História O subordinado - NaruHina. (PARADA) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Haku, Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hotaru Katsuragi (Hotaru Tsuchigumo), Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Itama Senju, Izumi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kabuto, Kagura, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karura, Kiba Inuzuka, Kidoumaru, Killer Bee, Kimimaru, Kin Tsuchi, Kisame Hoshigaki, Kizashi Haruno, Ko Hyuga, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mangetsu Houzuki, Matsuri, Mebuki Haruno, Mei, Menma Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Mito Uzumaki, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Suigetsu Hozuki, Temari
Tags Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Saiino, Sasodei, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 374
Palavras 1.586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Fluffy, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo leitores!
Antes de começar a leitura tenho alguns avisos à dar.
Primeiramente, bem vindos, eu sou a Skye, a linda autora dessa história, vocês podem deixar críticas, elogios ou sugestõesnos comentários, eu vou ler todos eles com carinho.
Bom, eu não tenho previsões para próximos capítulos, mas provavelmente eles demorarão um mês para serem lançados, talvez eu poste 3 cap na mesma semana mas é algo bem raro.
Se você não gosta de fanfics que contém insinuação de sexo/hentai/ecchi, eu recomendo que você não leia essa fanfic.
O primeiro capitulo está curto mas os próximos serão maiores. :3
Desculpa qualquer erro que passou despercebido por mim.
A fanfic pode ter palavras de baixo calão e linguagens impróprias.
Obrigada se você leu até aqui e boa leitura!

Capítulo 1 - I- Festa surpresa e Serviçal.


A princesa  Hyuuga Hinata estava completando 18 anos, e para comemorar essa data tão especial, o Rei Hyuuga Hiashi decidiu dar-lhe uma enorme festa surpresa, convidando todos seus amigos. Pediu a todas as empregadas do castelo que deixassem tudo perfeito para a festa, decorando o salão com enfeites roxos e pretos —cores preferidas de Hinata. —Hiashi também escolheu uma empregada para distrair a filha, essa era Mitsashi Tenten, não só empregada mas sim a melhor amiga da Hyuuga.

 
             —Tenten-chan... Você está estranha! —Hinata falou olhando Tenten com confusão.

 —Tenten está? D-digo, eu estou!? —Tenten se enrolava com as palavras tentando —sem sucesso— não deixar óbvio sobre a festa surpresa. —Tive uma idéia!!! Vamos andar pela vila enquanto eu conto minhas aventuras antes de eu virar empregada do castelo dos Hyuuga’s!

 —SIM VAMOS FAZER ISSO! EU ADORO SUAS HISTÓRIAS!! —As duas se direcionaram a saída principal, Tenten foi cautelosa ao passar longe do Salão de festas. A vila estava bem calma, pelo fato de ter sido natal há dois dias atrás... O tempo estava frio, no máximo 12 graus; Tanto Hinata, quanto Tenten estavam bem agasalhadas. O silêncio entre as garotas foi finalmente quebrado quando a Mitsashi iniciou suas divertidas histórias de vida.

 —Eu tinha uns seis anos, quando eu estava num parquinho brincando junto á outras crianças e achei esse cristal-da-sorte! Ele muda de cor de acordo com o humor da pessoa que está usando! —Tenten apontou para um pingente que no momento se encontrava na cor rosa claro. Hinata relanceou seus olhos perolados ao colar e sorriu.

 —O que significa a cor rosa? —A Hyuuga indagou deixando a Mitsashi embaraçada. 

 —N-nada de mais! —Tenten estava com suas bochechas rubra e desviou o olhar tentando esconder sua vergonha.

 —“Rosa é o vermelho suavizado com o branco. É a cor do romantismo, do amor e do carinho. Transmite feminilidade e afeição.” —Hinata tirou essas palavras de um livro sobre cores, que tinha lido não há muito tempo. — Resumindo, você está apaixonada, e eu suspeito quem seja o ladrão do seu coração. —A morena sorriu delicadamente. Sua voz como sempre soava calma, e tranquilizava todos que a ouviam. 

 —Não é como se eu estivesse apaixonada por alguém... Só um pouco atraída. —A Mitsashi fitava o chão com vergonha. A Hyuuga riu da expressão da amiga que ficou com a face mais vermelha ainda.

 —Posso colocar esse colar? —A garota pediu gentilmente. Tenten tirou-o e colocou no pescoço de Hinata. Logo a cor que era rosa claro, mudou para um cinza escuro.

 —A cor cinza significa elegância, neutralidade, sofisticação e ausência de emoções, mas também pode estar ligada à perda, depressão, isolamento ou solidão... —Tenten estava com um semblante confuso. —SOLIDÃO? ISSO É UM INSULTO À MIM! EU SEMPRE LHE FAÇO COMPANHIA HINATA-SAMA! 

 —Talvez não seja solidão nesse sentido, Tenten-chan... —A garota deu um sorriso triste. —S-Sabe... Eu não tenho contato com garotos. Os únicos que eu conheço são o Inuzuka Kiba, o Aburame Shino e o Rock Lee.

 —Ah, ah! Então a Hinata-sama quer viver um romance hein? —Tenten piscou um olho e sorriu.

 —É eu acho que sim... Sabe, o amor faz as pessoas se sentirem mais vivas. Você por exemplo, fica linda quando está apaixonada! —A Hyuuga deu uma risadinha abafada. —Neji é um homem de sorte!

 —V-você acha mesmo? —Tenten deu um sorriso bobo. Suas bochechas estavam rubra, e por um momento perdeu em seus pensamentos românticos com Neji. —Ah... Ele é tão fofo comigo... Poderia observá-lo pelo resto da minha vida... —A Mitsashi afirmou dando um suspiro apaixonado.
 —Eu quero mesmo saber como é se apaixonar, vendo você desse jeito! —Elas ficaram horas conversando, Tenten falava o quanto amava Neji e o quanto ele era gentil e lindo. Logo ela ouviu o sino da igreja bater sete vezes, indicando que já eram sete horas da noite. Ela apressou Hinata dizendo que elas tinham que voltar para o castelo, que hoje os Hyuugas teriam uma reunião de família às oito horas.

 

 Voltando ao castelo, Tenten pediu para que Hinata colocasse o vestido que ela havia separado. A Hyuuga estranhou por nunca ter visto aquele belo vestido branco com detalhes púrpura; a garota deixou seus longos cabelos negros soltos, passou um batom rosa claro e foi induzida por Tenten até o salão de festas.

 —SURPRESA! —Todos do salão gritaram e um enorme sorriso estabeleceu-se nos lábios de Hinata. Todas suas melhores amigas estavam lá, Sakura, Ino e Temari. Sakura estava com um vestido até os joelhos carmim, Ino com um vestido curto preto e Temari com um vestido ombro à ombro azul bebê.

 —Hinata-chan! Você está linda! —Sakura aproximou-se animada abraçando a Hyuuga. —Feliz aniversário!! Meu presente foi levado para alguma sala, que eu não lembro agora... —Ela falou fazendo Hinata soltar uma risadinha.

 —Obrigada, Sakura-chan! —Ela relanceou seus olhos por todo o salão vendo que seu pai havia convidado muita gente.

 —HI-NA-CHAN! —Ino pulou em Hinata quase fazendo-a cair. —PARABÉNS!!! E, que belo par de seios hein amiga? —Ino deu-lhe uma piscadela junto a um sorriso malicioso.

 —I-INO-CHAN N-NÃO SEJA TÃO DEPRAVADA! —A Hyuuga corou erguendo uma sobrancelha.

 —Parabéns Hina! —Chegou a vez de Temari de cumprimentar a aniversariante. Temari sempre foi a reservada do grupinho de amigas, mas sabia ser pervertida de vez em quando.

 A Hyuuga teve que cumprimentar pelo menos umas 1290 pessoas. Não haviam muitos garotos na festa, apenas os filhos dos amigos de Hiashi. Finalmente Hinata pôde se sentar e pôs-se a conversar com as suas amigas.

 —E então, querida Ino... Poderia nos explicar que história é essa de você estar namorando? —Sakura relanceou seus olhos verdes cheios de maldade para Ino. Hinata ficou desconfortável com tal assunto, mas não se importou,

 —Hum... As notícias correm rápido hein...? —A loira deu um sorriso malicioso para Sakura. Temari apenas riu do rumo que essa conversa iria tomar. —O nome dele é Sai...
 —Ah, sim... E vocês estão “SaIno”...—Todas na mesa riram do trocadilho que Temari havia feito.

 —E você Sakura? —Ino começo. —Uma testa de marquise tão linda, já deveria ter arrumado um namorado!

 —Não curto romances, Ino-Porca! Mas... —Ela deu uma risadinha e apontou para um garoto de cabelos negros que estava sentado em uma cadeira. —Se ele quisesse uma história romântica comigo eu estou dentro! Quem é ele Hina-chan?

 —Ah, você diz, o Uchiha Sasuke? —Hinata arqueou as sobrancelhas. —Ele é meu primo de segundo grau. Vai lá falar com ele! —Hinata deu uma piscadela.

 —Só se for agora! —Sakura levantou e rumou em direção ao Uchiha.

 —Hinata... Não pense que escapou da conversa de namoro! Tem algum pretendente? —Ino perguntou degustando alguns doces que estavam sobre a mesa. Hina deu um longo suspiro decepcionado.

 —Infelizmente não... —A Hyuuga deviou o olhar para baixo, Temari a observou piedosamente, torcendo mentalmente para que logo ela encontrasse alguém que à merecesse.

 Depois de longas quatro horas de festa, os convidados começaram a ir para suas respectivas casas. Sakura conseguiu o telefone de Sasuke, Temari conheceu um garoto chamado Nara Shikamaru, ele ficaram trocando irônias a festa inteira, claramente eles não se davam bem ao mesmo tempo que combinavam muito. Hinata era a única que estava sozinha plena festa de aniversário; apesar de algumas investidas falhas de seu amigo Inuzuka Kiba.
 Logo a garota foi para seu quarto que estava cheio de presentes. Sua madrasta apareceu na porta com um sorriso meigo.

 —Querida, o meu presente vai ser o melhor de todos! Kisura falou abrindo um grande sorriso. —Como você completou 18 anos nada melhor do que um subordinado  para atender tudo que você quiser. Por favor entre, Uzumaki Naruto. —Um garoto alto de olhos azuis e cabelos loiros, entrou no quarto com um semblante irritado. Ele estava com algemas, o que assustou bastante a Hyuuga. Ele negava-se a olhar para sua “mestre”.

 —O-o que isso significa? —Hinata perguntou olhando confusa para sua madrasta.

 —Bom, ele vai te proteger e fazer o que você quiser. Ele é o seu servo agora. Divirtam-se crianças! —Kisura jogou uma chave para Hinata e fechou a porta deixando os dois lá em um enorme silêncio.

 —B-bem e-eu—
 
—Merda! Por que eu estou aqui? Agora uma garotinha mimada vai ficar mandado em mim! Eu devo ter cortado cebola na tábua dos dez mandamentos! —O loiro bagunçou seu cabelo em sinal de irritação.

 —E-ei! Olha como você fala de mim, Sr. Stress! Eu não sou do tipo que vai depender de um servo. —Hinata irritou-se com o tom de voz do loiro.

 —Tanto faz! —O Uzumaki debateu.

 —Venha aqui. —A Hyuuga voltou à seu tom de voz costumeiro, calmo e tranquilo. O pedido repentino da garota surpreendeu Naruto; ele hesitou um pouco em obedecê-la, mas acabou indo até a garota.

 —O que foi? —Hinata pegou suas em suas mãos, tirando as algemas que nele haviam colocado. 

 —Bom, vejo que você não quer ficar aqui. Então eu deixarei você fugir e—

 —Não é do meu feitio fugir das minhas obrigações, por mais que eu as odeie. —Ele relanceou seus brilhantes orbes azuis para a Hyuuga. —Meu novo quarto fica aqui do lado, e confesso que é bem mais confortável que o calabouço... —O louro deu uma risada sarcástico.
       —C-CALABOUÇO? —A garota gritou dando alguns passos para trás. —E-ENTÃO VOCÊ É PERIGOSO? —A atitude da morena fez o Uzumaki se divertir, o mesmo soltou uma risada abafada.

 —Claro que eu sou perigoso... Rawr! —Naruto fez “garras” com as mãos. —Eu vou dormir porque estou morrendo de sono. Se precisar de alguma coisa infelizmente você pode me chamar. Oyasuminasai, goshujin-sama. 


Notas Finais


Obrigada por ler.
Se você não leu as notas inicias por favor leia ;-;
Até o próximo capítulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...