História O Substituto - (KakaSaku) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Visualizações 67
Palavras 2.448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltein
Vocês pensaram que eu não vinha hoje, né?

Enganei vocês

Ashuahshau

Capítulo 13 - Ichiraku


Fanfic / Fanfiction O Substituto - (KakaSaku) - Capítulo 13 - Ichiraku

E o que eu mais temia aconteceu. 

Sasuke Uchiha. 

Vou começar a jogar na loteria pra ver se ganho, ou virar vidente de vez. 
Lá estava o garoto Uchiha falando com ela no fundo da sala, apenas aquela cena me colocava no meu lugar. Muitos anos mais velho, problemas com o passado, cheio de falhas e ainda por cima o professor, professor substituto. Sem chance. 

Ainda que machucasse continuei olhando, o sorriso dele, o rosto totalmente vermelho dela e por ultimo ela me lança um olhar que não consegui compreender. A aula acaba e eu saio, simplesmente saio, o corredor estava se enchendo de alunos saindo das outras salas e eu escuto alguém me chamar, mas não viro, me recuso a falar com quem quer que seja. Até que os gritos param e eu me misturo entre os demais saindo ali, não fui pra sala dos professores, resolvi passar na quadra. Onde encontrei o diabo rosa guardando as bolas de basquete em uma sacola azul de pano. 

- Oh, Kakashi-senpai - ele sorriu animado, não respondi no mesmo nivel de animação que ele, mas como diz o ditado "se só tem tu, vai tu mesmo"

- Como está, Kayo? - me limitei a isso - Guy já foi embora ou... 

- Ainda está na enfermaria, ele queria voltar a treinar, mas eu e a senhorita Shizune impedimos 

- Esse sobrancelhudo não tem jeito - respondi ao de cabelos rosados, ele parece legal, mas esconde alguma coisa 

- Realmente, Guy parece criança - ele riu como se tivesse intimidade com o meu amigo, tô de olho nesse cara. 

- De fato... Mas, Kayo, diga-me um pouco sobre sua vida... 

- Kakashi-senpai, eu não tenho uma história tão interessante, mas... 

- Ah vamos, será uma troca. Você diz um pouco de si e eu também. - sorri parecendo animado, mas apenas joguei a isca 

- Eu moro sozinho, pago uma babá pra ficar com a minha sobrinha, pois minha irmã morreu em um acidente e o único parente vivo era eu. Tive umas dificuldades no passado por conta de... - ele tossiu forte 

- Está bem? - perguntei parecendo preocupado 

- S-sim... - ele disse mas voltou a tossir, aquilo me preocupou um pouco de verdade, o fiz largar a sacola e o apoiei em meus ombros e levando ele em minhas costas para a enfermaria - Kakashi-senpai... Pra que isso?

- Não quero ser culpado por você morrer na minha frente e eu não ter feito nada - disse caminhando rapido com ele nas costas sem me importar com as pessoas na frente ou olhando 

- E-eu só tossi um pouco, mas consigo andar ain... - ele começou a tossir de novo com mais força e aquilo me assustou, até que olhei pra ele e percebi que em sua boca e minha camisa tinha um pouco de sangue. 

- Enfermaria não vai dar jeito... Vou ter que te levar pra um hospital - disse e o coloquei no chão e empurrei ele contra a parede - Senta aí no chão, vou procurar ajuda. - disse e corri pra enfermaria, Guy estava cochilando e Shizune estava entregando algum tipo de chá para Deidara do 3o ano A, que pediu pra sair cedo com dor de barriga. 

- Oh, E aí Sensei - disse o loiro tomando um pouco de chá - beleza? 

- Não muito, rapaz. - disse e fui até Guy balançando ele com força e o acordando no susto 

- Kakashi... - disse franzindo o cenho - Que é... tô dormindo 

- Teu assistente tá tossindo sangue no corredor e você foi a primeira pessoa que eu pensei 

- Não... De novo, não... - disse Guy muito preocupado e se levantou em um salto - Onde ele está?

 

##

 

- Vem com a gente hoje, testinha. Por favor!! - Ino juntava as mãos em oração 

- Vai todo mundo hoje, Sakura-chan, vem - disse Naruto fazendo biquinho ao lado de Ino 

- Vai ser legal, vamos? - Hina-chan também implorava 

- Não sei, gente... - sorri sem jeito até que escuto uma voz atrás de mim 

- Sakura. - disse Sasuke me fazendo arregalar minimamente os olhos e virar pra ele - Você vem né? 

Olhei pra ele que estava sério e pros outros três com cara de pidões e então suspirei profundamente me rendendo 

- Tá bom, eu vou. - disse desanimada enquanto, Hinata, Naruto e Ino gritaram em festinha, já Sasuke continuou neutro, com um sorriso ladino no canto dos lábios. 

[...]

- Não acredito, Ino!! - disse incrédula - Desde quando você tá pegando o Gaara?

- Já tô em outra, testuda. Gaara eu fico as vezes, é tipo amizade colorida, a gente se pega e finge que nada aconteceu, ué. - ela diz rindo como se fosse simples. - E parece que o Shika ta ficando com a irmã do Gaara 

- O SHIKAMARU TÁ COM A TEMARI? - Berrou Naruto após quase se engasgar com o Lámen. 

- Estranho seria se eles não ficassem, desde a oitava série eles se comiam com os olhos... - Sasuke finalmente se pronunciou na conversa - Tem muita gente que da pra decifrar apenas observando em silencio - ele disse e me olhou, foi a indireta mais direta que eu recebi - Da pra ver de longe quando tem um ... - ele fez aspas com as mãos ao falar - "Casal" ficando escondido. - Tá bom, isso foi assustador. 

- Caramba... - disse Ino transparecendo o susto - Então quer dizer que você sabe com quem eu tô ficando agora? 

- Você ficou com o Deidara e tá ficando a quase um mês com aquele cara estranho do 3o ano B que desenha bem pra cacete. - disse ele deixando Ino de boca aberta. Hinata corou igual a um tomate e eu arregalei os olhos 

- Cara estranho que desenha? - perguntei confusa

- Ele tá falando do Sai - respondeu Naruto 

- Impressionante... - Hinata, Ino e eu falamos ao mesmo tempo. 

- E AEEEEEEEE!! - Chegou Lee arrastando Shino, Neji e Kiba pra perto da nossa mesa 

- E aí Kiba, como tá? - disse Naruto e fez um toque de mão com o garoto que agora estava com roupa normal e seu cachorrinho no colo 

- Beleza, mano... A gente pode ficar com vocês,é que ninguém queria ficar de vela pro Shikamaru - disse ele rindo 

- Ah senta aí - disse Ino arredando pro lado me fazendo esbarrar no Sasuke. "CHA! CHAAAAA! EU VOU TE MATAR SUA PORCA!!" 

- Espero não estar atrapalhando nada - disse Lee olhando pra Sasuke enquanto se sentava entre nós dois. 

- Infelizmente está - respondeu o moreno o olhando pra ele 

- Sakura... - disse Shino calmo, se sentando do outro lado - Meus parabéns - ele sorriu minimamente 

- Ah, Obrigada, Shino... Mas pelo que? - sorri sem graça, do que diabos ele tava falando? 

- Ah, você ainda não viu no mural? - perguntou ele confuso 

- Não... 

- Você será a Julieta. - ele disse e então a mesa inteira olhou pra nós 

- O QUE? - todos, inclusive eu respondemos em uníssono para Shino que apenas levantou as sobrancelhas 

- Ué... Foi o que eu ouvi o Kakashi-sensei comentar quando o Asuma-sensei colocou o aviso no mural do corredor - disse ele e deu de ombros 

- Quem é o Romeu? - perguntou o Naruto 

- Não sei, parece que ainda vai ter teste, mas se bobear o principal vai ser o Kankuro de novo. 

- Sakura ficou melhor no ensaio com o Kakashi-sensei, o seu amor - cutucou Ino e então riu - Quer dizer, o professor. - ela continuou rindo enquanto todo mundo olhava pra ela com uma de "Ino, você fumou Toddynho ou o que?". Só que eu entendi muito bem o recado, ela ainda não esqueceu do que aconteceu na Aula de Ed. Física. 

- Gente... Por falar em professor, vocês já terminaram o projeto de Geografia do Asuma-sensei? - perguntou Kiba, e em seguida chamou a garçonete pedindo um Lámen. 

- Oi? Que projeto? - perguntou Naruto com cara assustada - Desde quando ele mandou projeto? 

- Eu já tinha até me esquecido disso... - comentou Lee roubando a tigela de Naruto e pegando um pouco do Lámen dele, em seguida devolveu a tigela para o loiro

- Eu já terminei, no mesmo dia eu fiz. É bem fácil - disse Hinata corando um pouco 

- ME AJUDA - Todos eles, menos Sasuke e Shino foram pra cima dela se aproximando até demais, principalmente Naruto que estava ao lado dela e ficou tão perto que quase encostou no rosto dela, que ficou vermelho, quase roxo. 

- Gente, vocês vão sufocar a bichinha - disse Ino afastando todo mundo de cima da Hina-chan 

[...]

- Sakura... - disse Sasuke com as mãos no bolso, enquanto atravessava a rua junto comigo. - Quer mesmo saber o porque de eu ter insistido tanto pra te trazer em casa? 

- Bem... Seria bom, não? - disse sentindo algo estranho no estômago 

- Quero só te fazer uma pergunta... 

- O que? - disse assim que pisei na calçada de novo

- Está ficando com alguém? - ele disse e paramos de andar. 

- E-eu, eu... Bem 

- Já entendi. - disse seco e virou pro outro lado - Bem, se for quem eu estou pensando, quero apenas que cuide bem de você. Mas avisa pra ele que eu ainda não desisti - disse e atravessou a rua de novo, me deixando sozinha ali. 

- O que ele quer dizer com isso... - eu estava confusa 

 

##

 

- Isso é muito grave doutor? - perguntou Guy preocupado enquanto eu estava com os braços cruzados tentando parecer calmo 

- Não será se for bem cuidado, o Senhor Kayo Yoshida terá que ficar em observação durante 48 horas e somente com um acompanhante. A pneumonia é uma doença respiratória causada por vírus, bactérias ou fungos. Febre superior a 37, 38 ºC, dificuldade para respirar, sensação de falta de ar e arrepios são alguns dos primeiros sintomas da pneumonia. Bem... Pode ser resultado de uma gripe ou coisa do tipo, qeu não foi bem cuidada. - explicou o médico calmamente. - Se decidam, pois ele terá que ficar aqui 48 horas com o acompanhante junto. 

Guy e eu nos olhamos ao mesmo tempo e falamos juntos 

- Eu vou ficar. - nos olhamos de novo e então olhamos pro médico - Doutor, eu vou ficar. - falamos em uníssono novamente. 

- Bem... Isso será complicado. - disse o médico. - Acredito que seja melhor discutirmos lá fora, deixe o rapaz dormir. - disse ele e saiu do quarto de Kayo. 

- Guy, me desculpe, mas você tem suas coisas pra resolver e ainda tem o torneio de Taijutsu. Eu fico, não terá problema, não vou perder nada. Você pode vir visita-lo esse tempo. 

- Tudo bem, Kakashi... Já que você insiste, eu voltarei pra casa, mas amanhã cedo passo aqui. - disse ele derrotado - Você realmente é o meu melhor amigo - disse ele com lágrimas nos olhos e me abraçou. 

- Ah... G-guy... Não é pra tanto... Guy.. Ei... Não.... - ele chorava na minha camisa - Essa era minha camisa favorita, cara... Agora tá com sangue, suor e lágrimas* - disse reclamando, mas acabei fazendo ele rir 

- Obrigado, Kakashi. - ele sorriu limpando o rosto 

- Você também viria correndo se eu precisasse - sorri pra ele, bem, Guy era uma das unicas pessoas que conseguia saber se eu estava sorrindo ou não, com ou sem mascara. Afinal ele era meu melhor amigo. 

- Viria sim, meu eterno rival. - Ele riu - Nunca deixaria ninguém que não fosse eu, derrotar você - ele deu um soco no meu ombro. - eu sorri com aquilo 

- Ainda sabe dirigir, cara? 

- Meu carro ficou na escola... 

- Leva o meu, vou ficar dois dias aqui mesmo... - disse lhe entregando a chave 

- Obriga- 

- Toma cuidado com ele, é o meu tesouro - disse puxando a chave de volta e em seguida dando em sua mão 

- Vou proteger com a minha vida - ele bateu continência como um soldado e nós dois rimos, então ele foi embora. Assim que ele saiu, eu baixei minha mascara, e olhei pro diabo rosa dopado em minha frente. 

- Kayo... - falei triste - E pensar que por um momento cheguei a querer te matar por causa da Sakura... Mas acho que podemos ser amigos... - suspirei, em seguida vi ele se remexer um pouco 

- G-guy... - ele falou baixo - Me... - tossiu, mesmo dormindo - Des-c-culpe... - ele tossiu de novo, mais forte e então parou, de novo. Como se tivesse desmaiado outra vez. 

Eu precisa ir embora dali, precisava conversar com o Obito. O que ele faria se estivesse em meu lugar? 
Eu iria ficar junto com Kayo, iria cuidar dele como não consegui cuidar de Obito. Eu menosprezava o Obito, quando finalmente estava me dando bem com ele, tudo aquilo aconteceu. E eu também menosprezava, ou talvez ainda menospreze o Kayo. Mas depois do susto de hoje... Depois desse susto, eu prometo que vou tentar ser diferente com ele. 

- Sabe, garoto... Me senti velho por te chamar de garoto, mesmo sabendo que você só é 3 anos mais novo. Bem, vou te contar um pouco sobre mim... Meus pais se casaram muito cedo e minha mãe teve uma doença grave quando eu ainda era criança... Eu não lembro dela, porque eu devia ter uns 2 anos por ai... Meu pai sempre fez tudo por mim, ele era um policial muito importante, mas ... Bom, ele tirou a propria vida após uma missão que deu errado, ele salvou a vida de alguns soldados e não cumpriu a missão. Eu... Fiquei sozinho. Até conhecer o Obito e a Rin, que grudaram em mim, bem mais do que o Guy - me deixei rir... - Muita coisa aconteceu... 

Eu passei aquela tarde e noite inteiras falando da minha vida pra ele, de todas as escolhas e erros, de amigos que perdi, de meus sofrimentos e segredos mais profundos e inclusive de Sakura e minha implicância com ele. 
No fundo eu queria muito que ele estivesse escutando tudo o que eu dizia, pois eu estava desabafando. Mas ao mesmo tempo eu torcia pra que ele nunca tenha escutado nada e nunca se lembre disso. 

Passei a noite em claro velando o rosado que não acordou mais desde a tarde e vez ou outra tossia com força, me acordando de breves cochilos. 


Notas Finais


Bem... Não teve tanta treta.
Mas daqui pra frente, vai desenrolar :3

Eu quis enaltecer mais o encontro dos amigos com a Saky do que o hospital com o Kakashi, porque isso vai ser revelado só mais lá pra frente


* Blood, Sweat and Tears. Escutem :3 çshgshawjqklçds Propaganda do BTS porque sim :v
Fortes vão entender heuheue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...