados na parte de fora da academia, todos eufóricos por terem conseguido se graduarem, mas um pequeno grupo de jovens ali se questionavam algumas coisas.

-Ficaram sabendo? Naruto e Sasuke se tornaram Genins sem nem fazerem o teste...-Dizia um garoto de cabelos longos e presos em um coque.

-Eu já esperava isso do Sasuke-Kun, ele é o único Uchiha sobrevivente.-Uma garota respondia.-Mas já do menino-raposa, fico surpresa, ele sempre tirou notas ruins, perdia em todas as batalhas, é um fracassado completo.

-É porque você não viu ele ultimamente, ele tá um gatinho!!

-Cuidado... Se algum Chunin ouve essa conversa, nós seremos punidos.-Outro dizia olhando para todos os lados.

O Nara que passava por ali apenas bufava."-Problemáticos". Ele sempre fora o gênio/preguiçoso da turma e por isso conseguira sua bandana sem nenhuma dificuldade."-Agora as coisas só vão ficar mais complicadas... Logo menos vou ter que me inscrever no teste Chunin...Tsc". Seus passos lentos rumavam em direção ao segundo prédio da academia, pois a formação de times era marcada no mesmo dia.

Shikamaru adentrou a sala que estava mais ou menos cheia e se sentou no fundo. De pouco em pouco os Genins foram entrando e se sentando em lugares alheios, quando Sasuke entrou mancando a sala inteira começava a cochichar, Sakura o fitou e lembrara do pesadelo que teve aquela manhã. O moreno se sentava encostado na parede em um dos primeiros lugares.

Iruka começava a anunciar os times.

****

Os grilos emitiam sons, as árvores pareciam dançar junto ao vento e a lua se fazia presente em mais uma noite calma, mas não para aquele homem.

-Por favor, eu te imploro!

Os olhos gélidos do garoto o fitaram e um sorriso maléfico se fez presente no rosto do garoto, que com sua pequena Katana, transpassou o pescoço daquele homem, chegou com seus lábios do lado da orelha do mesmo e sibilou.-Eu cheguei a te pedir perdão, e mesmo assim, você quebrou minhas duas mãos.

Ele agonizava por um momento com o sangue saíndo pela sua boca. E ali estava o loiro, do lado de um corpo morto, o primeiro que ele havia matado.


Notas Finais


~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...