História O Segredo de Lia - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoom, Rapmonster, Suga
Exibições 9
Palavras 543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!!
Mais capítulo pra vcs.
Esse capítulo é bem pequeno, por ser apenas o sonho/pesadelo de Lia enquanto ela está em coma.
Espero q gostem

Boa leitura!!

Capítulo 2 - Entre Sonhos e Pesadelos


 “Acho que estou morta. Não sinto meu corpo, aliás eu não sinto nada, parece que meu corpo flutua, posso acreditar que agora estou livre?? Tento mexer meu corpo, mas é como se eu não pudesse controlar ele. Não há som nesse lugar e eu não sinto nenhuma presença definitivamente aqui não há ninguém, apenas eu, estou só... Como sempre estive... Quero chorar, quero gritar, mas continuo sem sentir meu corpo...

- Lia...

Uma voz, então têm mais alguém. Essa voz... Não é a mesma voz de antes, quem será?

- Quem é você? – Tento perguntar mas não ouço minha própria voz, apenas penso.

- Sou uma amiga... Abra os olhos Lia, você precisa abrir os olhos... 

Me esforço para tentar abrir os olhos como a voz me pediu, a voz dela é doce, seria minha amiga mesmo? Respiro devagar, no fundo apenas estou com medo. Medo de que me façam ficar presa aqueles aparelhos novamente, não quero voltar para lá. Acho forças para abrir os olhos, a vejo...

- Sei quem você é...

Ela sorri pra mim fechando os olhos, ela é linda. Eu sempre a vejo quando estou nos aparelhos e sempre torço por ela, no final somos amigas mesmo, ou melhor estamos presas juntas, isso nos faz ser amigas.

- Você precisa voltar agora, precisa ser forte.

- Não quero voltar, não quero ser forte.

- Mas precisa... Vamos ajudar você a sair daqui... Você quer sair não quer??

- Quero!! – Meu maior sonho era sair dali, nunca sai. Nunca vi o sol, nunca vi outras pessoas que não fossem daquele lugar, nunca chamei esse lugar de lar. Sair era um sonho, mas parecia ser tão impossível...

- Ótimo... Então agora volte e logo sairemos daqui.

Lia abriu os olhos, estava um tanto tonta ainda, não soube identificar o local onde estava, com certeza não era a sua cela. Tentou forçar a visão e logo viu a moça de roupas brancas se aproximando. Ela pegou uma pequena lanterna no bolso e logo em seguida usou a lanterna para poder olhar em seus olhos, passou a mão em sua testa verificando se estava muito quente, utilizou-se do estetoscópio para ouvir os seus batimentos cardíacos, após o breve exame ela anotou tudo em sua prancheta e saiu, não disse nenhuma palavra, agiu durante todo o tempo de forma robótica.

Lia tentou se mover mas estava presa na cama, suas mãos e pés estavam presos, estava do jeito que sempre esteve, presa. Via-se dessa forma, indefesa e sozinha. Ouviu passos e a porta de vidro abriu, o senhor de jaleco branco e cabelos grisalhos entrou ajeitando o óculos no rosto.

- Bom Dia Lia! Espero que esteja se sentindo melhor.

O médico aproximou-se da menina, que o observava com terror nos olhos, ela não sabia o que fazer, seu coração saltitava de medo. Não queria voltar para a sala de testes, queria sumir dali o quanto antes. Ela sabia que mais cedo ou mais tarde voltaria para a sala, olhou para o outro lado do quarto, avistou os olhos vermelhos, como ele estava ali? Ao lado dele a jovem de cabelos verdes, eles sorriam para ela. Estava louca era isso, só podia ser isso, não havia outra explicação para ver aqueles dois apenas a loucura.  


Notas Finais


Uma amiga hein??
Hummm veremos no que isso vai dar
Até o próximo!!

Bju bju


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...