História O sol do meu mundo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dragon Ball
Visualizações 8
Palavras 1.378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O pedido


Fanfic / Fanfiction O sol do meu mundo - Capítulo 5 - O pedido

Ele dá um largo sorriso e pede para eu acompanhá-lo, me trás até seu quarto e de repente ele fica sério, tento imitar sua expressão mesmo tendo muita curiosidade ele põe suas mãos nos meus ombros e diz

- Bra! - ele parece meio nervoso - pedi a Mai em casamento

Meu queixo caiu, estava ansiosa para o dia, alegre, nervosa pelo fato de meu irmão se casar. Várias emoções surgiam em minha cabeça a ponto de puder ser considerada polipolar. Dei um grande abraço nele e mato todas minhas curiosidades

- Quando vai ser? Você já deu a aliança? Ela aceitou?
- Daqui a 15 dias, já dei a aliança, e ela aceitou
- Parabéns! - apertava mais ele - mas por que daqui a 15 dias?
- Meu melhor amigo sempre me ajudou em muita coisa, quero ele presente em meu meu aniversário, e são muitos preparativos, precisa de tempo… - ele colocava a mão em sua nuca - você pode ajudar a Mai?
- Claro! Mas quem vai ajudar você? - me separava do abraço e empurrei levemente seu nariz - não é só a noiva que precisa de ajuda
- Eu vou esperar o Goten chegar para me ajudar, em quanto isso, acho que o papai pode me ajudar - eu apenas dei uma pequena risadinha
- Você acha que nosso pai vai ajudar? Você conhece ele, sorte sua que falta três dias para ele chegar

 Ele me levou para a casa da noiva que estava ocupada conversando com um cachorro falante e um anão azul

- Mai! Por que não nos contou?
- Desculpe senhor Pilaf, acabei me empolgando e esqueci de vocês
- Você vai casar com um rico, foi esperta, agora pode usar o dinheiro dele - o cachorro chegou perto dela
- Shu! Eu amo o Trunks, não vou me casar com ele por causa de dinheiro, mesmo se ele fosse um mendigo me casaria com ele…
- Não minta! Ninguém se casa por amor, é sempre pelo dinheiro! Você não pensou que teria as melhores comidas e tratamentos sendo casada com um membro da família mais rica? - o tal do Pilaf a forçava
- Quer saber - ela parecia furiosa - eu cansei de vocês, eu mando um pouco de dinheiro se me deixarem em paz

Achei que já era hora de entrar, os homens saiam da casa furiosos, quando a morena me olhou, veio em minha direção com um abraço, que retribui, ela entendeu que já sabia do casamento e me levou a uma loja de vestidos de noiva, compramos um véu que batia até seus ombros que vinha acompanhado de uma tiara um tanto quando meiga, um vestido com um babado no começo da saia dele, um laço atras e um par de luvas simples, também discutimos o penteado, mas não tiramos nenhuma conclusão. Ela me deu uma pequena missão de pesquisar penteados de cabelo para seu casamento. Voltei para casa as 15:00, resolvi olhar como meu irmão ia, ele não tinha feito nada! Estava procurando algo em seu guarda-roupa

- O que você está fazendo? 
- Procurando uma roupa para a festa de Goten, por que?
- Concentre-se primeiro em seu casamento - tomava a vestimenta de sua mão - eu tomo conta disso, vá a uma loja de ternos
- Obrigada irmã! - ele me deu um beijo na testa - tchau!

Dei uma olhada em seu guarda-roupa e finalmente achei uma boa roupa: uma calça jeans, uma blusa preta de mangas compridas e um colete laranja. Depois dessa seleção, fui a casa dos Sons, onde havia várias novidades, todos os materiais elétricos funcionavam: as luzes estavam conectadas na eletricidade, as caixas de som já estavam instaladas e conectadas na playlist, a fonte também estava funcionando. Ajudei a colocar um caminho de pedras ligando a entrada do jardim para o bufê, após fazer isso, esperava minha mãe terminar de conversar com sua amiga, encontrei uma clareira e me sentei de baixo de uma árvore de carvalho e matei a saudade ligando para o moreno
 
* Ligação On Bra -------> Goten

Faltava um bip para a ligação cair, demorou por um tempo para dá-lo quando ele respondeu a chamada

- Alô? Quem é? - ele pensava que falava com um estranho mas ainda era dócil
- Eu, Bra! Você apagou meu número?
- Eu fui tirar o seu antigo e devo ter apagado o novo sem querer, perdão princesa! -ele deu uma risada forçada
- Não tem problema, o que está fazendo aí? Está se divertindo? - dou uma pequena gargalhada
- Sim! Estou dando a penúltima aula para Valese e Kaio - ele se animou.
- Quem são?
- Os meus alunos, e aí… tem alguma novidade?
- Sim! Uma super - fiquei alegre rapidamente - meu irmão vai se casar!
- Sério?! A Mai voltou? Quando vai ser?
- Sim, ela voltou vai ser daqui a quinze dias
- Para que esperar tanto? 
- Ele disse que tinha vários preparativos a fazer, e que queria que seu melhor amigo estivesse aqui para vê-lo casar. Sinta-se lisongeado!
- Cara! Quando acabar aqui vou correndo para uma loja de ternos, não posso deixar seu irmão na mão, tchau princesa, te vejo daqui a 3 dias…

Bip

* ligação off

Bom, minha mãe me chamava e fui voando até lá, voltamos até nossa casa, onde Trunks estava olhando um terno branco com uma gravata preta, colocara minha mão no seu ombro e ele notou minha presença. Ele pôs sua roupa em cima de sua cômoda e foi embora, eu fiz o mesmo e fui até meu quarto, eu estava muito cansada e consegui dormir novamente. Pois é, faltam 2 dias para o moreno voltar e 14 para o casamento, não esqueci de pesquisar um penteado, fiquei em duvida entre um rabo de cavalo com duas mechas soltas e uma franja ondulada ou um coque com franja reta e duas mechas soltas, no final das contas, optei pela segunda opção. Mandei a imagem do penteado a noiva e fui tomar café, resolvi sair para comprar um vestido junto com minhas amigas, a tal loja estava ocupada, olhamos as coleções esperando alguma atendente ficar livre. No final das contas uma moça nos percebeu e largou sua cliente para nós atender, a mesma que ficou irritada por não acabar sua sessão, ela foi até nossa direção furiosa, quando se aproximou vi que era Sandra, a pior amiga que já tive. Nos três olhamos torto e após me dar um murro, foi expulsa da loja, logo em seguida a vendedora me deu um cubo de gelo e nos mostrou a coleção, Marron escolheu um vestido preto com cruzes rosas, escolhi um vestido azul marinho com um colete marrom com tiras em sua parte de baixo, Pan escolheu um top cinza claro e uma saia longa da mesma cor, deixando sua barriga aparecer. A festa do Son estava pronta e já estava sendo arrumado os preparativos do casamento, vi o carro de minha mãe na rua e fui voando, quando ela estacionou me aproximei de seu carro, ela veio em minha direção e percebi suas olheiras

- Mãe? O que é isso? Você está muito cansada…
- É muito trabalho das festas, estou dois dias sem dormir.
- Entra no carro agora! Eu vou te levar para casa, você precisa descansar
- Não tem problema, eu continuo trabalhando
- Mãe, tem as festas, o escritório e o laboratório, você não dá conta de tudo! 

Fomos até em casa e ajudei o vovô no laboratório, depois de um tempo voltei ao meu quarto ansiosa, falta um dia para a festa, fui diretamente a Trunks perguntar se ele sabia sobra Kaio e Valese, encontrei ele na cozinha. Pelo que ele me disse, ambos eram fazendeiros e o irmão deu a ideia deles irem até a academia, eles conseguiram convencer Goten a dar uma aula particular a eles, e que são altos, magros, tem cabelos marrons e que a menina usa um vestido amarelo e o menino uma Buss da mesma cor é uma calça jeans. Quando fui perguntar mais detalhes ele me perguntou se eu estava de olho em Kaio, mas o que realmente acontece é que estou preocupada que Goten goste dela…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...