História O sequestro - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Exibições 61
Palavras 1.277
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - He is back


                Abri meus olhos lentamente acordando mais uma vez ao lado de Harry, só que dessa vez com dor nas costas, era só o que faltava! Eu levantei e fui ate o pequeno banheiro do quarto em que ele estava – que eu estava pagando por falar nisso – e peguei minha escova de dente. Olhei-me no espelho vendo meu reflexo cansado e horrível. Minha pele nunca foi tão branca e minhas olheiras nunca estiveram tão fundas, e eu não sabia como ia aguentar isso por mais um dia sequer.

                Sai do banheiro e me sentei na cadeira ao lado da cama de Harry de novo, essa já havia virado uma ação rotineira há uns dois meses atrás. Sim, já se passaram e Harry ainda não acordou, e para piorar eu teria que deixa-lo sozinho essa tarde o motivo? Os meninos vão ser julgados pelo sequestro, e para piorar a situação minha mãe vai estar lá, testemunhando contra eles, resumindo, o meu dia amanha vai ser uma merda!

                Agora vocês devem estar com um puta ódio da minha mãe, pensando que ela é uma pessoa fria e sem coração certo? Bem ela não é assim. Na verdade ela é carinhosa e fofa, porem ela esta magoada, magoada por ter perdido seu marido pela segunda vez, e dessa vez, eu fui junto. Depois que ela me expulsou de casa ela me procurou pelo hospital, me pediu para voltar, para não ajudar os meninos, mais eu recusei, a disse que os amava, e que iria ajuda-los, do mesmo jeito ela deixou a oferta valida ate hoje.

                Nesses dois meses só tinha falado com Liam de duas em duas semanas, que me garantiu que os meninos estavam bem apesar de tudo. Ele me contou que os guardas eram grossos e as vezes batiam neles, o que me deixou com raiva, mas eu não tinha o que fazer, afinal eles estavam na prisão.

                E por falar em Liam vamos falar da Katherine. Esses dois tem uma química! Com certeza que quando os meninos forem soltos e Katherine convencer a mãe que não tem mais nenhum problema com ela mesma, vou fazer os dois saírem.

Me peguei sorrindo pela primeira vez em dois meses, imaginando tudo dando certo no final, e por mais difícil que parecesse, ia dar certo, tinha que dar. 

                Olhei para Harry esperando que ele acordasse, sempre era assim, mais ele nunca fazia.  Apertei sua mão algemada (um cara da policia afirma que ele precisa disso para não fugir quando acordar) e beijei sua testa delicadamente antes de me levantar e sair dali.

                ...

Observei as grandes portas no final das escadarias há minha frente, eu finalmente estava ali, finalmente isso ia acabar.

 Subi as escadas já sentindo a emoção me consumir e logo consegui ver Liam, Louis e Niall sentados em um dos bancos, eu não pude falar com eles já que a segurança me impediu, mas nós trocamos olhares durante muito tempo.
                O julgamento já ia começar quando minha mãe chegou, ela nem viu só continuou andando até o seu lugar, e logo juiz entrou e começou a falar.

-Caso 6542 aberto. – demorou alguns minutos ate que ele terminasse de ler e analisar o caso e logo abriu espaço para que as testemunhas pudessem falar. – vamos começar pela senhora Laura Young, testemunha contra os suspeitos.

Minha mãe logo levantou e foi ate aquela bancada de madeira ao lado do juiz e logo fez seu juramento para falar a verdade e umas coisas que não prestei atenção e logo o advogado dos meninos foi chamado e começou as perguntas.

-senhora Young, pode nos contar como tudo aconteceu?

-Após o enterro de meu marido eu fui para casa com minha filha Emma – ela apontou para mim me indicando como referencia – e me tranquei no quarto, afinal estava muito triste. No dia seguinte quando eu desci minha porta estava arrombada e minha filha tinha sumido. Ficamos sem noticias delas por meses ate que um dos bandidos envolvidos no crime foi visto em um mercado com ela. Descobrimos que na verdade um traficante tinha mandado sequestrar ela, o Jay. Logo Rick foi atrás dele e nunca mais voltou e... – minha mãe começou a chorar antes de terminar sua frase o que fez meu coração se apertar e se quebrar em mil pedacinhos.

-A sua filha alguma vez te disse que queria processar os meninos e manda-los a cadeia?

-Bom, não, mais foi um crime terrível.

-Quem matou seu marido senhora?

-Jay.

-E sua filha foi bem tratada?

-Pelo que ela me contou sim, mas eles poderiam ter ameaçado ela. 

-Bom eu acho que não. Muito obrigado senhora Young não tenho mais perguntas. Agora eu quero chamar a  Emma Young para testemunhar – eu me levantei e logo sentei no meu lugar, seria a hora de tentar ajudar os meninos ao máximo, porem eu não poderia mentir já que Liam me disse que os meninos queriam ser julgados honestamente, além de eles já terem contado tudo a policia.

-Senhorita Young você se considera uma amiga dos meninos?

-Sim, eu amo eles.

-Você acha que eles são os culpados?

-Não. A culpa é do Jay, ele fez e armou tudo isso, os meninos só eram fantoches.

-Senhorita, Jay pode estar com um dos seus amigos, isso esta correto? – afirmei com a cabeça – Zayn, esta correto?

-Sim, ele o pegou enquanto os meninos me ajudaram a fugir de sua casa, eles só estavam tentando acabar com aquilo.

-Aquilo?

-Sim, o plano de Jay.

-Pode nos explicar o plano senhorita? – com o pedido do advogado dos meninos eu, de forma detalhada, contei sobre os pais dos meninos, sobre o orfanato, sobre eles serem apenas marionetes, sobre tudo.

-obrigada senhorita Young, já acabei por aqui eminencia.

-obrigado senhor Parker, agora vou chamar à senhora Karen Sharon para defender a senhora Laura Young.

-obrigado senhor, gostaria de chamar a senhorita Emma. – mais uma vez levantei e fui ate a bancada de madeira. – senhorita Young você já tentou fugir alguma vez? – olhei para os meninos, pedindo silenciosamente para mentir, mais Louis negou com a cabeça.

-Já, quando ainda não conhecia os meninos.

-quantas vezes você tentou praticar esse ato?

-duas.

-alguma vez eles te machucaram?

-Só quando eu fiz o mesmo, quero dizer, os machuquei também.

-quando e quem?

-minha primeira noite lá, Liam e Harry.

-sobrenomes, por favor.

-Liam Payne e Harry Styles, depois de eu ter aplicado golpes neles.

-obrigada senhorita, era só isso.

Logo chamaram os meninos e perguntaram sobre oque eles sentiam por mim, porque fizeram aquilo... o juiz logo analisava o caso mais uma vez, eu não sabia oque ia acontecer, mais espero que os meninos fiquem bem.

Após uns 40 minutos o juiz logo tomou sua decisão, e eu fiquei aliviada. Os meninos pegaram apenas dois meses de prisão de segurança mínima por ajudarem Jay... já o próprio Jay seria julgado semana que vem, e poderia pegar prisão perpetua se ele fosse encontrado é claro.

Após comemorar abraçando os meninos fui ate um taxi a caminho do hospital, e logo que cheguei fui ate o quarto de Harry, encontrando sua enfermeira no caminho.

-senhorita Emma, que bom que voltou! O Harry ele, ele...

-ELE OQUE?

-Ele acordou. – sorri antes de sair correndo, mas fui impedida na porta do seu quarto por um medico que disse que Harry estava sendo examinado e que eu poderia ver ele em pouco tempo.

Estava tão feliz que quase não reparei na mensagem em meu celular, mas eu disse quase.

Numero anônimo: Ah querida Emma, sua vida esta se ajeitando? Só falta uma coisa, ou melhor, uma pessoa. Encontre-me na antiga casa dos meninos ou o playboy morre. Venha sozinha.

 

Continua...     


Notas Finais


dessa vez eu fui rapida! comentem para mim saber se vcs estão gostando!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...