História O Segredo dos Dois - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Confições, Love, Narusasu, Sasunaru, Uchiha, Uzumaki
Visualizações 141
Palavras 2.405
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem a demora
Espero que gostem
não me deixem
boa leitura
beijão
amo voces
<3

Capítulo 27 - Vingança?


Fanfic / Fanfiction O Segredo dos Dois - Capítulo 27 - Vingança?

Naruto retorna a vila levando Sasuke em seus braços, sempre que olhava para ele sentia o ódio que tanto lutou para controlar, a missão seria dada como perdida e provavelmente ele seria punido, mas nada importava agora… eles haviam tentado matar Sasuke, simplesmente por ele ser um Uchiha, nem se quer haviam lhe dado uma chance para se explicar ou para provar que não estava ali para machucá-los e Naruto estava decidido a fazer o mesmo com eles

– Vovó Tsunade – Naruto entra com tudo na sala da Hokage – preciso de você AGORA, quer dizer, Sasuke precisa – Ele a puxa ate o hospital, onde havia deixado Sasuke para que ele descansasse.

Tsunade olha para cena um pouco assustada, não era comum ver Uchiha Sasuke naquelas conduções, normalmente ele sempre voltava com danos leves em missões onde vários morriam

– O que aconteceu? – ela pergunta enquanto vai ate o Uchiha e começa o processo de cura – Naruto, quem fez isso com ele? – Naruto nega com a cabeça, ele não sabia quem havia feito aquilo, mas todos pagariam bem caro, com exceção do velhinho e da criança que haviam ajudado a eles – tem veneno inibidor de chakra no organismo e os olhos estão furados… mas, nada que eu não possa resolver.

Tsunade manda Naruto chamar Sakura, que já havia voltado da missão, para que ela pudesse ajudá-la no processo de recuperação do olho, pois os danos não haviam sido dos mais leves, aquele processo seria delicado e bastante arriscado, pois um corte errado e ele poderia perder bem mais do que apenas a visão.

– SAKURA-CHAN – Naruto corre ate ela assim que a vê, Ino e Asuma estavam com ela conversando sobre alguma coisa que Naruto não fez nem questão de ouvir, simplesmente a pega pelo braço e sai puxando – Tsunade mandou te chamar, ela quer que você a ajude… – Naruto faz uma pausa nas palavras antes de continuar, mas dessa vez sua voz estava apenas um sussurro – é o Sasuke … – o coração de Sakura dispara no peito ao imaginar Sasuke ferido.

Eles correram em direção ao hospital onde Tsunade já estava esperando, ela olhou para eles e sorriu, aquilo era um bom sinal, ele ficaria bem. Sakura entra na sala enquanto Naruto esperava do lado de fora, não aguentaria ver Sasuke naquelas situações.

Ele havia falhado com Sasuke, pelo menos era o que sentia. Minutos depois da operação Naruto entra na sala, Sasuke estava parcialmente deitado na cama com os olhos enfaixados. Apos passar uns segundos olhando para ele sem saber o que fazer ou o que falar finalmente o silêncio é quebrado.

– Me desculpe por deixar isso acontecer com você – Naruto abaixa a cabeça enquanto segura forte a mão só Uchiha – prometo a você que não vai ficar assim, cada um deles pagarão caro pelo que fizeram com você

Ele estava quase se afastando quando Sasuke segura forte sua mão e sorrindo

– Nunca imaginei que você seria a favor da vingança – Sasuke rir baixinho enquanto puxa Naruto para um abraço – faça o seu melhor, mas não mate nenhum deles, afinal ainda estou vivo mesmo que a intenção fosse de me matar – quem diria que o jogo mudaria assim, antes era Naruto a fazer esse apelo

Depois de se certificar que Sasuke estava mesmo bem, Naruto sai em direção aos seguidores de Tobirama, seus olhos azuis não escondiam a raiva e tristeza que sentia em ter que fazer aquilo. Ele estava tão distraído pensando em como faria aquilo sem deixar que seu lado humano o impedisse que nem percebeu que estava sendo seguido.

O caminho não parecia tão longo quando foi com Sasuke, mas agora andando só, parecia que demoraria uma eternidade ate chegar onde queria, era como se a cada passo seu coração perdesse um pedaço, como o Uchiha havia dito “nunca imaginou que ele fosse a favor de vingança”, na verdade não era, mas não podia deixar impune o mal que haviam causado sem motivo nenhum.

Estava quase ultrapassando a fronteira dos países quando escuta alguém lhe chamar

– Naruto, espera – ele se assusta com a proximidade da voz, se fosse um ninja inimigo poderia ter facilmente o matado – vamos juntos, você me parece bem distraído e isso é arriscado – Gaara coloca a mão no ombro de Naruto que sorri como agradecimento

No caminho eles foram conversando sobre o que aconteceu e por que fizeram aquilo, já que o motivo de terem tanto ódio dos Uchihas ainda era desconhecido

– Não acha estranho o fato de saberem quem ele era? – Naruto concorda com Gaara, de acordo com o que Sasuke tinha dito ele havia mentido sobre seu nome, então não haveria como saber a não ser que já estivessem preparados para a visita dele – é como se tudo tivesse sido programado, não acha?

Tudo programado, sim era isso que Naruto estava pensando, talvez essa missão tivesse sido modificada, mas quem ordenou a mudança de rota foi Sai e ele nunca faria algo do tipo, a não ser que aquele que deu as novas ordens a ele tenha usado o nome da hokage para fazer Naruto e Sasuke caírem em uma armadilha… mas quem?

– Sim, é bem estranho isso – sem mudar a velocidade Naruto pensa melhor sobre o assunto – na verdade é coincidência de mais ate, fomos mandando para uma vila que odeia os Uchiha e parece que eles foram avisados primeiro do que a gente sobre essa missão.

Quando chegaram na vila tudo estava calmo, o incêndio havia sido apagado, os moradores estavam fazendo o de sempre, Naruto vai em direção ao vilarejo que Sasuke havia ido enquanto Gaara observava de longe no caso de emboscadas, ambos prontos para o ataque e ao mesmo tempo propondo paz. Naruto chega na casa que Sasuke havia dito e encontra a garoto com cabelos cor de ferrugem que Sasuke havia falado, ela realmente parecia um anjo.

– Moça? – Naruto vai ate ela enquanto tira a bandana e a esconde – a senhora mora por aqui?

Mayu o olha detalhadamente analisando cada detalhe e parando alguns segundos nas marquinhas em seu rosto antes de sorri de forma angelical

– Sim moro aqui – seu olhar era de admiração – esta perdido? – Naruto da uma risada timida enquanto aproveita para ver o que havia na cesta que ela carregava – são frutas, que alguma – ela leva a cesta ate Naruto que nega um pouco sem graça – venha, vamos entrar.

Discretamente Gaara observa enquanto os dois entram na casa, ele havia sido avisado que qualquer movimento suspeito era o suficiente para ele agir.

– Obrigado, você é muito gentil… mas deveria tomar cuidado, nem todos são bons quanto parecem– ela ficou um pouco tensa com a pergunta, mas logo relaxou, enquanto colocava agua em um copo e entregava a Naruto

Se Sasuke não tivesse dito como ela o dopou Naruto poderia ate beber, mas depois do que foi dito… NUNCA beberia nem comeria nada vindo daquela mulher

– Não preciso me preocupar – ela sorri bebendo um gole da água em seu copo – esse vilarejo é bem isolado, apenas viajantes passam aqui, todos são muito bem-vindos – ela levanta e vai ate um móvel que ficava próximo a cozinha – mas caso haja alguém atrás de fazer algo contra mim – ela tira três Kunais da gaveta a qual uma delas estava suja de sangue, e Naruto sabia muito bem que sangue era aquele – recebi treinamento de defesa ninja.

Naruto se levanta de uma vez da cadeira que estava sentado, ela olhava para a Kunai suja do sangue se Sasuke com um certo orgulho, como se tivesse feito tudo aquilo por prazer. Ele anda ate onde Mayu estava enquanto cada célula do seu corpo lutava para manter o controle contra o chakra da raposa que queimava dentro dele

– Por favor Naruto não irrite comigo, só faço isso para me defender – a voz dela falhava enquanto seus olhos se enchiam de lágrimas – nunca fiz mal a ninguém sem motivo – era mentira, Sasuke nunca havia feito nada contra ela.

Mesmo consumido pela raiva, seu lado humano assumiu o controle ao ouvi-la chamando pelo nome… como ela sabia seu nome se ele não havia dito?

– Como sabe meu nome? – Naruto apanhou a Kunai suja de sangue e a jogou pela janela… o sinal que Gaara precisava

Ela se curva em pedido de desculpa enquanto chorava

– Na hora que vi suas marquinhas eu soube que você era Uzumaki Naruto, o herói que possui a kurama selada em seu próprio corpo para que a vila fosse salva – aquelas palavras fizeram ele congelar … herói… era assim que ele era visto por aquelas pessoas, agora entendia o motivo de terem tratado ele tao bem na vila, ali ele não era um monstro…

Gaara chega calmo, entrando na casa e ficando ao lado de Naruto enquanto a mulher buscava coragem para olhar novamente para cima

– V-você é … – Mayu se senta no chão boquiaberta – Gaara… – ela parecia encantada com a presença deles, aquilo era uma surpresa já que geralmente todos os rejeitavam – o que dois jinchuurikis vieram fazer nesse vilarejo?

Naruto se abaixa e olha nos olhos dela, enquanto Gaara envolvia os dois com areia para que ninguém soubesse do que estava acontecendo.

– Você machucou alguém importante para mim – ela parecia confusa então Naruto resolveu esclarecer – Uchiha Sasuke.

Aquele nome a fez levantar de uma vez enquanto Naruto permanecia abaixado sem mudar nem o ritmo da respiração, Gaara a fez sentar novamente usando a areia.

– O que… como assim ele era importante para você, você é um herói e ele um monstro na pele de uma pessoa… – ela parou de falar ao ver o chakra vermelho saindo de Naruto,

Sem pensar suas vezes Gaara desfez a defesa de areia e o abraçou enquanto falava coisas para o acalmar, felizmente funcionou, ele não saberia o que fazer caso ele perdesse o controle, pois já havia presenciado uma vez em seu treinamento a raposa assumir o controle.

– você – Gaara o solta e vai ate Mayu que estava envolta de areia no caso de Naruto tentar matá-la – sua sorte foi a promessa que Naruto fez de não matar ninguém, se não eu não teria nem me esforçado para pará-lo – ela faz uma cara de medo enquanto presta atenção nas palavras de Gaara – ele foi tratado como monstro toda sua vida, enquanto Sasuke via seu pai e mãe serem mortos pelo irmão para poder proteger a vila … é um direito seu não gostar dos Uchihas, mas se falar mas alguma coisa que o machuque … – Gaara olha para Naruto que continuava olhando para o chão – eu mesmo mato você, já que não fiz promessa nenhuma

Ela chora enquanto Gaara ajuda Naruto a se levantar

– Mayu – ela se assusta com Naruto chamando seu nome, já que ela não tinha se apresentado – o que as pessoas daquela vila acha dos Uchihas – ele aponta em direção a vila onde havia ido na primeira vez.

– Eles não ligam para isso, os seguidores de Tobirama somos nos desse vilarejo – Naruto sorrir e enquanto olha para Gaara

– Gaara, por favor mande todos saírem de casa com crianças e animais e peçam para que eles venham aqui – Gaara fez como Naruto havia pedido levando todos ate onde ele estava, Naruto olha todas aquelas pessoas e sorri, eles o olhavam como se fosse um Deus, então ele resolve entrar no personagem, falando com a voz baixa e calma – agora que todos você estão aqui, quero deixar claro uma coisa… o que vou fazer agora será uma punição por terem machucado Uchiha Sasuke … Gaara… por favor destrua tudo– e assim foi feito

Todos entraram em pânico, mas ninguém saiu do lugar enquanto gritos e choros faziam o coração de Naruto sangrar… o que ele havia se tornado…. Ele não era assim, onde foi parar aquele garoto que defendia todos mesmo que tivesse sido humilhado por eles?

– Peço desculpas por isso, mas quero que saibam que vocês não podem julgar assim as pessoas, sou visto como monstro na minha aldeia, enquanto aqui sou um herói, Sasuke é visto como gênio la, enquanto aqui é um monstro… tudo é ponto de vista… vocês quase o tiraram de mim, mas ele me pediu para não matar nenhum de vocês …. Quem é o verdadeiro monstro?

Eles se olharam entre si e abaixaram a cabeça, Naruto sorriu e saiu de la acompanhado por Gaara, quando chegaram próximo a margem do rio ouviram um barulho vindo do vilarejo, mas não era hora de se preocupar com isso, deveriam achar o senhor e a criança para agradecer, mas algo diz para Naruto ver o que estava acontecendo

– Vamos volta, acho que tem algo acontecendo – Gaara não entendia o motivo da volta repentina mas concorda e volta com Naruto

Quando chegaram se deparam com pessoas em mortas, outras se debatendo no chão, não dava pra entender o que estava acontecendo ate ouvirem uma risada um tanto familiar.

– Não me odeiem eu apenas dei o que vocês mereciam… quem pensam que são para fazer algo contra meu pupilo? – Orochimaru ria enquanto observava o desespero das pessoas, mas para ao assim que seu olhar se cruza com o de Naruto – pensei que iria se vingar deles, mas tudo o que vi foi casas destruídas… acha mesmo que Sasuke vale tão pouco assim?

Naruto não tinha o que dizer, ele sabia que bem no fundo também queria isso , mas havia feito uma promessa a Sasuke que não mataria nenhum, mas não era ele que estava matando.

– Chega Orochimaru… não matei ninguém a pedido do Sasuke e ele ainda está vivo, então ninguém tem que morrer– dito isso ele se afasta enquanto Orochimaru aceita o pedido de Naruto, já havia se divertido muito, podia deixar o resto

Enquanto Gaara ajudava aqueles que estavam no chão Naruto tentava acalmar os que haviam escapado, felizmente não havia muitas mortes, no entanto as imagens dos corpos causavam calafrios em qualquer um, pois o veneno do Orochimaru corroía de dentro para fora fazendo seu corpo derreter.

– Naruto, temos que ir, já vai escurecer e a Hokage nos mandou voltar ate o nascer do sol – Gaara segura a mão de Naruto ao perceber como ele olhava para os corpos no chão – não foi sua culpa – Naruto!, você salvou o resto dessas pessoas – Gaara ergue gentilmente a cabeça de Naruto para ele olhasse para as pessoas a sua frente que estavam mostrando toda a gratidão – vamos, ainda tamos a criança e o senhor para achar e agradecer

Naruto concorda com a cabeça e sai segurando firme a mão de Gaara.


 


Notas Finais


Eai eai eai
amaram? gostaram? odiaram?
o que acharam???
Pode interagir com personagem SIM
qualquer coisa deixe no comentario, se for critica pf seja carinhosa ^^
Beijãaao e ate a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...