História O Sol Que Aquece o Meu Inverno - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Galee, Gruvia, Jerza, Nalu
Visualizações 164
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eae, tudu bem? Poisé, cá estou eu na maior cara limpa pedindo desculpa de novo por ter demorado, mas eu tenho meus motivos.
1º - Eu posto os capítulos pelo notebook, e o meu irmão mais novo não desocupava o notebook;
2º - Como eu disse alguns capítulos atrás, meu tablet sofreu um terrível acidente e só está funcionando o canto superior esquerdo da tela e eu não tenho intenções de mandar arrumar;
3º - eu ganhei um celular também, mas ele é uma carniça pra digitar, a gente aperta o "y" e ele clica no "espaço". Aí fica difícil né?


É isso. Ah, eu tô sem criatividade pro nome do capítulo, então vai isso aí mesmo, é bem provável que eu mude o nome desse capítulo mais pra frente. E como eu fiquei 8 dias fazendo nada, amanhã tem capítulo também, e dependendo da minha criatividade, talvez depois de amanhã também tenha capítulo..
Enfim..

Boa leitura.

Capítulo 11 - Fase 11: Um encontro?


- Vou perguntar só mais uma vez, ONDE ESTÁ A LAYLA?

- Eu já disse,, ela se trancou em um dos quartos.- Laxus respirou fundo e entrou

- Não precisa mentir mais Sting. É melhor falar a verdade logo, ele vai acabar descobrindo de qualquer forma.

- Mas, Laxus...

- Ivan, vou ser direto, a Layla fugiu.- disse sério

- O quê? O que vocês estavam fazendo que não impediram ela?

- Eu não estava em casa, estava com a Yukino-san fazendo uns trabalhos da escola.- disse Sting

- Eu nem moro aqui.- disse Laxus

- Vocês são uns irresponsáveis, isso sim.- murmurou Ivan- E a Selina?

-Está de folga.

- E a Julie?

- A Julie passou mal e teve que sair 15 minutos mais cedo. Pensei que estava tudo bem, afinal eu já estava chegando em casa, mas quando cheguei aqui, estava tudo escuro e não tinha ninguém.- disse Sting

- Vocês são todos uns inúteis!- disse Ivan, enquanto subia as escadas. Sting suspirou

- Quase caí no sono outra vez.

- Narcolepsia?

- Sim.

- Entendi... Bom, eu vou pra casa, quer dormir lá hoje?

- Não, não quero incomodar vocês. E também, eu vou passar na casa do Gray.

- Ele te chamou também?

- Sim, acho que ele chamou a galera toda.

- Hmm... O que será que ele quer com a gente?

- Sei lá, deve tá se sentindo sozinho.

- É, deve ser isso..

 

~°~

 

- Entendo- disse Igneel- Então você é realmente filha da Layla..

- Sim, desculpe por não ter dito antes e por ter mentido pra vocês.

- Não vou dizer que está tudo bem, porque realmente não está. Mas você tem que contar a verdade logo.- disse Grandine

- Certo.

- Bom, o importante é que ela se chama Lucy e não Michelle.- disse Wendy- Aliás, de onde você tirou esse nome esquisito?

- Era o nome da minha boneca.

- Você não tem bom gosto pra nomes, Lucy-san. Por favor deixe o Nii-san decidir os nomes do meus sobrinhos.

- Natsuu, socorro. Sua família é muito sincera.- choramingou atrás de Natsu

- É verdade, eu tinha um amigo no jardim de infância que quase entrou em depressão por causa da sinceridade deles. Mas eles têm razão Luce, esse nome é muito estranho.- disse Natsu

- Por que não tem ninguém do meu lado?- Lucy se encolheu num canto atrás do sofá e começou a sussurrar coisas inaudíveis e a lamentar por não ter ninguém do seu lado

- Bom, já está ficando tarde. Nós já vamos pra casa.- disse Igneel

- Ok, eu levo vocês até a porta- disse Natsu enquanto se dirigia à porta

- Tchau Lucy-san.

- Tchau...

- Não precisa ficar triste, um dia você aprende a escolher bons nomes.

- Vamos Wendy.

- Já vou.- deu um beijo na cabeça de Lucy  e foi em direção ao carro de seu pai

Natsu se despediu de sua família e voltou pra dentro.

 

Narração: Natsu

 

Luce estava sentada no canto do sofá, com a cabeça jogada pra trás e de olhos fechados. Fechei a porta devagar e fui até ela. Deitei no sofá e coloquei minha cabeça em seu colo.

 

- No que está pensando?- perguntei

- No meu pai.- ela começou a afagar meu cabelo- Será que ele está bem?- estranhei

- Por que está preocupada com alguém que te maltratou desde sempre?- ela parou de fazer carinho em mim e me olhou confusa, como se quisesse entender alguma coisa

- Acho que não contei a história do início.- ela disse

- Como assim?

- Meu pai não me maltratava desde sempre, isso começou à dois anos atrás e não acontecia assim tão frequentemente.- voltou a fazer carinho em mim, as mãos dela são macias- Antes de eu completar 16 anos meu pai só ficava dentro do quarto dele, ele se trancava lá e começava a chorar, ele só saía pra comer e pegar bebidas. Só que um dia ele parou de se trancar no quarto, eu até pensei que ele ia parar de beber, mas eu me enganei.. Ele começou a beber muito mais e ficou bem violento, ele até me chamou de Layla uma vez.

- Como é?- levantei e encarei ela

-Eu também achei estranho. Mas depois que eu vim pra cá, eu descobri que ele me chamou assim porque eu me pareço com a mamãe. Ele deve ter me confudido com ela.

- Entendo.. Mas vamos parar de falar dos seus pais. Vá se arrumar.

- Pra onde vamos?

- Surpresa.

- Certo...

 

Luce levantou do sofá e subiu as escadas. Fui na cozinha, abri a geladeira e peguei uma jarra com água, depois fui no armário e peguei um copo, coloquei a água no mesmo e quando estava quase bebendo, rouvi o toque de notificação do meu celular, tirei o mesmo do bolso e  desbloqueei a tela. Era uma mensagem do Gray.

 

Stripper- Você vem ou não, Foguinho?

 

Ir pra onde? Ah é, era todo mundo se encontrar na casa do Gray porque ele tinha alguma coisa importante pra dizer. Mas eu não posso ir lá agora, tenho algo muito importante pra fazer, e tenho que fazer isso hoje. Bebi a água que estava no copo e respondi a mensagem do Gray

 

Stripper- Você vem ou não, Foguinho?

Foi mal, não vai dar pra eu ir aí hoje- Eu

 

Guardei o copo, a água, o celular e fui pro meu quarto. Vesti uma calça preta, uma camiseta cinza e uma jaqueta preta. Calcei um tênis branco e por fim meu cachecol, depois fui esperar a Luce. Enquanto descia as escadas, recebi outra mensagem. Dessa vez era a Erza, minha prima.

 

Monstro- Ei, Cabeça-de-Fósforo.

Fala Ruiva- Eu

Monstro- Vai demorar muito pra chegar aqui?

Não, chego aí em menos de 10 minutos- Eu

Monstro- Ok.

 

A Erza com certeza me mataria se soubesse que o nickname dela no meu celular é Monstro. Aliás, a Luce tá demorando hoje, normalmente ela se arruma mais rápido que eu. E... Foi só eu pensar isso que comecei a ouvir os passos dela, guardei o celular novamente e virei em direção às escadas. Luce tá usando um vestido branco que vai até a coxa e um salto alto da mesma cor. Como de costume, ela deixou o cabelo solto e até passou um brilho nos lábios.

 

- Desculpa a demora.- falou assim que se aproximou de mim

- Sem problema. Vamos?- ofereci meu braço 

- Sim- entrelaçou seu braço ao meu e nos direcionamos à porta

- À propósito, você está linda senhorita Heartfilia.- elogiei enquanto fechava a porta

- Obrigada. Você também está muito bonito Sr Dragneel.

- Eu sei.- falei num tom brincalhão e ela riu

- Convencido.

- Só falo a verdade.

 

Abri a porta do carro pra ela entrar e depois fiz o mesmo.

 

- Você está muito cavalheiro hoje Natsu. O que aconteceu com você? Parece até que estamos num encontro.- sussurrou a última parte

- Você me ofende com essa pergunta.

- Desculpe a minha sinceridade.  

-Mas de qualquer forma, essa é uma noite especial, tem que ser inesquecível.


Notas Finais


E foi isso. Espero que tenham gostado. Dessa vez eu realmente não demoro pra postar o próximo capítulo.

Avisos rápidos:

1º- É possível que a partir deste capítulo, vocês vejam frases de filmes, animes, vídeos do youtube, trechos de músicas, etc. Igual no cap 'Explicações', em que o Natsu conta o passado dele pra Lucy.( se você não sabe de qual parte eu estou falando, eu me refiro ao momento em que ele fala 'decidi que aquilo ia acabar, eu voltei a trabalhar e...', da música Minha Juventude parte 2.) Então,se vocês quiserem que eu coloque alguma frase que vocês gostam, me digam que eu dou um jeito de colocar ela em algum capítulo
2º- Eu vou postar os capítulos à cada 7 dias, essa semana é exceção.
3º- Eu mencionei uma história que eu comecei à escrever alguns dias atrás, certo? Certo. Então, eu misturei aquela história com essa, portanto, outros personagens de Fairy Tail aparecerão a partir deste capítulo.
4º- Serão adicionados outros casais na história, mas o casal principal ainda vai ser Nalu, eu vou contar a história dos outros casais em algum especial
5º- Os capítulos especiais serão postados no aniversário de algum leitor, então se seu aniversário está chegando e você quer eu faça um especial, avisa, antecipadamente, a data do teu aniversário e o casal que você quer, se o seu aniversário já passou, não se preocupe, é só falar o casal que você quer e o jeito que você quer o especial. Por exemplo: 'Eu quero o casal Jerza, e quero que o capítulo seja muito romântico e divertido', ah e fala também a data do seu aniversário.
6º- Também terá spoiler de filmes em alguns capítulos.
Era só isso mesmo.. Flw..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...