História O segredo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Mistério, Revelaçoes, socorro, Suspense, Violencia
Visualizações 25
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii
Mais um cap para vocês
espero que gostem
boa leitura

Capítulo 9 - Não o machuque, por favor!


Fanfic / Fanfiction O segredo - Capítulo 9 - Não o machuque, por favor!

Yumi Pov’s

-É por que isso já aconteceu com ele, ele foi traído – Falo olhando fixamente para ela quero ver a reação dela.

Ela fica pasma, seu queixo cai e vejo uma fúria incontrolável aparecer em seus olhos castanhos, ela fala com uma voz de fúria, mas controlada.

- Quem foi a vadia?

E nesse momento percebo que poso confiar isso a ela.

- A história é simples vou lhe contar:

Autora pov’s

7 meses atrás flashback on.

Bruno anda animadamente pelas ruas da cidade em direção à casa de sua namorada, seu sorriso no rosto é impecável e seus olhos tem um brilho irresistível, vestia uma roupa simples, mas muito elegante, trajava uma calça jeans, uma camiseta solta cinza clara e um tênis adidas branco, estava assim, arrumado e alegre, porque iria levar sua namorada para jantar pera comemorar os 9 meses de namoro entre os dois, ele queria fazer essa surpresa a ela, ela não sabia que ele a convidaria para jantar.

Bruno chegou à frente da casa de sua amada cheirou o buque de rosas que trazia consigo para ela, respirou fundo e abriu a porta com a chave extra que tinha, ao entrar percebeu que a casa estava muito calma e quieta, mas aos fundos ele conseguia ouvir leves e baixos gemidos estranhando isso ele subiu as escadas em direção ao quarto dela e abriu a porta abruptamente, ao fazer isso se arrependeu, pois sua “ex” amada estava nua e deitada com um de seus ex colegas de  cueca box, os dois estavam transando, Bruno pasmo deixa o buque cair no chão, ela por sua vez se alevanta e vai ate ele o abraçando e tentando se desculpar, Bruno simplesmente fica sério e se separa do abraço dela a jogando longe e dizendo:

- Seus idiotas, imbecis, nunca mais olhem na minha cara ou se aproximem de mim.

Dizendo isso ele virou as costas deixou a chave reserva cair no chão e saiu da casa, se manteu firme até dobrar a esquina, então ele começou a correr e a chorar às vezes tropeçando em seus pés, mas conseguiu chegar em casa, subiu as escadas correndo e entrou em seu quarto batendo a porta fortemente seus pais foram ver o que estava acontecendo, mas ele não os deixou entrar, seus pais desesperados chamaram Yumi para ver se ela conseguia conversar com ele, Yumi chegou pouco tempo depois e ao bater na porta de Bruno e se identificar ouviu a porta do quarto ser destrancada e assim entrou sozinha, se deparou com um Bruno chorando deitado de qualquer jeito na cama, ela se aproximou, levantou a cabeça de Bruno delicadamente, sentou e colocou a cabeça dele em cima de suas pernas e ficou ali passando a mão pelos cabelos de Bruno e acariciando suas costas, ela não sabia o motivo daquilo e nem precisava saber, só queria acalmar seu irmão e para ele aquilo já era de grande ajuda, o celular de Bruno começou a vibrar avisando a chegada de varias mensagens, Yumi viu que o celular dele estava no bolso de sua calça ela delicadamente o tirou de la e olhou as mensagens, leu uma por uma das que chegaram e assim descobriu o que acontecera, Yumi nunca gostara da namorada agora ex de Bruno, e com isso agora a odiava, ela desligou o celular o colocou na cômoda, e ficou ali passando a mão sobre os cabelos de Bruno até o mesmo adormecer, quando isso aconteceu ela se levantou, tirou o tênis de Bruno e o ajeitou na cama, colocando uma coberta por cima do mesmo, depois saiu do quaro fechando a porta atrás de si e indo para a sala de onde ouvia gritos de uma certa vadia, Yumi apareceu na sala, se aproximou da ex de seu irmão e falou com ela.

- Escuta aqui sua vadia, quem você pensa que é pra invadir a casa dos outros e ficar gritando feito uma gralha, vou lhe avisar apenas uma vez, se aproxime do meu irmão ou da casa dele novamente e eu irei garantir que você não acorde por um bom tempo.

E dizendo isso Yumi deu um soco na cara da ex de Bruno, isso fez com que saísse sangue do nariz dela e que ela fugisse correndo, Yumi passou o resto da noite ali e ajudou Bruno a se recuperar de tudo pelos meses que se seguiram.

7 meses atrás flashback off.

Yumi pov’s

Termino de contar a história para ela e a vejo ficar boquiaberta, refletindo por um momento para depois ela da uma leve risada e finalmente falar.

- Gostei da sua atitude – Nós duas rimos e ela voltou a falar – Não sabia disso e agora admiro o Bruno ainda mais por ele ter conseguido superar tudo isso e dar uma nova chance ao amor e não se preocupe, jamais o machucarei e se eu fizer isso, por favor, garanta que eu vá para em um hospital em coma.

 Soltei uma leve risada e respondi:

-Com toda certeza.

E assim começamos a rir Bruno chegou com o salgadinho e se sentou.

- E então sobre o que estão rindo? – Pergunta ele curioso.

- Nada não. – Digo pegando salgadinho.

Ficamos ali comendo ate dar umas 5:40 e depois fomos para a academia, fizemos a academia normalmente e cada um foi para sua casa, chego em casa janto, tomo banho, me arrumo e vou dormir, pensando em como o meu segredo está numa hora dessas.

Mal eu sabia que meu segredo estava ameaçado.

 

Continua

 

 

 


Notas Finais


espero que tenham gostado.
muito obrigada por ler
favoritem se quiserem
e comentem o que acharam, isso é muito importante para mim de verdade.
beijossss até o próximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...