História O Síndico - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Bts, Homossexualidade, Jikook, Jimin, Jungkook, Universo Homossexual
Visualizações 18
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Slash, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Que foto maravilhosa, não acham? 💟

Me desculpem pelo horário, e o tamanho do capítulo. 😪

Boa leitura. 📖☕

Capítulo 2 - Episódio 2


Fanfic / Fanfiction O Síndico - Capítulo 2 - Episódio 2

-O que estão fazendo? - Falou Jin entrando na loja.


-Nós estávamos falando sobre... - Começou Hobi.


-Melhorar a loja! - Terminei. - Daqui a pouco os clientes vão cansar dessa cor de parede sem graça. - Falei encostando meu braço em uma das estantes enquanto desviava o olhar para o  Hobi.


-Vou conversar com o Namjoon a respeito. - Falou Jin.


Kim Seokjin era o marido de Kim Namjoon, e dono da lojinha de conveniência.
Ele era realmente insistente em relação a loja e seus funcionários. Não gostava de atrasar pagamento, mas também não dava mole, toda hora estava na loja. Seja para supervisionar a limpeza, o dinheiro, ou até a mosca que lá entrava.
Ele era um desocupado, mas uma ótima pessoa.

Assim que deu o fim do expediente eu e o Hobi fomos ao meu apartamento.
Chegamos, e assim, ficamos discutindo sobre o que comer a noite.


-Que tal Kimchi? - Disse ele.


-Pode ser, mas não coloca muita pimenta. - Falei, sem pensar em duplos sentidos. - Eu preciso de roupas novas, essas na internet são tão bonitas. - Falei colocando algumas no carrinho de compras virtual.


-Hum, não quer comer muita pimenta, né, dono Park Jimin. - Me olhou malicioso.


-Ai Jeon Hoseok, você é muito safado, eu em. - Falei finalizando a compra virtual.


-E você é muito inocente, né Park Jimin. - Disse ele começando a preparar a comida. - O síndico do seu condomínio é tão bonito, se eu soubesse da sua existência...


-Desde quando um velho é bonito? - Falei pegando meu celular.


-Tá brincando que você não viu aquele síndico gostoso! - Falou. - Só não pego porque quero que você desencalhe.


-Tá de sacanagem? - Tirei os olhos do meu telefone.


-Porque não fala com ele? - Perguntou. - Vai que tu gosta.


-Nem se quer vi a face do cidadão. - Falei.

Tempo depois, Hobi foi ao banheiro, e esqueceu do fogo, fazendo a comida queimar.


-Por que você não desligou? - Peguntou.


-Eu estava distraído, desculpe. - Falei. - Vamos pedir pizza.


-Tudo bem, mas você desce pra pegar. - Falou Hobi.


-Ai, tanto faz. - Falei me jogando no sofá novamente.


Fizemos o pedido por telefone, depois de uma hora, o interfone toca, e assim eu atendo. Uma voz grossa e atraente fala:


-Entrega de pizza, para o apartamento 64.


-Estou descendo. - Falei baixo.  <Em um tom manhoso, como diriam as jikookas, rs>


-Que voz é essa dono Jimin? - Falou Hobi sentado no sofá.


-Aí me deixa. - Falei enquanto saia do apartamento.


Desci com uma camisa branca, e calça de moletom cinza, que me deixavam super confortável.


Cheguei na catraca e fiquei esperando o síndico liberar. Como ele não liberava, resolvi entrar no pequeno cômodo onde ele provavelmente se encontrava.

Acontece que síndico não estava lá, mas mesmo assim entrei para dar uma olhada.
Lá dentro tinha uma confortável cadeira de escritório, onde o síndico se sentava, obviamente.

Me sentei na cadeira e procurei o botão para liberar a catraca, estava tudo indo bem, até que a porta do pequeno cômodo se abriu.


-O que você está fazendo aqui? - Perguntou aquela mesma voz que eu acabará de ouvir no interfone.


Na mesma hora eu virei a cadeira, bem devagar, e vi um homem alto, bonito e gostoso.


-Ele deve ser o síndico. - Pensei.


-Eu que te pergunto, o que você tá fazendo aqui? - Perguntei, mesmo já sabendo da resposta.


-Eu sou o síndico, trabalho aqui, dá licença. - Falou ele se aproximando.


-Então por que não estava fazendo seu trabalho? - Provoquei.


-Eu estava no banheiro. - Falou. - Quer que eu te fale o que fiz lá também?


-Você não me intimida. - Falei.


-Vai logo pegar sua pizza, Park Jimin. - Falou o síndico se sentando.


-Como sabe o meu nome? - Perguntei.


-Eu sei tudo sobre você. - Falou ele liberando a catraca para quem chegava, ou saía.


-Como? - Perguntei.


-Você é um morador, simples. - Falou ele pegando um papel. - Aqui está o seu perfil. - Me mostrou o papel.


-Agora você pode ir, curioso Jimin. - Falou ele se sentando totalmente largado na cadeira.


-Pra você é Park Jimin. - Falei, e assim saí do cômodo.


Síndico POV's

-Curioso, insistente e banca o difícil, gosto disso.          

                                                                       Disse o síndico voltando ao trabalho com um sorriso no rosto sem mostrar os dentes.                                                     


Notas Finais


Comentem 💜

(Se quiser, rs)

Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...