História O Rumo De Um Fracassado. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Exibições 281
Palavras 1.595
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como o próprio titulo diz, quatro anos se passaram depois do capítulo passado.

A partir de agora, a história realmente começa. Espero que continuem me dando o apoio de sempre! (Y)

Notas finais importante.

Capítulo 5 - E 4 anos se passaram.


Fanfic / Fanfiction O Rumo De Um Fracassado. - Capítulo 5 - E 4 anos se passaram.

Uma claridade repentina cegava parcialmente a visão sensível do prisioneiro, ele só ouvia o ranger daquelas portas na hora do almoço, pois era o único momento em que davam a comida.

-Como se sente em ter que ficar aí pelo resto da sua vida?-Um dos guardas que jogavam um prato de madeira com algum resto de comida dizia com um sorriso sarcástico no rosto.

O Uzumaki apenas o olhava ainda tentando se acostumar com a claridade do lugar, sua respiração era calma, e o silêncio prevalecia como resposta.

-Não binque comigo!-O guarda esmurrava a cela ecoando o barulho pela solitária onde ambos se encontravam.-Se eu te pergunto alguma coisa, você me responde!

Mas nada... Ele continuava sem dizer nada. O guarda respirava algumas vezes com o intuito de se acalmar, seu rosto estava cheia de veias saltadas, e um pouco de suór escorria por debaixo da bandana daquele ser.-Muito bem... Continue aproveitando a solitária.-Ele ia se retirando, e logo a escuridão de antes voltava por todo aquele ambiente onde o Uzumaki se encontrava.

Mas não fazia muita diferença, um segundo era o suficiente para ele não estar mais ali.

-O que vai ser hoje?-Ele perguntava para uma linda adolescente, que possuía olhos vermelhos e pupílas verticais, corpo bem desenvolvido, e risquinhos no rosto parecido com os de Naruto.

-Você ainda não conseguiu aprender o jutsu do seu pai, vai continuar tentando.-A garota emburrava a cara, enquanto se recostava num tronco de árvore por ali.

-Você me ensinou o básico ontem, me dá um tempo pra aprender né...-Ele extendia a mão concentrando todo o chakra possível ali, e por consequência, uma esfera dourada tomava forma, mas em seguida ela sumia.

-Looser.-A garota dizia com os olhos fechados.

-Sabe Kurama... Desde que mostrou sua verdadeira forma, eu curto cada vez mais você.-Ele dizia com um sorriso malicioso no rosto.

A garota corava e em uma fração de dois segundos uma fumaça aparecia por ali, e o que era uma garota linda se transformava numa criatura gigante.-Você anda muito ousado.-A voz grave era capaz de arrepiar qualquer um.

-Sou assim só com você, não precisa ficar com cíumes.-Ele dizia enquanto tentava manter a esfera de chakra por mais tempo, mas sem sucesso.

-Tsc...

--

Um Naruto ofegante se sentava naquele gramado, depois de horas tentando realizar o jutsu e nada de conseguir.

-Sabe... Você decorou muito bem meu interior.

A raposa gigante triscava no chão, e logo, tudo se tornava branco.

-Sem descanso, continue tentando.-Ela voltava a apoiar a cabeça na pata.

Naruto esboçava um pequeno sorriso. Ele voltava a ter doze anos quando se tratava de Kurama, pois era a única que havia o recolhido e o ajudado quando mais precisou. Eles tinham uma ligação muito forte.

-Não esquece que eu também mando aqui.-O loiro estralava os dedos e logo uma cachoeira surgia. Ele dava um mergulho por ali, e quando voltou a superfície, ficou embaixo da queda de água e logo olhou seu próprio reflexo. Ele estava significamente maior, seu cabelo rebelde estava até a cintura e com bastante volume, e o que antes era vermelho até as pontas, agora impregnava até a metade do cabelo do garoto. Seus caninos estavam mais pontudos, e seus olhos eram mais claros, além de que claro, seu corpo havia evoluído também.

-Acabou o descanso.-Mais uma vez tudo desaparecia.

-QUAL FOI KURAMA?-Dizia ele desolado enquanto ficava sentado no vácuo branco.

****

Hinata abria a porta e de cara já tinha seus lábios tomados, seu corpo fora empurrado com certa força contra a porta e o garoto animalesco como sempre enfiava as duas mãos dentro da calça da mulher de olhos emperolados que tentava respirar.

-Kiba... Vamos entrar ant...

Ela tentava falar mas uma nova sequência de carícias se iniciavam, agora ele lambia, chupava e mordiscava o pescoço dela. Eles foram adentrando a casa se agarrando, com o pé Kiba chutava a porta e ela batia com força.

-Meu pai vai chegar daqui a pouco...-Ela dizia em meio a gemidos baixos e uma respiração afobada, mas Kiba não conseguia parar, começou a retirar a própria camisa enquanto subia seus lábios para a orelha direita da garota e com a voz bem baixa, sussurrou; "-Eu não ligo."A garota se arrepiou toda e ambos se jogaram no sofá da sala, naquela posição, entrelaçou suas pernas no corpo apenas metade despido do rapaz.

-Isso..-Ela dizia no ouvido dele, enquanto ele continuava a acaricia-la.-Continua Naru...-Ela paralisou.

O garoto parou na mesma hora e rapidamente se levantou ali.

-Me chamou do quê?-Ele dizia já com uma feição de ódio na cara.

-Kiba, eu...

-Você nada!-Ele colocava a camisa novamente, e com passos fortes se retirava daquela casa, batendo a porta com força.

Hinata virava na cama e seus olhos já se enchiam de lágrimas.

****

Ele colocava o último punhado de flores no túmulo de seu pai, ficava ali por uns dois minutos olhando para o nada e logo dava as costas.

-Sasuke... Seus olhos.

As três tomoes estavam em meio a todo aquele vermelho sangue e uma lágrima escorria o rosto do garoto.

-Incrível....-O Hyuuga dizia.

-O quê?-O Uchiha limpava rapidamente, e voltava a ter sua face indiferente como sempre.

-Todas as pessoas que conheço da Anbu NE não lembram nem de seu próprio nome, mas você ainda consegue ter sentimentos.

-Eu não sou oficialmente da raiz.-Sasuke dizia abruptamente.-Apenas trabalho pro Danzou em troca de treinamento. Se eu fosse da raiz, eu provavelmente estaria paralisado agora, pelo selo que ele coloca em seus membros.

Neji o olhava curioso.

-E você não acha que ele te treinaria porque é um cara bonzinho, né?

-Claro que não...-Ele agora voltava a ter seus olhos normais.-É óbvio que ele quer o Sharingan no final das contas.

Os dois agora saíam completamente do cemitério, dando de cara com um Kiba muito nervoso.

-Aquela otária...-Dizia para si mesmo.

-O que foi Kiba?-Sasuke dizia enquanto o encarava.

-Hinata disse o nome do garoto raposa antes da gen..-Lembrou que Neji estava ali, e corou instantâneamente.-Gente se beijar.-Completava comendo um pouco das palavras.

"Tsc" Sasuke olhava para baixo quando ouviu sobre ele, Flashbacks de seu irmão vinham a tona toda vez que falavam dele.

-Vai fazer quantos anos que ele está na masmorra?-Neji se pronunciava tentando tirar a atenção de Kiba no Uchiha.

-Sei lá, uns cinco ou quatro, acho que ele vai ficar o resto da vida lá.- Batia com o punho na outra mão dando um sorriso arrogante.-Se ele não tivesse por lá, pode ter certeza que eu iria espancar cada átomo daquele filho da puta.

Os outros dois o fitaram.-Você sabe que ele matou pelo menos onze pessoas em uma noite, não? E seis daqueles eram Chunins na época, e ele apenas um estudante recém formado.-O Hyuuga arqueava a sombrancelha enquanto falava.

-Não me importo, hoje em dia ele deve estar podre e enferrujado na cadeia, só queria que ele aparecesse na minha frente.

Sasuke  sentia seus punhos começarem a tremer de raiva.-Logo ele sai...-Pensou consigo, e de repente começou a andar, deixando seus amigos para trás.

-Não acha que Sasuke vem treinando muito ultimamente?-Kiba perguntava com as duas mãos segurando a nuca.

Neji apenas fitava o Uchiha de longe.

****

-Alguém tá vindo...-Naruto dizia enquanto deixava mais uma esfera de chakra se esvair, mas agora ele conseguia mantê-la por mais tempo.

-Sim, eu sei

Novamente seus olhos se viram na escuridão, e do nada aquela luminosidade chata reaparecia, as portas se abriam e agora quem entrava era um velho com o corpo todo enfaixado.

Naruto se surpreendia por dentro ao se deparar que não era o guardinha de sempre que vinha o alimentar.

-Quanto tempo hã...-Ele se pronunciava primeiro, mas não obtinha resposta alguma, apenas um olhar congelante do garoto.

-Não precisa me responder, eu apenas vim salvar sua vida...-Agora ele se agachava em frente as barras de ferro.-É uma proposta, os conselheiros concordaram em te soltar se você fazer parte da Anbu NE, e terá que servir ordens vindas diretamente de mim.

O loiro ainda assim nada falava.

-Mas já tivemos essa conversa antes, sei que você odeia todos e tudo dentro do nosso sistema, por isso venho te oferecer uma proposta.-Ele se levantava novamente.-Eu finjo que você faz parte do sistema, mas você não vai fazer, você não vai conhecer nada da Raiz, apenas vai fingir conhecer.-Ele esboçava um sorriso.-E claro, vai fazer coisas que eu mandar por um ano inteiro.-Ele parava por um segundo para analisar o rosto sem emoção do garoto que o fitava diretamente nos olhos.-Em troca de assassinar alguém que talvez só você consiga.

O silêncio ainda era a resposta, mas Naruto não conseguiu conter a feição de assustado ao saber de quem se tratava.

-Uchiha Itachi.-Sua mão ia diretamente para seu olho tampado.-Ele tem algo que eu quero... Eu mesmo iria atraz dele, mas não posso por contratos internos da vila.

-É uma chance.-Kurama dizia na mente de Naruto.

Danzou se impressionou com o quanto a voz do garoto havia se tornado grossa, e agora ele exalava um instinto assassino apenas com a forma de se comunicar.

-Eu aceito, mas terá que me dar moradia, comida, e se tentar roubar algo dentro de mim...-Danzou podia ser forte, mas ele não deixou de sentir um frio na espinha naquele momento.-Eu te estraçalho.

Danzou ficou quieto por um momento, mas logo dera uma pequena gargalhada.-Ótimo, acordo feito, você vai ser solto por alguém amanhã... Te dou um limite de três mesês pra conseguir o que quero, caso contrário você volta para a cela.

Ele se retirava do local, deixando um Naruto sorridente na escuridão.

****

 


Notas Finais


Sasuke não se tornou tão frio quanto no Shippuden.
Kurama é gostosa msm, >__>

Espero que curtam. :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...