História O Som da Música - INTERATIVA


Escrita por: ~


Sinopse:
A história se passa em Nashville, a segunda cidade mais populosa do estado de Tennessee, conhecida por ser o celeiro da música country e onde várias empresas do ramo musical residem. No entanto, o outro lado de Nashville é o que mais popularizou a cidade, são incontáveis as histórias de aventureiros que partem para lá em busca do sonho de um contrato com uma gravadora como a Big Machine ou mesmo outras mais abrangentes, mas como artistas country como RCA e Warner. Esses aventureiros anônimos que tocam em praças, bares e os com sorte até abrem para o seu artista favorito, vivem uma vida comum, longe dos holofotes e com tantos problemas como eu e você. Eles acordam cedo para trabalhar, pagam as contas torcendo para não ficarem no vermelho, precisam discutir a relação e tudo mais. Já deu para notar que ingressar no ramo da música não é fácil, né?! É preciso mais que um rosto bonito, talento no violão ou uma voz potente. É preciso ser notado, mas cá entre nós, ninguém disse que seria fácil, mas que sem dúvida, a jornada valeria apena.

Aventure-se em Nashville, acompanhando a saga de Billy Gates, Cattleya von der Rousse, Jack Cooper, Miles Garcia, Dave Scully, Seth Bullock, Trixie Fields, Abigail MacGregor, Kai Oswald e Grace Lanchaster. Dividam com eles os sonhos e as angústias de quem luta para ganhar uma pequena chance e de quem enfrentar atribulações para manter a carreira no ponto alto que chegou. Mas entre tudo e todos, venha compartilhar com esses jovens o sabor do tabaco, o conforto do par de botas novo e todo amor pela música country!

PS.: esta fanfic é interativa, você leitor pode participar ativamente da trama com seu personagem. Caso tenha interesse mande uma mensagem para mim.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Tags Country, Musica, Nashville
Exibições 232
Comentários 29
Palavras 33.628
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction O Som da Música - INTERATIVA
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
5
42
292
 
2.
Capítulo I - A música é o ideal
3
26
3.504
 
3.
Capítulo II - 2.Coração Selvagem
2
16
2.778
 
4.
Capítulo III - Destinos Conturbados
3
24
3.324
 
5.
Capítulo IV - Alerta de Tempestade
3
25
3.227
 
6.
Capítulo V - Como uma bola de demolição
4
21
3.681
 
7.
Capítulo VI - E tudo começou com música e cerveja
1
15
3.696
 
8.
Capítulo VII - Pois viemos aqui para esquecer
3
18
4.536
 
9.
Capítulo VIII - Algo termina, algo começa - parte 1
3
29
3.898
 
10.
Capítulo IX - Onde presas e predadores não brincam
2
16
4.692

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~PabloLorenzo
Capítulo 10 - Capítulo IX - Onde presas e predadores não brincam
Usuário: ~PabloLorenzo
Usuário
Depois de um tempão, você retorna com um puta capítulo, acho que seria correto dizer que quem mais se destacou nesse episódio foi a nossa querida Abigail, que ta numa situação bem difícil hein, ela precisa do Kai, que resolveu encher a cara e ir pra um bar gay, admito que eu fiquei surpreso em presenciar uma cena sexual gay, deu um ar mais realista pro mundo da fic, agora por causa do Kai, Abigail ta numa situação foda, acho que ela deveria escolher o Kai ao invés de seguir carreira solo, por mais que o Kai seja problemático. Ele é um verdadeiro amigo, foi interessante ver o Gared vestido normalmente e calmo, achei que ele ia acabar tendo um troço quando soubesse que a Grace ta grávida, mas ele levou numa boa, deve ser foda ta no lugar da Grace, se ela tiver a criança ou abortar, ela ainda vai ser duramente criticada, acho que ela deveria ter a criança, porque se ela abortar, suponho que a reação das pessoas vai ser pior do que se ela tivesse a criança numa idade jovem, gostei daquela parte onde cê mencionou as semelhanças e diferenças dela e da Catt. Falando em Catt, bate cada vez mais tristeza em relação à ela e o Dave, que tentando fazer a coisa certa ao ponto de vista dele, acabou machucando a si mesmo e destruindo o relacionamento dele com a Catt, imagino como ela reagiria se soubesse o que ele fez, foi bastante emocional a cena dela entregando aquele cordão pra ele. Em relação as vozes dos personagens, eu me lembro de ter dito que a voz do Gared seria a voz do Chris Harms do "Lord Of The Lost", só pra refrescar a memória mesmo, mal posso esperar pelo próximo capítulo e as apresentações, continua com o bom trabalho.
Postado por ~PabloLorenzo
Capítulo 6 - Capítulo V - Como uma bola de demolição
Usuário: ~PabloLorenzo
Usuário
Ótimo capítulo chapa, e o que dizer daquela briga do Gared contra o Seth? É surpreendente o fato do Gared conseguir ter tamanha força pra um cara magrelo, acho que a Grace deveria ter contado pro Gared que ela ta grávida, (isso se ela tiver certeza que o Gared é o pai) poderia talvez ter acalmado o Gared, fascinante o trabalho em equipe pra resgatar o Seth, quero ver mais da saga do Davey Boy.
Postado por ~MissMalu
Capítulo 4 - Capítulo III - Destinos Conturbados
Usuário: ~MissMalu
Usuário
Cara, sua fic é muito maravilhosa, outro nível. Volto a repetir que parece que estou lendo um livro, de tao perfeita que essa fic é. Ate me tornar bipolar essa fic ta me tornado haha, já nem sei o que eu quero.

No começo eu queria que a Cat fosse fiel ao Dave, mas ai o Dave se torna um babaca, e ai agora eu to ficando doida e já nem sei mais o que quero.

Quando eu leio a fic eu me sinto em Nashville. Parece que eu estou la com eles, conversando, bebendo uma cerveja, andando pela cidadezinha com casa que parecem de boneca. Billy e Jack tem uma amizade muito bonita, espero que o Jack não fique chateado ou bravo (o que eu duvido muito ele não ficar). Trixie é o Christian Grey 2.0. "Eu não faço amor, eu fodo". Ate tento ficar com raiva da Trixie, mas a bicha é muito GirlPower.

Seth e Cat foram fofinhos. Ele levando ela pra casa, se comportando e tudo mais. Muito obrigada por ter incluído a Grace nessa jornada. Você descreveu minha pequenina e a historia dela com perfeição, ate melhor do que eu imaginava. Seth já tinha ganhado meu coração quando eu descobri que a aparecia dele era a do Michael Ray, mas depois que ele tratou a Grace com tanto respeito, ele subiu mil níveis.

Por capítulos tão perfeitos acho que consigo aguentar ate próxima quarta ou próximo fim de semana haha.
Postado por ~PabloLorenzo
Capítulo 2 - Capítulo I - A música é o ideal
Usuário: ~PabloLorenzo
Usuário
Cara, que capítulo foda hein, primeiros capítulos de fics costumam ser meio pequenos, mas esse até que foi grande, a forma de escrita foi muito bem feita e a interação entre personagens foi boa, as cenas dos personagens tocando foi bem descritiva, o que ajudou bastante a cena, na minha opinião, a Cattleya não devia trair o Dave com o Seth, porque o Dave é um cara legal e isso acabaria causando muitos problemas futuramente.
Postado por ~MissMalu
Capítulo 2 - Capítulo I - A música é o ideal
Usuário: ~MissMalu
Usuário
Cara você escreve muito bom, serio mesmo. Era como se eu estivesse lendo um livro, e não uma simples fic. A historia te cativa, te prende. Não é uma leitura cansativa, o que é muito bom. Quando acaba a gente fica com aquele gostinho de quero mais.

Bem, eu sou muito suspeita para falar da fic porque eu amo country, mas superou minha expectativas. Cattleya (vou chamar ela de Cat, porque o nome dela é meio complicadinho haha), já chamou bastante a minha atenção. Gostei bastante dela, me lembra um pouco a personagem que eu criei.

Amo todos os cantores que você citou na fic. E os meninos e a Cat cantando já me conquistaram. Mas devo admitir que nunca fui muito fã do Luke Bryan não, acho ele meio modinha. Não que isso seja ruim, só não gosto muito dele mesmo.

Na minha humilde opinião acho que a Cat não deveria dar uma chance pro Seth não. Mas também sou suspeita a falar sobre o assunto, pois se tem uma coisa que eu odeio, é traição. E tirando que eu gostei muito do Dave, e acho que ele não merece isso. Então, acho que se ela for trair ele, é melhor terminar antes.

Bem acho que é isso anjo, amei o capitulo. Espero que a Grace possa fazer parte dessa jornada com eles.