História O sequestro - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Exibições 58
Palavras 1.088
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


desculpem a demora...

Capítulo 18 - They dont know about us


Já estava no hospital há quase três horas, já que fomos correndo para lá o mais rápido possível para Harry ser socorrido. Obvio que logo me reconheceram pelos cartazes de desaparecida, e por isso os meninos estavam em perigo.

Eu falei com eles a caminho daqui, tentei convence-los de mentir para os policiais, mais eles não concordaram, e afirmaram que contariam a verdade. Não entendi o porquê de eles quererem fazer isso, mais depois de um tempo finalmente entendi. Eles se culpavam por mim e pelo meu pai, e pior, por Harry.

Minha mãe logo foi avisada que eu estava segura, e veio correndo com a Katherine para o hospital. Eu contei para elas de tudo, ate do Zayn e do Harry, minha amiga ate brincou com a situação, dizendo que eu não perdia tempo.

Ah e falando no Zayn, seu carro foi encontrado, mas seu corpo não. Não tinham pistas, não tinham rastros ou vestígios, e a minha única explicação era Jay, aquele vagabundo pegou o Zayn de novo, e mais uma vez, por minha culpa.

Senti a cabeça de Kath cair no meu ombro, essa menina só dormia.  Levantei da cadeira desconfortável e segui ate uma maquina de comida, pegando um salgadinho e indo me sentar de novo.

Eu não sabia o que fazer, ou o que pensar. Os meninos já tinham sido levados há delegacia, mas eu fiquei por Harry, concordando em um detetive me interrogar aqui mesmo, no hospital, o que não demorou, porque vi um policial vir em minha direção, por isso me levantei e o segui ate uma salinha com luzes brancas.

-Ah senhorita Emma, você já esta aqui! – um homem com pouco mais de 30 anos se sentou na cadeira a minha frente, logo sorrindo para mim. – agora que você esta segura queremos fazer algumas perguntas.

-segura?

-sim, aqueles marginais já estão sendo levados para uma cadeia, afinal eles confessaram tudo e... – não esperei o homem na minha frente acabar a frase e logo comecei a berrar.

-COMO ASSIM CADEIA? VOCE SO PODE ESTAR DE BRINCADEIRA COMIGO!

-não estou entendendo. Eles não a sequestraram?

-sim, mais foi tudo culpa do Jay! Eles nunca quiseram que alguém se machucasse. Vocês precisam entender!

-mas pessoas se machucaram Emma, e eles foram cumplices disso.

-Onde eles estão?

-Na delegacia esperando para serem transferidos, mais não vejo porque isso importa.

Não esperei nem mais um segundo antes de correr para o estacionamento atrás de um carro, no caminho cruzando com Katherine, e depois de ouvir a historia rápida e resumida do que aconteceu, em vez de me impedir de fazer alguma loucura ela foi comigo.

Fomos no carro de Katherine, e ela que parecia mais desesperada que eu corria com o carro e passava todos os sinais vermelhos, por isso não perdemos tempo e chegamos na delegacia muito rápido.

Desci do carro como um furação e entrei correndo no estabelecimento, começando a procurar os meninos. Uma mulher me informou que eles estavam sendo levados a viatura naquele exato momento, e por isso corri para o estacionamento.

Vi um carro de policia com Liam e Niall dentro, e Louis ainda que estava do lado de fora foi prensado contra a viatura quando tentou virar um pouco o rosto ao reconhecer minha voz.

-O que você esta fazendo! Solta ele agora! E os outros meninos também.

-Emma, saí daqui. Eles estão certos, nos somos culpados.

-mais Lou, eu não posso... Eu não sei o que fazer sem vocês.

-Você vai ate o hospital ver como o Harry esta, ok?

-E deixar vocês?

-Não, mas o Harry precisa de alguém agora.

-ok, mais eu vou te buscar, você não fez nada de errado. – vi o garoto concordar com a cabeça logo entrando no carro.

Olhei os meninos dentro das viaturas e logo comecei a chorar mais uma vez, sendo abraçada por Katherine e ouvindo que tudo ia ficar bem, mais não iria, não sem eles.

Sai do seu abraço e logo a chamei para ir ao hospital comigo, que logo aceitou e fpi buscar seu carro. Não sabia oque me esperava quando chegasse lá, mais esperava que fosse uma boa noticia.

...

4 dias. Já haviam se passado 4 dias desde que tudo aquilo aconteceu. 4 dias desde que eu não saia deste hospital. Bom, vocês já sabem que o Harry esta aqui ainda, o porque? Ele passou por uma difícil cirurgia, e conseguiu supera-la com vida, bem, pelo menos uma parte. Ele entrou em um coma, sem prazo para acordar.

Agora deve ser um daqueles momentos que você deve estra pensando como eu estou certo? Bom, eu estou péssima! Além do Harry em coma, meu pai esta morto, os meninos presos, e Zayn desaparecido. Sem falar a minha mãe que me expulsou de casa após descobrir que eu tentei ajudar os meninos, e a Katherine que logo teria que voltar ao Brasil. Não sabia como não estava mais chorando agora. Espera, sei sim. Minhas lagrimas secaram há uns dois dias atrás.

Minha vida se resumia em duas coisas agora, falar com meu advogado sobre os meninos e ir ao hospital ver Harry, e não gosto nem um pouco de estar me acostumando com a rotina.

A ultima vez que sai do quarto de Harry a não ser para comer, foi para ir ver os meninos. Quando cheguei lá pude falar com cada um deles.

FLASHBACK ON

Cheguei ate a pequena cela que Niall se encontrava, podia dizer que não gostei da condição daquele lugar mal tratado para os meninos ficarem. Mais no momento que vi seus olhos esqueci daquilo.

-vocês têm cinco minutos. – o guarda que me acompanhava logo me deixou ali.

-NIALL. Eu estou tão preocupada com vocês e com o Harry que eu...

-Emma, calma. Não vamos nos estressar com isso agora. Vamos aproveitar nossos 5 minutos. – em cada palavra dita por ele, ele dava um passo para frente logo me puxando para um abraço.

-Eu não sei mais o que fazer Niall, tenho certeza que Jay pegou o Zayn e que o Harry não vai acordar.

-Acordar? Como assim acordar?

-Ninguém avisou vocês? – vi o garoto balançar a cabeça negativamente. – o Harry entrou em um coma Niall.

Ele não me respondeu e simplesmente sentou na sua cama colocando a cabeça entre os joelhos, passando nossos últimos quatro minutos assim.  

FLASHBACK OFF

Preciso dizer o quanto me odeio por ter que fazer aquilo? Não? Ótimo. Segurei a mão de Harry com mais força e olhei sua face serena, eu só queria que ele acordasse...

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...