História O Seu Segredo - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hakuoki Shinsengumi Kitan, Hakuouki
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Hakuouki, Hentai, Luta, Romance
Exibições 56
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Quarto


 

Lisana havia se oferecido para a patrulha da noite, mas como Harada havia dito no primeiro dia, não a deixaria patrulhar sozinha, e então foi ao seu lado, muito preocupado.
O ruivo estava muito atento, observando os mínimos detalhes e a morena fazia o mesmo, ainda sentia um pouco de medo do último ataque que foi tão repentino e que quase a levou a morte.

 

-Fique perto de mim, Lisana. -Pede Harada. -Teremos que nos separar, para vasculharmos as duas ruas, eu e Lisana vamos para uma e vocês para a outra.
 

-Harada, mas assim os homens ficarão muito vulneráveis, melhor eu comandar alguns homens e você os outros e nos separamos. -Diz a menina pensando nas forças do grupos.
 

-Não, você ficará comigo, eu já havia lhe avisado que não deixaria mais você sair sozinha. Responde o guerreiro muito preocupado.
 

-Não tem como discutir com você... Então será assim, tomem cuidado. Separar.



Harada e Lisana foram para uma direção e o restante dos homens foram para outra. 
 

 

-Você ficou muito bonito com o cabelo assim, Harada. -Elogia Lisana corando.
 

-Também gostei, é muito prático e pareço mais jovem. Agora não pareço ser tão mais velho que você. -Brinca o ruivo.
 

-Mas continua sendo. -Rebate a morena provocativa.
 

-Ah não, não posso aceitar. -Diz Harada segurando a cintura da menina e a erguendo, pedindo para a mesma colocar as pernas em volta de seu quadril. -Posso ser vellho, mas sou forte.
 

-Harada, pare... Se alguém nos pegar assim vamos levar bronca e você não é velho, você só possui um pouco mais de idade que eu. Eu que sou muito nova, uma pirralha, então não conta.
 

-Assim você me deixa feliz e não se preocupe, se alguém nos pegar ficará com inveja.

 

O homem beija Lisana que retribui o beijo envolvendo seus braços no pescoço do ruivo que levou uma de suas mãos na bunda da morena e a apertou de uma forma excitante. 

 

-Capitão. -Os homens retornando atrapalham o casal que se separam antes que fossem vistos. -Já vasculhamos a outra parte e não à nada de errado.
 

-Certo, aqui também não, então vamos retornar ao quartel. 

 

Retornam ao quartel em segurança, por sorte não haviam encontradoi nenhum  inimigo.
Chegando no quartel, todos se acolheram em seus quartos. Lisana fez o mesmo, trocou suas roupas e se deitou. Logo pode ouvir passos próximos ao seu quarto e logo imaginou quem seria. Permaneceu deitada e logo escultou a porta sendo aberta e continuou fingindo que dormia, sentindo em seguida o ruivo se deitar por trás, envolvendo seu corpo de uma maneira sensual.

 

-Eu sei que você está acordada. -Sussura o ruivo no ouvido da menina.
 

-O que você faz aqui? Deveria estar descansando.
 

-Estava com saudades.

 

-Você acabou de me ver.
 

-E isso importa? 
 

-Se formos pegos, será muito constrangedor,Harada.
 

-Calma, é só fazermos tudo com calma e quietinhos.

 

Harada percorreu o corpo da menina com as mãos, enquando dava leves mordidas na orelha da mesma. Logo o homem retirou a calça que a menina usava, levantou a perna da morena e com calma a penetrou.
 

-Hoje será rápido, não se preocupe. -Sussurra o guerreiro no ouvido da menina dando uma leve mordida.
-Harada... -Chama a menina gemendo.
 

O homem segurava uma das pernas da menina enquanto a penetrava, era sufocante ficar perto dela e não poder fazer nada, nesses momentos sentia falta de estar na casa da mãe de Lisana, onde faziam amor sem pressa e podiam fazer agrados antes, sem medo de alguém ouvir.
Harada aumentava cada vez mais a velocidade e contra sua vontade decidiu colocar um fim e se despejou.
 

-Prometi que seria rápido e cumpri... Ninguém nos pegou. -Responde o ruivo dando um sorrisinho.

-Por isso sempre confio e acredito em você. -Responde a menina brincalhona.

-Harada... -Uma voz conhecida os interrompem, era Shinpachi o procurando. -Cadê você Harada, fui no seu quarto, mas não o encontrei.

-Shii. -Pede o ruivo colocando a mão na boca da menina soltando um risinho. -Deixe ele, agora eu estou com você.


Logo Shinpachi desistiu e foi embora, deixando o local em silêncio novamente.
 

-É horrível precisar fugir assim, é muito constrangedor, sinto como se estivesse mentindo para eles.

-Eu sei como você se sente e eu sinto o mesmo... Depois que terminamos tudo isso, podemos nos casar e termos filhos... E você não precisará sentir isso nunca mais.

-Casar... Não é algo precipitado?  Você pode não gostar de mim de verdade, apenas está atraido, afinal, eu sou mais nova, sem experiência nenhuma, não posso garantir muito a você.

-Não diga besteiras, eu a amo... E assim como você está comigo, um cara mais velho, sendo que tem vários meninos da sua idade bonitos, assim como você me escolheu sabendo de tudo eu a escolhi e nada mais me importa... E eu não acho precipitado, mas ai você que escolhe, não posso força-la a contruir uma família comigo.

-Se eu estiver ao seu lado nada importa... Eu quero me casar com você e ter filhos seus quando tudo isso terminar.
 

Harada feliz com aquela resposta a abraçou e a beijou em seguida, o mesmo se sentia um homem de muita sorte, o ruivo acreditava que tinha mais sorte que Hijikata, havia encontrado uma mulher mais perfeita que Chizuru, por quem teve um queda com a chegada da mesma.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...