História O Sádico e a submissa - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Dominação, Romance, Submissão
Visualizações 57
Palavras 783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - Casa nova


- O quê você está dizendo 

- É Helena eu me apaixonei por você,  pelo seu jeito de ser,  você é uma mulher independe,  autêntica,  sabe sempre o que quer é decidida,  e é  essa mulher que está me mudando. Helena eu nunca senti isso, nunca com ninguém e por ninguém. Você sabe o quanto é difícil pra mim abrir o jogo desse jeito .

- Eu quero acreditar em você,  te juro quero muito, mas não sei até onde está disposto ir só para ter uma submissa,  você mesmo disse que fez o que foi preciso para que Gisele fosse sua submissa  

- Helena isso não tem nada ver, por favor acredite em mim querida, o que quer que eu faça para que você acreditar em mim.

- Me dá um tempo por favor eu preciso digerir tudo isso.

- Está bem, vou espera-la,  o tempo que for.

- Não sei se irei procura-lo novamente. 

- vou esperar o tempo que for necessário,  não importa,  e mesmo que você não queira mais me ver eu tentarei quantas vezes forem necessárias te reconquistar. Adeus Helena e não esqueça que estarei te esperando. 

- Adeus Damon. 

Helena desaba em lágrimas 

Como vou saber se você não quer apenas mais uma submissa?  Como vou saber se realmente está apaixonado por mim, não sei se devo acreditar em você, mas meu coração me castiga, minha vontade era de beija-lo, abraça- lo, sentir seu cheiro que não sai de mim, "Ah Damon o que farei ? O que farei ?!"

Damon

Ah minha doce Helena, espero que acredite em mim, fui sincero como nunca antes na vida, meus sentimentos são sinceros, quero te-la ao meu lado, mas o que farei para que acredite em mim ? 

Os dias se passam, Damon não aguenta mais, Helena não o procura.

Damon 

Helena porque não me liga ? Porque não me procura; sera que me esqueceu ? Será que já não me quer mais, não sente minha falta ? Quero tanto ouvir sua voz, sentir seu cheiro, o calor de teu corpo dos teus lábios... Ah Helena volte pra mim Baby.

Helena 

Hoje volto a minha rotina, ao meu trabalho, minha rotina é hora de seguir em frente,  estou decidida a esquece-lo, esquecer o que vivemos,  espero não vê- lo mais , irei pedir para papai me mudar para a empresa de Lisboa, vou para bem longe daqui. 

- Olá Marrie,  como tem passado ?

- Srta Helena,  muito bem, e você? 

- Bem obrigada,  meu pai está? 

- Sim está em sua sala.

Helena vai até a sala de seu pai

- Helena,  minha filha, que saudade como foram as férias? 

- saudade de você também papai minhas férias foram ótimas obrigada 

Meu pai não soube do acidente de avião graças aos contatos de Damon.

- Papai gostaria de ir para a empresa de Lisboa. 

- Porque minha filha ?

- Gostaria de me mudar para la, respirar novos ares você me entende 

- Claro filha,  amanhã mesmo vou fazer sua transferência para Lisboa então 

O dia de Helena foi como de costume,  depois de seu trabalho,  foi para casa arrumar suas malas.

Damon

Minha querida,  me contento em apenas ver você de longe,  continua linda, cada vez mais, não sabe o quanto sinto sua falta. Amanhã voltarei aqui para ver você novamente querida.

Helena 

Que sensação estranha, olho em volta, somente carros devo estar ficando paranóica. 

De malas prontas, Helena vai em direção ao aeroporto,  espera alguns instantes e seu vôo sai.

Damon 

Aqui estou eu novamente,  apenas para ver você querida, chego estar ansioso para ver sua beleza

O horário se adianta e nada de Helena aparecer, a empresa fecha.

Helena não veio trabalhar hoje será que está doente ? Ou será que aconteceu alguma coisa ?


Casa nova

Vou ficar nessa casa, ganhei de presente de meu pai, o bairro parece ser um lugar bom, a cidade é tranquila,  mas meu coração se angustia. Mas não vou ficar aqui parada pensando, amanhã mesmo irei a empresa conhecer meu novo ambiente de trabalho. 

Agora só preciso dormir.

No dia seguinte...

Helena 

Finalmente um novo dia, vou até a padaria da esquina tomar café.

Damon 

Minha insônia não me abandona, não consigo dormir direito desde a última vez que vi Helena, Quem diria "Damon Hill  sentindo a falta de alguem" essa mulher realmente mexeu comigo. 

De repente uma idéia ...

Claro comprarei outra casa assim irei falar com ela mas sem pressão. 

Me levanto animado e vou até a empresa. 

- Bom Dia eu gostaria de adquirir um novo imóvel,  de preferência com a Srta Helena McCarthy. 

- Bom dia , não será possível, a Srta Helena foi embora para... outra cidade

- para onde ela foi ?

- Não tenho permissão para dizer senhor me desculpe. 

Damon simplesmente vira as costas e vai embora. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...